PUBLICIDADES

POÇOES24HS.COM.BR

Share Button

Alexandre Aguiar

images



Com greve da PM, ônibus circularão até às 18h todos os dias

Share Button

Declarada a greve dos policiais e bombeiros militares, o Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários da Bahia manterá a frota de ônibus circulando das 5h até às 18h durante todos os dias, até o fim da greve. “Temos que manter a integridade dos trabalhadores. Se já é perigoso de dia, imagine à noite”, explicou a assessoria. De acordo com o diretor de comunicação do sindicato, Daniel Mota, a diretoria decidiu que será dada a orientação para que os ônibus sejam recolhidos hoje, como uma forma de segurança dos rodoviários. Segundo Mota, os ônibus que estão nas estações Pirajá, Lapa e Mussurunga irão rodar – os ônibus devem seguir até o fim de linha nesta noite.

Veja nota divulgada pelo sindicato:

O Sindicato dos Rodoviários, preocupado com a integridade dos trabalhadores e dos usuários de ônibus, orienta a categoria a recolher os ônibus neste momento, retornando às atividades normais nesta quarta-feira, às 5h da manhã. A decisão foi tomada após a deflagração da greve das polícias.

POÇOES24HS.COM.BR

Share Button

                                                   ASS;ADRIANO CRUZ

PMs decretam greve por tempo indeterminado na Bahia

Share Button

Decisão foi tomada em assembleia realizada no Wet’n Wild, na tarde desta terça-feira

Os policiais e bombeiros militares da Bahia decidiram entrar em greve por tempo indeterminado. A decisão foi tomada em assembleia realizada no Wet’n Wild, na tarde desta terça-feira (15). A categoria rejeitou as propostas apresentadas pelo Governo do Estado de reestruturação e modernização da Polícia Militar. A categoria, que reúne pelo menos 34 mil homens na ativa no estado, reivindica melhoria salarial, mudanças na política remunerativa, plano de carreira, acesso único ao quadro de oficiais, um Código de Ética, aposentadoria com 25 anos de serviço para a Polícia Feminina, aumento do efetivo, bacharelado em Direito para os oficiais, além de elevação de toda a tropa para o nível superior entre 2014 e 2018. O governo tem até 180 dias antes do início do período eleitoral para remeter ao Legislativo qualquer projeto que provoque alterações salariais de servidores. A assembleia desta terça-feira contou com as diversas associações da categoria, como a Associação de Policiais e Bombeiros e de seus Familiares do Estado da Bahia (Aspra), a Associação de Praças da Polícia Militar do Estado da Bahia (APPM-BA) e a Associação dos Oficiais da Polícia Militar da Bahia (Força Invicta). O coordenador-geral da Aspra, Marco Prisco, já havia afirmado que as propostas sugeridas pelo Governo não agradavam. “As propostas que o Governo ofereceu para a gente não contemplam a categoria”, disse.

É AMANHÃ A MUDANÇA NA UESB VOTE CHAPA 2

Share Button

Alexandre Aguiar                                                                       POÇOES24HS.COM.BR

GOSTARIA DE PEDIR AO SECRETARIO DE OBRAS ANDRÉ:FUI PROCURADO POR MORADORES QUE ME DENUNCIARAM O PERIGO QUE ESTÁ NA RUA SENADOR FEDERICO COSTA ATRÁS DO POSTO DE SAÚDE DA AV.RUA DE BOA NOVA

Share Button

[FOTO ADRIANO CRUZ]

[FOTO ADRIANO CRUZ]

[FOTO ADRIANO CRUZ]

É RUA COM UMA RETA GRANDE MOTOS CARROS PASSAM EM ALTA VELOCIDADE LEVANDO PERIGO AOS PEDESTRES QUE ALI PASSAM .[FOTO ADRIANO CRUZ]

GEDSC DIGITAL CAMERATEM ESSE NEGOCIO AI QUE PODE SE TUDO MENOS LOMBADA AS PESSOAS PEDEM UMA LOMBADA URGENTE NESSE LOCAL SEI A COMPETÊNCIA DO SECRETARIO E ESPERO QUE REZOUVA ESSE PEQUENO PROBLEMA QUE SALVA VIDAS.ASS.ADRIANO CRUZ

Professores estaduais e agentes da Polícia Civil anunciam paralisação Categorias organizam parada nos serviços durante a quarta-feira (16). Informações das duas classes foram anunciadas nesta terça (15), na BA.

Share Button
Escola em Salvador, na Bahia (Foto: Egi Santana/G1 BA)Escolas estaduais devem ficar sem aulas nesta
quarta-feira, na Bahia (Foto: Egi Santana/G1 BA)

 

Os professores da rede estadual de ensino da Bahia anunciaram paralisação de 24 horas nesta quarta-feira (16). Os policiais civis do estado também divulgaram que vão parar as atividades no mesmo dia.

Com relação aos professores, de acordo com informações da APLB-Sindicato, a categoria vai participar de assembleia conjunta dos servidores públicos, que será realizada às 9h da quarta, no ginásio de esporte dos Bancários, na Ladeira dos Aflitos, centro de Salvador. A assembleia é promovida pela Federação dos Trabalhadores Públicos do

Os representantes dos professores dizem que a decisão do sindicato foi tomada em assembleias realizada pelas 18 delegacias regionais e também em uma reunião feita nesta terça-feira (15), durante a manhã em Salvador.

 

Os trabalhadores questionam o reajuste linear do governo para a categoria, que será dividido em duas vezes: 2% em abril, retroativos a janeiro, e 3,91% sobre o salário de abril, no mês de julho, totalizando 5,91%. Esta última parcela seria paga no mês de setembro e foi antecipada pelo governo.

 

Polícia civil
Os policiais civis da Bahia informaram que irão paralisar as atividades a partir das 8h de quarta-feira e só retomarão os serviços no mesmo horário do dia seguinte. Durante o período, segundo o sindicato da categoria, será mantido 30% do efetivo trabalhando no atendimento para prisão em flagrante, levantamento cadavérico, crimes contra a criança e contra a vida.

A decisão, conforme divulgado, foi aprovada pela categoria na tarde de segunda-feira (14) durante assembleia promovida pelo SINDPOC (Sindicato dos Policiais Civis e Servidores da Secretaria da Segurança Pública da Bahia). O indicativo de paralisação de 24h foi deliberado na assembleia geral do funcionalismo público estadual no último dia 2, informa o sindicato.

Os servidores afirmam que não aprovam o Projeto de Lei que define o reajuste dos funcionários do Estado parcelado em duas vezes e decidiram intensificar a mobilização.

 

Por meio da assessoria de imprensa, a Polícia Civil da Bahia informou que quem precisar ter acesso aos serviços prestados por investigadores e escrivães da Polícia Civil, nesta quarta-feira, deverá procurar os delegados titulares das Delegacias Territoriais e Especializadas, que estarão abertas, atendendo ao público.

 

A PC diz ainda que a Delegacia Digital é outra opção disponível ao cidadão para o registro de ocorrências, a exemplo de furto ou roubo de veículos e arrombamentos.

 

Ainda de acordo com a Polícia Civil, outra alternativa é procurar as equipes do Plantão Central, que funciona no mesmo prédio da Central de Flagrantes, instalada na Avenida ACM, região do Iguatemi, para o registro de qualquer ocorrência policial.

Cubano do programa ‘Mais Médicos’ morre em Salvador Suspeita é que profissional tenha sofrido parada cardiorrespiratória. Ele atuava em unidade de saúde no subúrbio ferroviário desde dezembro.

Share Button

Um profissional cubano do programa “Mais Médicos”, que atuava em Salvador desde de dezembro do ano passado, morreu na tarde de segunda-feira (14). De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, a suspeita é que Pedro Juan Tamayo Martin tenha sofrido uma parada cardiorrespiratória.

A Organização Pan-Americana de Saúde (Opas) foi acionada e deve fazer a repatriação do corpo. De acordo com a Secretaria, o médico trabalhava na Unidade de Saúde da Família São José de Baixo, no subúrbio ferroviário de Salvador. O corpo foi levado ao Instituto Médico Legal (IML).

Souto e Geddel vão trabalhar para unificar campanha de DEM e PMDB Nos discursos para uma plateia de prefeitos e candidatos a deputado do interior, a evidente necessidade de afirmar que o grupo só vencerá se permanecer unido na campanha

Share Button

Após a aliança, a busca pela unidade. A união das oposições numa única chapa à disputa pelo governo do estado foi oficializada, ontem, em ato no Hotel Sheraton da Bahia, que contou com a presença do presidenciável senador Aécio Neves (PSDB-MG). Nos discursos para uma plateia de prefeitos e candidatos a deputado do interior, a evidente necessidade de afirmar que o grupo só vencerá se permanecer unido na campanha.

“Me permitam uma palavra exclusiva aos peemedebistas que aqui estão. Nesta largada, partilhem do mesmo sentimento que tenho, não existe mais Geddel, mas Paulo Souto e Geddel”, disse o ex-ministro Geddel Vieira Lima, presidente estadual do PMDB, pré-candidato a senador.

O presidenciável Aécio Neves, entre Paulo Souto, ACM Neto e Geddel, discursa no lançamento da chapa da oposição na Bahia: unidade (Foto: Marina Silva)

Após agradecer e elogiar o peemedebista por abrir mão da disputa em favor da união das oposições, Paulo Souto (DEM), pré-candidato a governador, endossou o compromisso de fazer que seus eleitores votem em Geddel.

“Queria agradecer e dizer que sua candidatura ao Senado é a minha candidatura, que vou defender em todos os pontos da Bahia. Vou pedir a cada um de nossos partidários que nos acompanhem, porque essa campanha é uma só. Não pode ter distinção do candidato ao governo e o candidato ao Senado. Se nós começamos tão bem, devemos acabar bem essa união”, disse.

Souto e Geddel se referiam indiretamente a possíveis infidelidades de prefeitos que, apesar de integrarem partidos do bloco oposicionista, possam ser tentados a apoiar candidatos governistas – seja o caso de prefeitos do PMDB que poderiam apoiar Rui  Costa (pré-candidato do PT a governador) ou de integrantes do DEM e PSDB com ligações com  Otto Alencar (do PSD, que disputará) ao Senado.

“Nós trabalhamos muito para chegar até aqui. É preciso que essas coisas fiquem muito claras. Sabemos exatamente da importância dessa aliança partir absolutamente fortalecida”, justificou Souto, em entrevista.

Palanque
Pré-candidato à Presidência da República, o senador tucano Aécio Neves comemorou a possibilidade de contar na Bahia (quarto maior colégio eleitoral do país) com o apoio de uma chapa com condições de vencer as eleições no estado. “a mais competente e bem sucedida aliança política já feita em todos os estados brasileiros”, disse Aécio. “No plano nacional, espero que tenhamos aqui o apoio que não tivemos nas últimas eleições”, completou.

A aliança da oposição baiana representou ainda o primeiro apoio formal de um peemedebista à candidatura tucana. “Hoje há setores da base governista insatisfeitos com isso que está aí. A partir do que se construiu na Bahia, com a liderança de Geddel, que possamos ter parceiros do PMDB em outros estados”, acrescentou Aécio, que atacou o governo Dilma. “A omissão do governo federal na questão da segurança é criminosa. O Brasil precisa de uma política nacional de segurança pública”, disse o presidenciável tucano.

Os membros da chapa se dividiram nas críticas à gestão do governador Jaques Wagner (PT). A Paulo Souto, coube falar sobre a perda de liderança da Bahia na atração de investimentos, a condenar o alinhamento entre Wagner e Dilma que “subjuga os interesses da Bahia”, e a situação econômica do estado.

“Nosso maior esforço será para recuperar a situação dos cofres do estado. Eles estão comprometendo receitas”, disse Souto. Pré-candidato a vice-governador, o ex-deputado Joaci Góes focou na educação, “para que os filhos do Bolsa Família não precisem mais do Bolsa Família”. Ex-ministro da Integração Regional, Geddel priorizou as obras públicas atrasadas, como a Ferrovia Oeste-Leste e o Porto Sul. “Temos que colocar o dedo na ferida, comparar o governo da propaganda e o real”, aconselhou.

O prefeito ACM Neto (DEM), que conduziu as negociações, fez um discurso inflamado, em que creditou o êxito de programas bem-sucedidos de seu governo a Souto, o coordenador da equipe de transição. “Não tenho medo de dizer que busquei inspiração em Paulo Souto. Muitas das ações de hoje que estamos fazendo foram discutidas e, sobretudo, produzidas pela experiência  dele”, exaltou Neto.

O prefeito de Salvador prometeu disposição para eleger Souto e Geddel. “A prefeitura não tem bandeira partidária, mas o cidadão ACM Neto a partir de hoje vai arregaçar as mangas, trabalhar de manhã, de tarde e de noite, não vai se cansar”, afirmou.

Conta de energia na Bahia terá reajuste médio de 15,35% a partir de 22 de abril

Share Button

 

Conta de energia na Bahia terá reajuste médio de 15,35% a partir de 22 de abril
A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou nesta terça-feira (15) o reajuste tarifário da Companhia de Eletricidade da Bahia (Coelba), com efeito médio de 15,35% a ser percebido pelos consumidores. Para os consumidores conectados à alta tensão, o reajuste será de 16,04%. Já os consumidores ligados à baixa tensão, como os residenciais, o aumento será de 15%. As novas tarifas vigoram a partir de 22 de abril. De acordo com a Aneel, o principal componente do reajuste foi o gasto com a compra de energia, que aumentou 7,68% em relação ao processo tarifário anterior. A Coelba atende a 5,4 milhões de unidades consumidoras no estado.

Capitão Tadeu aposta em greve da PM: ‘que Deus nos proteja’

Share Button

 

Capitão Tadeu aposta em greve da PM: 'que Deus nos proteja'

Categoria lota Wet’n Wild | Foto: Carol Prado / Bahia Notícias

Tão logo chegou da reunião entre os representantes da Polícia Militar e do governo da Bahia ao espaço Wet’n Wild, na Avenida Paralela, onde ocorre a assembleia-geral da PM, , o deputado estadual Capitão Tadeu (PSB) se mostrou pessimista em relação à possibilidade de acordo. Ele declarou que os “avanços” propostos pelo Palácio de Ondina são “insuficientes” para conter o ímpeto da categoria de iniciar um movimento paredista a partir desta terça-feira (15). “O governador está no mundo da Lua. Ele e o grupo dele não respeitaram o Grupo de Trabalho, que ficou discutindo propostas por 11 meses”, criticou. De acordo com o parlamentar, embora “absurdos” tenham sido retirados da Lei de Modernização da PM, o ponto “principal” ficou estagnado: o plano de cargos e salários da corporação. “O policial não pode ficar 28 anos sem promoção. O plano e a remuneração são as questões centrais”, pontuou o socialista. Ao apostar que a greve será deflagrada, ele clamou: “que Deus nos proteja”.