Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Monthly Archives: julho 2016

HOJE ACONTECEU A CONVENÇÃO DO PREFEITO A REELEIÇÃO DA CIDADE DE PLANALTO Prefeito: Cloves Andrade (PT) e Vice: Mozart Tanajura (PSB E FOI APRESENTADO OS CANDIDATO A VEREADORES E OS PARTIDOS QUE APOIAM O CANDIDATO A PREFEITO PT, PSB, PSC, PSL, PRB, PHS, PROS, PSDB E SD.

Share Button

Ex-prefeito de Pedro Alexandre é morto a tiros em feira livre do município

Share Button
Ex-prefeito de Pedro Alexandre é morto a tiros em feira livre do município

Foto: Blog do Carlino Souza
O ex-prefeito do município de Pedro Alexandre, Petrônio Pereira Gomes, foi morto na manhã deste sábado (30) durante uma feira livre do município. De acordo com informações do blog Carlino Souza, o caso aconteceu por volta de 6h. Dois homens se aproximaram e realizaram disparos de arma de fogo. A vítima morreu no local do crime. Petrônio ocupou o cargo de prefeito entre 1997 e 2004. Ele foi preso em 2014 acusado de cometer extorsão, crime praticado em 2006, e foi condenado a cinco anos e seis meses de custódia. Uma convenção está marcada para este domingo (31) para confirmar a candidatura da esposa de Petrônio como candidata a prefeita de Pedro Alexandre.

Policial militar morre em colisão com carreta na BR-116

Share Button
Policial militar morre em colisão com carreta na BR-116Foto: Arquivo Pessoal
Um policial militar morreu em um acidente de automóvel na manhã deste domingo, na BR-116, sentido Serrinha. De acordo com informações do site Acorda Cidade, Antônio Pedreira da Cruz Neto dirigia um Palio branco quando colidiu com uma carreta e foi arremessado do veículo. Outro homem que estava no veículo sofreu ferimentos leves e foi levado para um hospital em Serrinha. Ele trabalhava na cidade de Euclides da Cunha, mas vivia em Serrinha. Ainda segundo a publicação, o acidente teria ocorrido enquanto o soldado voltava para casa após participar da festa que escolheu a rainha da vaquejada de Serrinha.

Veículo ficou destruído | Foto: José Ferraz / Rádio Regional de Serrinha

Suspeito de atacar jovens com seringa é preso em São Paulo Estagiária foi atacada na estação Pinheiros do Metrô. Homem está na carceragem do 77º DP e vítimas farão reconhecimento.

Share Button

A polícia prendeu um homem suspeito de atacar mulheres jovens com uma seringa na região Central e Oeste de São Paulo.

Segundo a Secretaria da Segurança Pública, a Justiça aceitou pedido da Polícia Civil e determinou a prisão temporária do homem que já havia sido detido e liberado na semana passada mas que, desta vez, tinha uma seringa no bolso. No sábado (30), ele foi apresentado ao 78º Distrito Policial.

Agora, o suspeito está na carceragem do 77º Distrito Policial e nesta semana vítimas serão chamadas para fazer seu reconhecimento.

Na última terça-feira (26), a polícia divulgou o retrato falado de um homem de porte médio, olhos e barba castanho escuro. Neste domingo, a SSP não confirmou, até a publicação desta reportagem, se o homem detido era o mesmo da imagem.

A estagiária Andressa Fernandes Oliveira foi uma dessas vítimas. O ataque foi dentro da estação Pinheiros, na Linha 4-Amarela do Metrô, bem perto das escadas rolantes. Andressa tinha acabado de sair do trabalho.

“Eu senti uma picada no meu ombro. Na hora eu senti assim, mas achei que não era nada. Parei para ver se tinha um objeto. Não desconfiei de nada. Assim que cheguei na minha residência, o meu esposo viu uma manchinha de sangue bem onde foi a picada. Foi ai que minhas irmãs ouvindo a história que contei falaram que já tinham visto alguns caso na internet e me recomendaram a ir no hospital.”, relata.

Preocupada, Andressa foi ao Hospital Emilio Ribas, especializado em doenças contagiosas.

“A moça da triagem me informou que naquela semana eles tinham atendido 20 pessoas que tinham sido picadas pela seringa, e disse que eu tive sorte, porque uma moça tinha chegado e o moço tinha rasgado a perna inteirinha dela com a seringa”, disse. O hospital informou que não pode afirmar quantos casos atendeu desse tipo.

Secretaria de Segurança Pública divulgou retrato falado do suspeito de atacar mulheres com seringa (Foto: TV Globo/Reprodução)Secretaria de Segurança Pública divulgou retrato falado do suspeito de atacar mulheres com seringa (Foto: TV Globo/Reprodução)

Vítima precisou tomar coquetel de remédios contra o vírus da Aids e outras doenças (Foto: TV Globo/Reprodução)Vítima precisou tomar coquetel de remédios contra o vírus da Aids e outras doenças (Foto: TV Globo/Reprodução)

Andressa está tomando três medicamentos há duas semanas. É o coquetel que impede que o vírus da Aids se instale nas células caso tenha entrado no corpo, além de proteger contra outras doenças como hepatite B, hepatite C, sífilis e doença de Chagas. A vítima diz que passou mal com os remédios. “Vomitei bastante, eu tive que ficar afastada do trabalho por uma semana.”

O infectologista Ivan Marinho diz que a roupa protege relativamente da picada. “É muito maior o risco quando a seringa vai na pele ou na veia de uma pessoa.”

O Metrô disse que não teve nenhum caso registrado na Linha 4-Amarela.

As vítimas podem denunciar pelo Disque-Denúncia no telefone 181, com anonimato garantido.

Outra vítima

Médica foi agredida com agulhada quando andava perto da Av. Paulista, em SP (Foto: Arquivo pessoal)Médica foi agredida com agulhada quando andava perto da Av. Paulista, em SP (Foto: Arquivo pessoal)

Em junho, um ataque parecido foi registrado na Avenida Paulista na esquina com a Rua Pamplona. A vítima foi uma médica peruana.

“A gente pensa que se trata de uma lenda urbana e quando acontece, a gente fica abalada, assustada por essa ação maldosa”. Essa foi a maneira que uma médica peruana encontrou para definir o sentimento vivido por ela após ser atacada por um homem, que espetou a agulha de uma seringa em suas costas, na quarta-feira (22), perto da esquina das avenidas Pamplona e Paulista, região central de São Paulo.

Ela disse que só percebeu que tinha sido ferida por uma agulhada ao ver o agressor espetar o corpo de uma outra mulher na mesma calçada, instantes depois de espetá-la.

“De repente, eu senti uma pressão nas costas, como se fosse a ponta de uma caneta. Virei e pensei que seria algum conhecido me chamando a atenção, brincando. Foi quando vi passando por mim um homem alto, magro, moreno, 40 anos, de moletom verde com listras brancas. Não consegui ver nada nas mãos dele. Achava que ele tinha simplesmente me furado com uma caneta. Ele continuou andando até a esquina da Pamplona com a Paulista e aí eu vi ele tirar uma seringa da manga e furar outra moça.”

Em post no Facebook, amiga relatou agulhada sofrida por amiga na Av. Paulista (Foto: Reprodução/Facebook)Em post no Facebook, mulher relatou agulhada sofrida por amiga na Av. Paulista (Foto: Reprodução/Facebook)

Suspeita é que modelo Aline Furlan morreu em acidente, afirma delegado Seccional de Piracicaba diz que outras possibilidades não são descartadas. João Sérgio Batista afirmou que vai aguardar resultado de laudos da perícia

Share Button
Modelo Aline Pereira de Godoi Furlan deixou bar em Piracicaba (Foto: Reprodução/Facebook)Modelo Aline Pereira de Godoi Furlan foi vista saindo de bar em Piracicaba (Foto: Reprodução/Facebook)

O delegado seccional de Piracicaba (SP), João Sérgio Batista, afirmou que a principal suspeita para a morte da modelo Aline Pereira Godoi Furlan, de 28 anos, que estava desaparecida desde 14 de julho, é que ela tenha sofrido um acidente de carro na Rodovia Luiz de Queiroz (SP-304), onde o corpo da jovem e o carro foram encontrados neste domingo (31). Batista disse, porém, que outras possibilidades, como a de um crime, não foram estão descartadas ainda.

“Tudo leva a crer que um acidente aconteceu na noite do desaparecimento, até pelo estado em que o corpo foi encontrado”, afirmou o seccional. A modelo foi vista ao sair de um bar de Piracicaba antes de desaparecer.

Sobre a possibilidade de Aline ter sido vítima de um crime e o veículo supostamente empurrado na ribanceira onde foi localizado, ele disse: “Tudo isso será objeto de apuração dentro do inquérito policial. Provavelmente foi um acidente de trânsito, mas não se descarta nenhuma possibilidade”.

Laudos da perícia
Batista informou que a Polícia Civil vai aguardar resultados de laudos periciais, que vão identificar como o carro e o corpo da modelo chegaram à ribanceira e também a causa da morte de Aline. A hipótese de acidente era uma das linhas de investigação sobre o caso desde o início, conforme o seccional.

“Tanto trabalhávamos com essa situação que pedimos o sobrevoo do Águia (helicóptero da PM). Infelizmente nada foi encontrado antes, mas já se passavam quase 20 dias e a vítima ou o carro não tinham aparecido, o que não é comum em casos de desaparecimento”, afirmou Batista. O corpo foi encontrado por um morador da região que passava pelo local nesta manhã.

Corpo de Aline Furlan estava dentro do carro caído em ribanceira (Foto: Wesley Justino/EPTV)Corpo de Aline Furlan estava dentro do carro caído em ribanceira (Foto: Wesley Justino/EPTV)

Onde estava
O carro da modelo caiu em uma ribanceira perto do quilômetro 147 da rodovia, próximo ao limite entre Piracicaba e a cidade de Santa Bárbara d’Oeste (SP). O corpo de Aline estava fora do veículo. O Toyota Corolla bege da jovem foi retirado do local por um guincho por volta das 12h deste domingo.

Desaparecimento
Aline foi vista pela última vez ao sair de um bar no bairro Vila Rezende, em Piracicaba. Ela foi sozinha para o carro e seguiu no veículo para a Luiz de Queiroz, conforme informou a Polícia Civil no início das investigações. O helicóptero Águia da Polícia Militar chegou a sobrevoar trechos da rodovia e canaviais próximos por ao menos dois dias seguidos, mas nada havia sido encontrado.

A jovem ficou 17 dias desaparecida. Durante o período em que a DIG de Piracicaba conduziu a apuração sobre o caso, uma busca chegou a ser feita em uma usina de Santa Bárbara d’Oeste, cidade onde Aline morava.

Dor da família
No dia 19 de julho, quando Aline ainda estava desaparecida, a aposentada Creusa Pereira de Godoi, mãe da modelo, afirmou ao G1: “Estou morta por dentro”. No boletim de ocorrência sobre o desaparecimento a mãe da modelo informou que o último contato com a filha aconteceu no dia 14.

Familiares e amigos da jovem chegaram a usar uma página no Facebook para tentar receber informações, denúncias e pistas sobre o paradeiro da jovem. A página “Aonde está Aline Furlan”, foi criada por uma amiga no dia 22 de julho. Após o sumiço, a Polícia Civil pediu a quebra de sigilo do celular da jovem para dar andamento às apurações, e imagens de câmeras de segurança mostravam a modelo passando mal antes de pegar o carro na saída do bar, conforme foi apurado pelo SPTV na época.

Modelo Aline Pereira de Godoi Furlan está desaparecida em Piracicaba (Foto: Reprodução/Facebook)Modelo Aline Pereira de Godoi Furlan ficou 17 dias desaparecida (Foto: Reprodução/Facebook)
Modelo Aline Furlan está desaparecida - Piracicaba (Foto: Reprodução/TV Globo)Carro de Aline Furlan foi achado em ribanceira (Foto: Reprodução/TV Globo)

Eleições poçõence: Hoje 31/07 no Clube Recreativo De Poções(CRP) aconteceu a convenção partidária dos partidos PCdoB, PT, PSB,PSC e PRB, na qual foram lançadas as candidaturas para prefeito e vice e também para vereadores.

Share Button

[FOTOPOÇOES24HS]

[FOTOPOÇOES24HS]

O PCdoB, PT, PSB, PSC e PRB  realizaram neste domingo 31/07  a convenção partidária na qual foram lançadas as candidatura de Otto Wagner de Magalhães para prefeito e sendo seu vice João Bonfim Cerqueira. Na oportunidade foram lançadas também os candidatos a vereadores. contaram também com a participação  do deputado estadual e pré candidato a prefeito de vitória da conquista Fabricio falcão. A convenção aconteceu no Clube Recreativo De Poções(CRP).

[FOTOPOÇOES24HS]

[FOTOPOÇOES24HS]

[FOTOPOÇOES24HS]

[FOTOPOÇOES24HS]

[FOTOPOÇOES24HS[

[FOTOPOÇOES24HS[

 

[FOTOPOÇOES24HS]

[FOTOPOÇOES24HS]

Terminamos o ultimo comício das eleições passadas orando  e assim iremos começar essa nova jornada de campanha” ressaltou o Candidato a prefeito Otto Wagner de Magalhães , na oportunidade o mesmo disse que nessa sua nova campanha irá comparar a situação do município de antigamente com as mudanças que ocorreram dentro desses 3 anos e meio de mandato dele, sem atacar nem denegrir outros governos.

              Texto: Beatriz Cruz.

MAIS TARDE O POÇÕES24HS VAI MOSTRA COMO FOI AS CONVENÇÕES NA CIDADE DE POÇÕES BA

Share Button

Em meio a onda de ataques, Governo do RN solicita apoio do Exército Pelo menos 48 ataques foram registrados em 20 cidades desde sexta (29). Até o momento, 37 adultos e 13 adolescentes foram detidos.

Share Button
Anúncio foi feito pelo governador Robinson Faria pelas redes sociais (Foto: Reprodução)Anúncio foi feito pelo governador Robinson Faria pelas redes sociais (Foto: Reprodução)

O governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria, pediu apoio das tropas do Exército para “garantir a segurança da população”. Desde a útlima sexta-feira (29) vários ataques a ônibus e prédios públicos vêm ocorrendo em várias cidades do estado. Até as 13h deste domingo pelo menos 48 ataques foram registrados em 20 cidades potiguares.

Consultadas pelo G1, as assessorias do Palácio do Planalto, da Casa Civil e do Ministério da Defesa informaram que ainda não tinham conhecimento se o pedido do governador já tinha sido formalizado. A liberação das tropas depende de determinação do presidente da República ao Ministério da Defesa.

“Solicitei apoio das tropas do Exército para se somarem às nossas destemidas polícias no trabalho para garantir a segurança da população do Rio Grande do Norte. Desde ontem tenho mantido contato com o ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, com o ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, com o ministro da Defesa, Raul Jungman e com a direção nacional da Polícia Federal. Aqui, todas as forças de segurança permanecem em total atenção para retomarmos a normalidade. Estou no aguardo da liberação das tropas pela presidência da República”, postou o governador em redes sociais.

A instalação de bloqueadores de celular na Penitenciária Estadual de Parnamirim, na Grande Natal, é apontada pelo governo como motivo dos atentados. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (Sesed), 50 suspeitos de envolvimento nos ataques, sendo 37 adultos e 13 adolescentes, foram detidos até as 10h45 deste domingo (31).

Ônibus incendiado em Assu (Foto: Francisco Coelho/Focoelho.com)Ônibus incendiado em Assu (Foto: Francisco Coelho/Focoelho.com)

De sexta-feira até a manhã deste domingo foram registrados ataques nas cidades de Natal, Parnamirim, Macaíba, Monte Alegre, São José de Mipibu, Caicó, Currais Novos, Caiçara do Norte, Santa Cruz, Mossoró, Jardim de Piranhas, São Gonçalo do Amarante, Florânia, São Paulo do Potengi, Touros, Tangará, Assu, Maxaranguape, Goianinha e São José do Campestre.

Até às 14h deste domngo (31), pelo menos 37 veículos, incluindo ônibus e carros, foram incendiados ou depredados. Prédios públicos como delegacias, postos policiais e ainda uma sede do TRE também foram alvos de criminosos.

Na manhã deste sábado (30) o governador Robinson Faria voltou a afirmar que o governo não vai se intimidar e não vai recuar. “Eu dei liberdade para que as polícias civil e militar possam agir livremente para defender a população. Nós vamos continuar a instalação de bloqueadores de celulares e vamos instalar em todas as unidades prisionais do estado. Ou temos coragem de fazer esse enfrentamento agora ou jamais iremos vencer essa guerra da segurança pública”, disse.

Um carro da PM foi alvo de criminosos em Goianinha (Foto: Divulgação/Polícia Militar do RN)Um carro da PM foi alvo de criminosos em
Goianinha (Foto: Divulgação/Polícia Militar do RN)

Ataques
Os ataques começaram na tarde de sexta-feira (29), quando um micro-ônibus foi incendiado na BR-304, em Macaíba.

Ainda na sexta, cinco ônibus em Natal; um emParnamirim; um ônibus escolar em Macaíba; outro ônibus escolar em Florânia; dois micro-ônibus – sendo um na BR-304 (Macaíba) e outro na BR-101 (Monte Alegre); um ônibus escolar em Santa Cruz; dois carros em São José de Mipibu; uma kombi em Currais Novos; e mais um carro em Caicó foram depredados, queimados ou parcialmente incendiados por criminosos, segundo informações confirmadas pelas forças de segurança do estado. Um ônibus escolar foi incendiado também em Currais Novos e o fogo atingiu uma casa. Outro ônibus escolar foi incendiado no pátio do Centro Administrativo deMossoró.

Uma delegacia da cidade de Parnamirim e um posto policial desativado em São Gonçalo do Amarante foram os alvos. Nos dois casos homens armados atiraram contra os prédios.

Sábado
Já na madrugada do sábado (30), 4 ônibus escolares, dois tratores e uma retroescavadeira que estavam estacionados no pátio da prefeitura foram incendiados. A sede do TRE em Parnamirim foi alvo de vários disparos de arma de fogo durante a madrugada. Criminosos também tentaram incendiar um trailler da PM localizados nas Rocas, em Natal.

Na manhã de sábado o posto policial de Maracajaú, em Maxaranguape, foi alvo de criminosos e um ônibus da linha 57 foi depredado em Mãe Luíza, na Zona Leste de Natal. Uma Dobló da Prefeitura de Natal foi incendiada por volta das 13h também em Mãe Luíza. Por volta das 14h, um homem ateou fogo em três ônibus que estavam estacionados no terminal de Brasília Teimosa, em Natal. Ainda no sábado, um carro foi incendiado no bairro Redenção, em Mossoró, e um carro da Polícia Militar também foi incendiado em Goianinha.

Na noite de sábado, bandidos fizeram uma barricada com pneus na entrada do acesso ao Aeroporto Aluízio Alves, na BR-406, em São Gonçalo do Amarante, por volta das 19h. Alguns carros que passavam pelo local foram apedrejados. A Polícia Militar e a Polícia Rodoviária Federal foram acionadas e desbloquearam a via.

Também na noite de sábado, bandidos atearam fogo no pátio da Delegacia Geral de Polícia (Degepol), em Natal. Pelo menos dez carros que estavam no local foram atingidos. A 15ª Delegacia de Polícia, localizada na Vila de Ponta Negra, também foi alvo de ataque no sábado. Criminosos tentaram incendiar um carro que estava na frente da delegacia e dispararam vários tiros contra o prédio. Na agência da Caixa Econômica Federal da Avenida Tomaz Landim, na Zona Norte, criminosos efetuaram vários disparos e jogaram um explosivo, mas o artefato falhou.

No município de Touros, no litoral Norte do estado, dois ônibus da prefeitura foram incendiados. Em Tangará, na região do Trairí, um ônibus escolar também foi incendiado. No município de Assu, na região Oeste, um microônibus foi incendiado. Em São Gonçalo do Amarante, na região metropolitana de Natal, um micro-ônibus também foi incendiado. Em São José do Campestre um ônibus escolar foi incendiado.

Em São Paulo do Potengi, município do Agreste potiguar, criminosos incendiaram um ônibus e ainda atiraram contra a Câmara Municipal e atearam fogo em cadeiras e móveis do prédio. O fogo foi rapidamente controlado.

Domingo
Bandidos invadiram por volta das 5h deste domingo a Escola Penitenciária Desembargador Ítalo Pinheiro, localizada na Zona Leste de Natal, e atearam fogo no auditório. O local é usado para treinamento e cursos de agentes penitenciários.

Na manhã deste domingo um carro foi incendiado no bairro das Quintas, na Zona Oeste de Natal. Segundo moradores da região, o carro estava abandonado no local há um ano e adolescentes atearam fogo no veículo.

Ônibus particular foi incendiado no pátio de um posto de combustíveis em São José do Campestre (Foto: Jackson Félix/O Paralelo)Ônibus particular foi incendiado no pátio de um posto de combustíveis em São José do Campestre (Foto: Jackson Félix/O Paralelo)

NEM COMEÇOU AS ELEIÇÕES JÁ TEM CANDIDATO COMETENDO CRIME ELEITORAL NA CIDADE DE POÇÕES

Share Button

Cidadão agora pode enviar denúncias também pelo celular, com anexos que comprovem irregularidades

Aplicativo móvel aproxima sociedade do Ministério Público Federal

Foto: Murilo Abreu/Ascom/MPF-PA

A partir de agora, o Ministério Público Federal (MPF) está mais próximo do cidadão e acessível também por meio de aplicativos móveis. Com o lançamento do “SAC MPF”, realizado nesta segunda-feira, 11 de abril, na Procuradoria-Geral da República, qualquer cidadão pode fazer denúncias em tempo real, solicitar informações e pedir informações processuais por meio do aplicativo gratuito, já disponível para smartphones com sistemas iOS e Android.

Segundo o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, a ferramenta serve para assegurar o contato cada vez mais direto com o MPF. Ele explicou que a instituição busca evoluir e inovar com instrumentos mais modernos, além de favorecer a transparência e garantir acesso às informações de forma mais rápida. “Ao passo em que facilitamos a chegada de informações ao MPF, também deveremos estar preparados para dar respostas a esse fluxo de informações que deverá vir de forma contínua e direta”, disse Janot.

O aplicativo começou a ser planejado por iniciativa das procuradoras da República Raquel Silvestre e Lívia Tinoco, com autorização do procurador-geral da República. Segundo Raquel Silvestre, a finalidade é aumentar a fiscalização e promover a inclusão. “Para uma democracia, não basta haver uma Constituição, é preciso que as pessoas tenham voz e participem, e hoje o cidadão pode ser parceiro do Ministério Público”, declarou.

Lívia Tinoco citou uma pesquisa divulgada recentemente pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), demonstrando que o uso do celular para acessar a internet ultrapassou o uso do computador pela primeira vez no Brasil. Segundo ela, o aplicativo espelha as funcionalidades que já existem nas salas de atendimento ao cidadão e atende padrões mínimos de acessibilidade. Ela deu exemplos de irregularidades que podem ser enviadas: obras públicas inacabadas, ilícitos ambientais e compra de votos. Para melhor identificar os problemas, é possível fazer o registro da manifestação com anexos de até 12 MB (documentos, fotos, áudios e vídeos).

Como 2016 é ano de eleições municipais, o MPF espera que a ferramenta seja bastante utilizada, principalmente nas cidades pequenas, onde não há procuradores regionais eleitorais. Segundo o vice-procurador-geral eleitoral, Nicolao Dino, que participou do evento, o novo aplicativo irá impactar positivamente na atuação do Ministério Público eleitoral, ampliando os instrumentos de fiscalização de irregularidades nas eleições, bem como fortalecendo os canais de controle social e participação do cidadão. “Trata-se de importante contribuição do Ministério Público Federal e mais uma conquista da democracia”, disse Dino.

Disponível gratuitamente na Apple Store e na Google Play Store, o aplicativo foi desenvolvido pela área de tecnologia da informação do MPF e é baseado em software já existente, criado para a Sala de Atendimento ao Cidadão do MPF por meio eletrônico (cidadao.mpf.mp.br). Tanto na Sala de Atendimento ao Cidadão pelo desktop quanto no SAC MPF o usuário deve cadastrar a manifestação por meio de um formulário simples, com uma descrição da solicitação.

Tempo médio de respostas – O aplicativo está incluído no planejamento estratégico institucional, assim como a criação das salas de atendimento ao cidadão. Existem 156 salas, atualmente, em todo o país. “Temos uma média de 4,7 dias de resposta ao cidadão e já temos 96,3% das manifestações finalizadas nesse período e o percentual residual decorre, muitas vezes, de informações mais detalhadas, que demandam pesquisa”, detalhou o secretário-geral do MPF, Lauro Cardoso Pinto.

 

Secretaria de Comunicação Social
Procuradoria-Geral da República
(61) 3105-6404/6408
Twitter: MPF_PGR
facebook.com/MPFederal

Wagner e Rui se empolgam e dançam ao som de jingle de Alice

Share Button
Wagner e Rui se empolgam e dançam ao som de jingle de Alice

Fotos: Bruno Concha / Ag. Haack / Bahia Notícias
Apesar das tensões que envolvem uma disputa eleitoral, há sempre espaço para situações mais descontraídas. Durante a convenção do PCdoB, realizada neste domingo (31), o governador Rui Costa e o ex-governador Jaques Wagner se empolgaram com o jingle da agora candidata à prefeitura de Salvador Alice Portugal. Rui, por exemplo, chamou a secretária estadual de Políticas para Mulheres, Olívia Santana, para dançar. Wagner dançou com a esposa, Fátima Mendonça. A senadora Lídice da Mata (PSB) não ficou de fora e teve como par o deputado federal Antônio Brito (PSD).