Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Daily Archives: 10/09/2016

POR MAIS QUE TENTAM ME DERRUBAR NÃO CONSEGUEM PORQUE QUEM QUIA MEU CAMINHO É PODEROSO

Share Button

Se não for forte o suficiente pra me derrubar!
Nem tenta!!!
Porque eu já suportei ventanias,tempestades,calmarias,já passei pelo deserto,já me decepcionei,me lamentei,já chorei……
Todas as vezes que eu cai eu levantei!
Sabe porque?
(( Porque quando estou fraco então sou forte. 2 Coríntios 12:10)) Porque Deus me levanta e me defende do MALFEITOR!”.ADRIANO CRUZResultado de imagem para POR MAIS QUE TENTAM ME DERRUBAR SEMPRE DEUS ESTARA LA PARA ME LEVANTAR

STF fará julgamento de ‘mérito’ do impeachment da presidenta eleita Dilma Rousseff

Share Button

maxresdefaultEm matéria sobre pedidos de liminares negados pela ministra do STF, Rosa Weber, para retirar os direitos políticos de Dilma Rousseff, o G1 informou que a Suprema Corte fará a análise de “mérito” do impeachment. Os 11 ministros se reunirão para fazer o julgamento, porém, não há data marcada para o processo.

Dito como soberano no processo do impeachment, o Senado pode ter sua decisão sobre a questão anulada – como previsto no Artigo 5º da Constituição Federal de 1988, ou seja, toda decisão do legislativo pode ser revista pelo judiciário. Assim o foi quando o STF definiu o rito do processo que cassou – politicamente – uma presidenta eleita por 54 milhões de brasileiros.

Junior Mascarenhas PARABÉNS SABE O QUE E BOM PARA SUA CIDADE

Share Button

EM BOM JESUS,PLANALTO,BOA NOVA,IGUAI,MANOEL VITORINO A DISPUTA ESTÁ BOA

Share Button

Eleições-2016

O CANDIDATO A PREFEITO EM MIRANTE JIL ESTÁ FAZENDO UMA GRADE CAMPANHA

Share Button

Resultado de imagem para CIDADE DE MIRANTE BAHIA

Você está pedindo mudança na política? Hoje em um acidente na BR 040, o motorista estava morto e a população só queria roubar a carga de garrafas de refrigerante, na sua grande maioria, garrafas vazias. Então eu pergunto, quem precisa mudar, o Brasil ou o brasileiro?

Share Button

Cobrador morto em Conquista foi vítima de latrocínio, diz polícia Igor dos Reis, de 24 anos, foi morto a tiros na madrugada de quarta-feira (7). Polícia já identificou o suspeito do crime.

Share Button

plantao-policial
O cobrador de ônibus Igor Lemos dos Reis, de 24 anos, morto na madrugada da última quarta-feira (7) em Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia, foi vítima de latrocínio, segundo informações da Delegacia de Homicídios da cidade.

Ainda segundo a polícia, o suspeito de ter atirado na vítima já foi identificado, mas não teve a identidade revelada, para não atrapalhar as investigações.

Como se trata de um latrocínio, a Delegacia de Furtos e Roubos assumirá o caso, entretanto a Delegacia de Homicídios, por já estar adiantada na investigação, irá concluir o procedimento e encaminhar ao delegado da Furtos e Roubos, que concluirá o inquérito e fará o indiciamento e pedido de prisão do suspeito.

Caso
De acordo com a polícia, a vítima foi baleada por volta das 21h10 de terça-feira (6), no bairro Nossa Senhora Aparecida, e socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ao Hospital Geral de Vitória da Conquista. O jovem não resistiu aos ferimentos e morreu por volta de 1h10 de quarta-feira, na unidade médica.

Ainda segundo a polícia, ele estava com o crachá da empresa de transporte urbano da cidade no momento do crime, mas não há informações se ele estava trabalhando quando foi baleado.

País tem mais de 500 UPAs sem funcionar por falta de dinheiro Nem estados, nem municípios têm dinheiro para abrir as UPAs. O Ministério da Saúde admite que prometeu mais do que podia.E a nossa estar funcionando. Obrigado Dr. OTTO

Share Button

Resultado de imagem para upa

Mais de 500 UPAs, Unidades de Pronto Atendimento, que deveriam desafogar os hospitais públicos, estão prontas e sem funcionar ou com as obras paradas. O Ministério da Saúdeadmite que prometeu mais do que podia.

Agora nem estados, nem municípios têm dinheiro para abrir as UPAs. Por isso, querem mudar as regras para o funcionamento das Unidades de Pronto Atendimento, as UPAs. Para que, por exemplo, elas funcionem apenas de dia.

Os prédios são novinhos. Unidades de Pronto Atendimento (UPA) construídas com a ajuda do Governo Federal, para funcionar 24 horas por dia. Atender pacientes com problemas de média complexidade. Mas estão vazios.

A UPA do município de Araçatuba, em São Paulo, ficou pronta ano passado. Custou mais de R$ 2 milhões. Deveria atender a uma população de 50 mil habitantes, mas está fechada. A prefeitura diz que não abre porque não tem dinheiro para manter a UPA funcionando.

Em Florianópolis, uma outra UPA deveria ter sido entregue há anos, mas até agora, nada. Uma outra em Pirenópolis, interior de Goiás, não foi inaugurada porque o município aguarda o repasse de dinheiro do Ministério da Saúde para comprar equipamentos.

Em todo o país, 188 UPAs estão prontas, mas não funcionam. Trezentas e vinte e quatro estão em construção. O Governo Federal paga boa parte da obra e depois ajuda com recursos para a manutenção, mas o município e os estados têm que entrar com dinheiro para comprar medicamentos, pagar salários e tem que cumprir algumas regras, como manter a UPA funcionando 24 horas por dia com um número determinado de médicos. O problema é que está faltando dinheiro para bancar esses custos.

Embora tenham assinado convênios que previam a necessidade de pagarem parte dos custos de funcionamento das UPAs, muitos municípios agora dizem que não têm esse dinheiro e cobram ajuda do governo. Querem mudança nas regras das futuras unidades. Afirmam que dá para colocá-las em funcionamento desde que elas possam, por exemplo, ficar abertas apenas durante o dia.

“Que os prefeitos possam utilizar essas unidades, essas estruturas de acordo com a necessidade do município. Pode ser que funcione como um pronto socorro, como um pronto atendimento, como um centro de especialidades ou funcione durante 12 horas e não funcione à noite”, diz o Presidente do Conselho Nacional dos Secretários Estaduais de Saúde (CONASS), João Gabbardo.

O ministro da Saúde, Ricardo Barros, reconhece que o governo acabou autorizando a construção de um número de UPAS bem maior do que o previsto inicialmente. Quando o programa foi lançado, a proposta era construir 500 unidades em todo o país, mas houve pressão de prefeitos e foram autorizadas mais de mil unidades. Agora, tanto o Governo Federal quanto os estados e municípios têm dificuldade de bancar as UPAs.

O ministro disse que concorda em alterar algumas regras para permitir a inauguração das UPAs que estão fechadas, se os órgãos de fiscalização, como o Tribunal de Contas da União, concordarem.

“Nós poderemos fazer com que essas estruturas prontas, os prédios de UPAs prontas, possam funcionar com uma exigência menor de pessoal, de turnos, e prestarem algum serviço à sociedade”, explica o ministro.

O Tribunal de Contas da União disse que cabe ao Ministério da Saúde mudar as regras para o funcionamento das UPAs.

Será que a VIABAHIA empresa particular iria reformar as entradas da nossa cidade por conta própria? Porque nós temos a melhor festa de largo da Bahia? Porque nossa carne de sol é gostosa? Se a Via Bahia ou outra empresa está fazendo esse serviço é porque alguém mandou. Veio através da parceria entre o Estado e a Prefeitura de Poções.

Share Button

Resultado de imagem para mentira tem perna curta