Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Falso policial federal é preso em ação que resgatou 1.800 animais silvestres Ação ocorreu na Bahia e nos estados de Alagoas e Sergipe. Homem foi preso em casa, na cidade de Paulo Afonso.

Share Button
Polícia encontrou animais e armas na residência de falso policial na Bahia (Foto: Divulgação)Polícia encontrou animais e armas na residência de falso policial na Bahia (Foto: Divulgação)

Um homem de 57 anos que se passava por policial rodoviário federal aposentado, e que mantinha em cativeiro 18 animais silvestres sem autorização, foi preso em flagrante nesta quarta-feira (30), na cidade de Paulo Afonso, na região norte da Bahia. Segundo a polícia, com o suspeito também foram encontradas 12 armas, apetrechos para caça e armadilhas capazes de capturar mamíferos de grande porte.

Armas foram apreendidas com falso policial na Bahia (Foto: Divulgação)Armas foram apreendidas com falso policial na Bahia.
(Foto: Divulgação)

A ação que prendeu o suspeito fez parte da Fiscalização Preventiva Integrada (FPI), que ocorre na região do São Francisco desde o dia 20 para resgatar animais silvestres mantidos em cárcere de forma irregular. O número de animais resgatados até esta quarta, último dia da ação, chega a 1.800.

O homem preso nesta quarta foi localizado após os investigadores receberem denúncias de que um suposto policial mantinha diversos animais silvestres em sua residência, localizada no bairro Vila Nobre. Segundo a polícia, o homem era conhecido na cidade como ‘Federa’, uma alusão ao cargo de agente federal. No imóvel, entre os animais encontrados estão patos selvagens, pássaros e silvestres

Conforme a polícia, até os funcionários do suspeito acreditavam que ele fosse de fato servidor público aposentado. Porém, ao ser questionado pela fiscalização sobre a sua profissão, ele admitiu que jamais integrou os quadros das referidas instituições e que se aposentou como detetive particular de uma empresa privada.

O suspeito vai responder por crimes ambientais e pelo crime de posse ilegal de arma de fogo. O homem foi levado para a Delegacia de Polícia Civil de Paulo Afonso, onde foi arbitrada uma fiança de R$ 12 mil. As medidas administrativas aplicadas pelo IBAMA somaram um valor de R$ 9 mil.

Ararajuba, à direita, é considerada uma espécie raríssima na fauba brasileira (Foto: Divulgação/Polícia Rodoviária Federal)Mais de 1800 animais silvrestres foram resgatados
em operaçao. (Foto: Divulgação/Polícia Rodoviária
Federal)

Ação
Desde o último dia 17 denovembro, agentes da da Polícia Rodoviária Federal (PRF), do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Renováveis (IBAMA), Ministério Público e um grupo de 11 biólogos e veterinários promovem o resgate, a triagem e a soltura de animais silvestres na região do Rio São Francisco. Na Bahia, os municípios de Paulo Afonso, Glória, Jeremoabo, Santa Brígida e Pedro Alexandre foram visitados.

Os mais de 1.800 animais retirados do cárcere foram enviados para a base de triagem, localizada no Fórum antigo de Paulo Afonso, para tratamento e avaliação.

Cerca de 40% desse total apresentava condições de reinserção na natureza e já foram libertados nos respectivos habitats. Os demais serão encaminhados para o Centro de Triagem de Animais Silvestres (CETAS) de Petrolina/PE.