Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Deputados brasileiros aproveitaram luto nacional para aprovar “lei da corrupção”, diz The New York Times Jornal publicou que objetivo dos políticos era “esvaziar” a sessão plenária

Share Button

O jornal norte-americano The New York Times relacionou a tragédia que matou boa parte da equipe do Chapecoense com a manobra dos deputados federais que distorceram as medidas contra a corrupção no plenário da Câmara na noite de terça-feira (29).

Em uma matéria intitulada “Enquanto um Brasil distraído lamenta, legisladores forçam uma lei da Corrupção”, a publicação afirma que, enquanto o resto do país chorava os mortos da tragédia, o Congresso “atormentado por escândalos” tinha sua própria prioridade: esvaziar o que era para ser um “projeto pioneiro contra a corrupção”.

Ainda de acordo com a publicação, o resultado da manobra dos parlamentares é “uma legislação que pode prejudicar significativamente a autoridade dos promotores e juízes que estão investigando políticos envolvidos em casos de corrupção”.

(Com informações do The New York Times)