Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Daily Archives: 04/12/2016

HOMICÍDIO AGORA A NOITE EM POÇÕES BA BAIRRO AÇUDE DIA 4/12/16

Share Button

[FOTOPOÇOES24HORAS]

[FOTOPOÇOES24HORAS]

POR VOLTA DAS 19;50 UM RAPAZ FOI ASSASSINADO PERTO DO PARQUE EXPOSIÇÃO EM POÇÕES COM 3 TIROS RONALDO CONHECIDO COMO RONALDO CURADOR O MESMO FOI SOCORRIDO PELO SAMU LEVADO A UPA ONDE TENTARAM SALVAR A VIDA DO MESMO MAS VEIO A ÓBITO A POLICIA INVESTIGA O CASO

[FOTO MANDADA POR ZAP PARA O POÇOES24HORAS]

[FOTO MANDADA POR ZAP PARA O POÇOES24HORAS]

Helicóptero que levava noiva ao casamento cai na Grande São Paulo Mulher, irmão dela, piloto e fotógrafa grávida morreram na tragédia em São Lourenço da Serra

Share Button
O acidente matou quatro pessoas em São Lourenço da Serra, na Grande SPReprodução/ Corpo de Bombeiros

Um helicóptero caiu numa região de mata fechada perto da estrada da Barrinha, em São Lourenço da Serra, na Grande São Paulo, por volta das 16h deste domingo (4). A aeronave, modelo Robinson R-44, seguia para a cerimônia de casamento a 2 km do local da queda. Morreram a noiva, o irmão dela, a fotógrafa — que estava grávida — e o piloto.

As quatro vítimas morreram no local, informou o Corpo de Bombeiros. A corporação foi acionada às 16h36 e enviou oito viaturas. O helicóptero Águia-3, do Grupamento Aéreo da Polícia Militar, chegou a levantar voo, mas precisou retornar porque não havia visibilidade devido à neblina e chuva na região do acidente.

A FAB (Força Aérea Brasileira) informou que ainda não tem a confirmação do número de matrícula da aeronave e que a equipe SERIPA 4 (Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos) foi ao local inicar as investigações da causa do acidente. A Infraero informou que a aeronave não saiu do Campo de Marte ou do Aeroporto de Congonhas.

O casamento estava marcado para as 16h. A festa seria realizada no Sítio Recanto Beija-Flor, na mesma cidade, para cerca de 300 convidados, segundo o jornal O Estado de S. Paulo. A noiva já estava com o vestido e faria uma surpresa a todos chegando de helicóptero.

Informações preliminares apontam que a noiva morava em Taboão da Serra e se estavacom o noivo havia um ano. Os dois tinham aproximadamente 30 anos. A fotógrafa que também morreu na tragédia estava grávida de seis meses.

Esporte: conquistense é campeã baiana de Triathlon

Share Button
Fotos: WhatsApp | BLOG DO ANDERSON
Fotos: WhatsApp | BLOG DO ANDERSON

A conquistense Thaise Costa é a mais nova campeã baiana de Triathlon, na categoria 25 a 29 anos. O desafio aconteceu na manhã deste domingo (4), em Salvador.

whatsapp-image-2016-12-04-at-15-44-00

Nutricionista, Thaise é uma das esportistas que conta com apoio das Granolas Tia Sônia. De volta a Vitória da Conquista, a atleta estará detalhando esse novo título em sua jornada esportiva.

whatsapp-image-2016-12-04-at-16-04-11

Triaousithlon é uma palavra grega que designa um evento atlético composto por três modalidades. Atualmente, o nome triatlo é em geral aplicado a uma combinação de natação, ciclismo e corrida, nessa ordem e sem interrupção entre as modalidades. Exceto o Ultraman que é feito em 3 dias.

Protestos em Vitória da Conquista: nas ruas, grupo sai em defesa da Operação Lava Jato e contra a corrupção

Share Button
Fotos: BLOG DO ANDERSON
Fotos: BLOG DO ANDERSON

Cerca de 200 cidades brasileiras participaram de mais um ato de protestos. Em Vitória da Conquista o ato reuniu cerca de 50 pessoas na praça Barão do Rio Branco, na manhã deste domingo (4).

whatsapp-image-2016-12-04-at-13-29-20

Com bandeiras e cartazes, os manifestantes defenderam a Operação Lava Jato e contra o pacote de medidas anticorrupção aprovado com modificações pela Câmara dos Deputados do final do mês passado.

whatsapp-image-2016-12-04-at-13-29-201

Alunos do Centro Territorial de Educação Profissional [CETEP, antiga Agrotécnica Sérgio de Carvalho] também marcaram presença pedindo a desocupação da instituição por estudantes contrários à Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 241, que limita as despesas do Governo Federal.

Plantão Policial: corpo de homem é encontrado numa cova rasa em Vitória da Conquista

Share Button
Foto: Reprodução | Blog do Léo Santos
Foto: Reprodução | Blog do Léo Santos

O corpo de um homem foi encontrado numa cova rasa em Vitória da Conquista. O fato foi descoberto na manhã deste domingo (4), no bairro Boa Vista, entre o Green Ville e a Vila América. De acordo com informações preliminares, a vítima sem identificação, pode ter sido morto a tiros de revólver. O cadáver, em estado de decomposição, foi levado ao Instituto Médico Legal. A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa investiga o caso

Caso de Polícia: em Vitória da Conquista, bandidos arrombam Igreja e levam até a imagem de Nossa Senhora Aparecida

Share Button
Fotos: BLOG DO ANDERSON
Fotos: BLOG DO ANDERSON

Fiéis católicos tomaram um susto ao entrar na sede da Comunidade Nossa Senhora Divina da Providência, na Zona Sul de Vitória da Conquista, na manhã deste domingo (4).

dsc_0764-001

A capela, instalada na rua Padre José Silvino, Morada dos Pássaros III, loteamento do bairro Felícia, que recebe centenas de pessoas a cada dia de missa, teve diversos objetos levados pelos bandidos, entre elas a imagem de Nossa Senhora Aparecida, Santa Padroeira do Brasil. “Eles arrancaram até os vasos sanitários”, comentou um membro da Comunidade.

dsc_0758

“Um violão, mesa de som completa, microfones, cadeiras, ventiladores, televisão, bebedouro e mesa”, comentou lembrando que até a valor da oferta também foi levada pelos delinquentes. A Comunidade Nossa Senhora Divina da Providência é mantida pela Paróquia Nossa Senhora Aparecida. O caso foi registrado pela 77ª Companhia Independente de Polícia Militar.

Mulher presa com drogas culpa companheiro e chora de raiva: “Coloquei meus filhos em risco” Polícia encontrou maconha, cocaína e crack na casa da mulher

Share Button
Na delegacia, Luci Cláudia chorou de raiva e mandou um recado para o companheiroDivulgação/Polícia Civil

A mulher presa com um tablete de maconha prensada, 21 pinos de cocaína e 35 pedras de crack dentro de casa em Arembepe, região metropolitana de Salvador, negou que soubesse da existência da droga. Luci Cláudia Santos, conhecida como Joaninha, afirmou que os entorpecentes pertencem ao companheiro Edmilson da Silva Barreto, que estava morando em sua casa havia cinco meses.

— Eu não estava sabendo dessa droga na minha casa. Coloquei [Edmilson] para dentro de casa a louca e nem procurei saber de nada, o rastro dele, as coisas dele e acabei colocando meus filhos em risco. Agora meus filhos estão vendo a mãe deles na televisão dizendo que é vendedora de drogas , não sendo, eu dando educação para meus filhos pra não andar no meio de traficante, no meio de gente ruim pra não passar por isso e agora eu que estou passando.

A mulher, que trabalha de ajudante de cozinha, afirmou que nunca usou droga e nem é traficante. Na delegacia, Luci Cláudia chorou de raiva e mandou um recado para o companheiro.

— Pelo amor de Deus, venha assumir uma coisa que você sabe que é seu. Meus três filhos estão precisando de mim. Por favor, se entregue, faça qualquer coisa.

De acordo com a delegada titular da 26ª DT de Abrantes, Danielle Monteiro, além do tablete de maconha, os policiais encontraram no imóvel ocupado pela mulher, na localidade Fonte das Águas, outros 14 dolões da droga, prontos para comercialização e seis celulares

Manifestações a favor da Lava Jato reúnem milhares de pessoas neste domingo Foram registrados atos em todos os 26 estados mais o DF, com Renan Calheiros e Rodrigo Maia como principais alvos. Presidente Temer disse que protestos demonstram ‘respeito cívico’.

Share Button

As manifestações a favor da Operação Lava Jato e contra a corrupção neste domingo (4) aconteceram de forma pacífica e reuniram milhares de pessoas em todos os 26 estados mais o Distrito Federal. Até as 19h55, os atos foram registrados em 81 cidades e haviam mobilizado 75 mil pessoas, segundo a Polícia, e 474 mil, segundo organizadores. Veja o mapa das manifestações

O G1 acompanhou em tempo real os atos pelo país. Veja como foi a cobertura dos protestos

Vestidos principalmente de verde e amarelo, os manifestantes defenderam, entre outros, as dez medidas contra a corrupção propostas pelo Ministério Público Federal. Alguns seguraram faixas em defesa da operação Lava Jato e do juiz Sérgio Moro.

Os alvos principais do protesto foram os presidentes do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), e da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ). Renan foi criticado por tentar acelerar a aprovação do projeto que muda a lei do abuso de autoridade, que contrariou juízes e procuradores da Operação Lava Jato, e por ter colocado em votação 10 medidas contra a corrupção que desfiguraram o pacote original.

O presidente Michel Temer foi poupado.

Em notas separadas divulgadas durante a tarde, Renan disse que as manifestações são “legítimas” e “devem ser respeitadas”, Maia informou que a Casa “recebe com atenção e respeito” as manifestações ocorridas neste domingo, e Temer considerou os atos como “comportamento exemplar” e disse que “demonstra o respeito cívico que fortalece ainda mais nossas instituições”.

 Manifestações contra a corrupção acontecem em 13 estados e no DF

ACRE
Em Rio Branco, o protesto, que estava marcado para às 14h (horário local), começou com mais de uma hora de atraso por causa da chuva na capital e terminou nesta tarde. A Polícia Militar não acompanhou o protesto, organizado por membros do Movimento Vem Pra Rua e membros do Ministério Público do Estado.

ALAGOAS
Em Maceió, o ato ocorreu na orla da Ponta Verde e reuniu cerca de 2 mil pessoas, segundo a organização. O protesto acabou por volta de meio-dia.

AMAZONAS
Em Manaus, cerca de 3 mil pessoas, vestidas de amarelo e também de preto, se concentraram na região central da cidade para protestar, segundo a organização. A PM não deu estimativa.

AMAPÁ
Em Macapá, ato reúniu pessoas na Praça da Bandeira, no Centro. A organização estimou 150 pessoas e a PM não deu estimativa.

BAHIA
Em Salvador, o ato contra a corrupção reuniu cerca de 2 mil pessoas, disse a polícia. Os organizadores estimam em 1.200 os participantes. O evento terminou por volta de 12h15.

CEARÁ
Em Fortaleza, manifestantes se reuniram na Praça Portugal, no Bairro Aldeota, em Fortaleza, para protestar em apoio à operação Lava Jato e contra as mudanças no pacote anticorrupção. A concentração começou por volta de 16 horas. A organização estimou, inicialmente, a participação de 3 mil a 4 mil pessoas. A polícia não divulgou levantamento de público.

DISTRITO FEDERAL

Em Brasília, grupos ocuparam o gramado do Congresso em favor da Lava Jato. Organizadores estimaram a presença de 15 mil pessoas. A PM falou em cinco mil. O ato, pacífico, terminou por volta de 12h15.

ESPÍRITO SANTO
Em Vitória, os magistrados do Espírito Santo fizeram um protesto contra as mudanças nas medidas propostas pelo Ministério Público Federal para combater corrupção. Eles se reuniram em frente ao Tribunal de Justiça do estado (TJ-ES) e seguiram para a Praça do Papa. Cerca de 20 mil participaram dos protestos, segundo os organizadores, e 3 mil, segundo a PM.

Em Vila Velha, o protesto em defesa da Operação Lava Jato e contra as mudanças nas medidas propostas pelo Ministério Público Federal para combater corrupção se concentrou, no Espírito Santo, na Rua Ceará. Segundo os organizadores, 10 mil participaram do ato, e 1,5 mil de acordo com a

Grupo atravessa ponte que liga Vila Velha a Vitória em ato pela Lava Jato neste domingo (4) (Foto: Fabio Linhares/TV Gazeta)


GOIÁS
Em Goiânia, o protesto contra a corrupção começou por volta das 15h20. Antes de finalizar o ato, o grupo fez uma oração e cantou o Hino Nacional. De acordo com a organização, o Movimento Vem pra Rua Goiás, cerca de 3 mil pessoas participam da manifestação, que foi pacífica. Já a Polícia Militar calcula 1,5 mil participantes.

Em Jataí, no sudoeste do estado, um grupo de manifestantes protestou contra a corrupção e a favor da conclusão da Operação Lava Jato. Eles começaram o ato às 16h no Parque Ecológico Juscelino Kubitschek, no centro da cidade. A Polícia Militar e os organizadores estimam que cerca de 20 pessoas participaram do ato.

Em Anápolis, manifestantes protestaram por duas horas. O ato, que começou às 10h e terminou ao meio-dia, reuniu 250 pessoas, segundo a organização. Já a PM estimou 80 manifestantes. O ato foi pacífico.

MARANHÃO
Em São Luís, maranhenses participam na tarde deste domingo (4), em São Luís (MA), das manifestações em defesa da Operação Lava Jato. De acordo com a organização do movimento, a manifestação está reunindo 100 pessoas. A Polícia Militar do Maranhão não divulga mais estimativa de público em protestos.

MATO GROSSO
Em Cuiabá, manifestantes se concentram na praça Oito de Abril. O grupo carrega cartazes e usam trajes verde e amarelo. O número de participantes ainda não foi divulgado pelo organizadores, nem pela Polícia Militar.

MATO GROSSO DO SUL
Em Campo Grande, manifestantes se reuniram na praça do Rádio Clube e programaram passeata pela avenida Afonso Pena até a sede do Ministério Público Federal (MPF). A Polícia Militar (PM)não estimou o número de participantes. A organização divulgou 8 mil pessoas

Em Dourados, manifestantes também fizeram ato neste domingo. Organização e Polícia Militar (PM) informaram que 100 pessoas participaram do protesto. O grupo se concentrou na praça Antônio João e, por volta das 17h30 (de MS), saiu em passeata pela avenida Marcelino Pires. Em seguida, os manifestantes voltaram à praça e dispersaram.

MINAS GERAIS

Bandeirão verde e amarelo é estendido na Praça da Liberdade, em Belo Horizonte (Foto: Henrique Stênio/TV Globo)

Nas ruas de Belo Horizonte, 5 mil pessoas, segundo a organização, participaram dos protestos, com faixas em defesa da Lava Jato e contra a corrupção. A PM não estimou público. O ato terminou às 14h.

Em Juiz de Fora, a manifestação atraiu cerca de 4 mil pessoas no centro da cidade, segundo os organizadores. Não houve estimativa por parte da PM. Um grupo cantou o hino nacional. O ato já foi encerrado.

Quatro mil pessoas participaram dos atos em Uberlândia, de acordo com Polícia Militar. A organização estima em seis mil. A concentração se deu na praça Tubal Vilela. Houve atos ainda em Uberaba, Poços de Caldas, Pouso Alegre e Varginha. Todos estão encerrados.

PARÁ
Em Belém, cerca de 20 mil pessoas participam de uma caminhada nas ruas do centro. Algumas ruas da cidade foram interditadas. O ato foi encerrado por volta das 13h.

PARAÍBA
Em João Pessoa, cerca de 400 pessoas participam de manifestação a favor da operação Lava Jato e contra a corrupção.

PARANÁ
Em Curitiba, manifestantes começaram a se reunir por volta das 14h30 em frente ao prédio da Justiça Federal, no bairro Ahú, em Curitiba (PR), onde trabalha o juiz Sérgio Moro. O grupo carrega bandeiras do Brasil e cartazes em apoio à Operação Lava Jato.

Em Londrina, a manifestação contra a corrupção começou por volta das 15h e terminou logo depois das 17h. Segundo os organizadores, 2 mil pessoas participaram do ato. A Polícia Militar não divulgou estimativa.

Em Cascavel, manifestantes se reuniram em frente à Catedral Nossa Senhora Aparecida. Eles pediram a saída do presidente da Câmara dos Deputados Rodrigo Maia e do presidente do Senado Renan Calheiros, e apoiaram a Operação Lava Jato, o juiz Sérgio Moro e as 10 medidas contra a corrupção sem alterações. De acordo com a organização, 500 pessoas participaram do protesto. A Polícia Militar não divulgou o número de manifestantes.

Em Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, o ato contra a corrupção durou cerca de duas horas. Os manifestantes chegaram por volta das 9h30 e o grupo começou a dispersar às 11h30. Promovido pelas redes sociais, o ato reuniu 230 pessoas, segundo a PM. A organização afirma que 350 pessoas participaram do protesto. O ato já foi encerrado.

Em Maringá, organizadores do protesto em Maringá, no norte do Paraná, informaram que 10 mil pessoas participam do protesto contra a corrupção. Segundo a Polícia Militar, são 3,5 mil pessoas.

Em Ponta Grossa, na região dos Campos Gerais do Paraná, o apoio à Operação Lava Jato e pelo fim dos privilégios políticos, reuniu 2 mil pessoas, segundo a organização do protesto. A Polícia Militar não divulgou números.

A manifestação, organizada pelas redes sociais, começou às 14h30 e terminou por volta das 16h40. O grupo caminhou por algumas ruas do Centro da cidade, interrompendo o trânsito.

PERNAMBUCO
Em Recife também houve manifestçaões na Avenida Boa Viagem. A PM não divulgou estimativa de participantes. Os organizadores calcularam o público em 16 mil pessoas. O evento acabou por volta das 13h.

PIAUÍ
Em Teresina, manifestantes interditaram uma das pistas da Avenida João XXIII, em frente à sede do Ministério Público Federal em Teresina. Segundo a PRF e organizadores do movimento, cerca de 200 pessoas participam da manifestação.

RIO DE JANEIRO

Multidão tona conta da Avenida Atlântica, na altura do posto 5 (Foto: Alexandre Durão)

No Rio de Janeiro, a chuva e vento pela manhã não impediram os manifestantes de ocupar a avenida Atlântica, em Copacabana, na Zona Sul. Não houve estimativa de público por parte da PM. Havia faixas de apoio ao juiz de Sérgio Moro. Ambulantes vendiam “pixulecos”, apelido dado a bonecos infláveis caracterizados de políticos –havia os de Lula e Dilma como presidiários. Por volta das 14h, os manifestantes começaram a se dispersar.

Também houve atos em Barra Mansa, Volta Redonda, Campos dos Goytacazes e Rio das Ostras. Todos foram encerrados.

RIO GRANDE DO SUL
Em Porto Alegre, um grupo protestou a favor da Operação Lava Jato. Vestindo verde e amarelo e com bandeiras e cartazes, os manifestantes ocuparam a Avenida Goethe, nas proximidades do Parque Moinhos de Vento e carregaram faixas com os dizeres ‘Fora Renan’.

Em Blumenau, no Vale do Itajaí, o protesto começou às 16h. Até as 17h, Polícia Militar e manifestantes não haviam repassado números de participantes. Eles se concentraram em frente a prefeitura do município e caminham nas ruas centrais da cidade, como a 7 de setembro.

RIO GRANDE DO NORTE
Em Natal, a manifestação foi pacífica e aconteceu na Avenida Salgado Filho, por volta 16h (horário local). O ato reuniu cerca de 100 pessoas de acordo com a Polícia Militar. Pessoas levaram cartazes e faixas em protesto ao pacote anticorrupção. O ato encerrou por volta das 18h (horário local).

RONDÔNIA
Em Porto Velho, 20 pessoas se reuniram para protestar em defesa da operação Lava Jato, segundo os organizadores.

RORAIMA
Manifestantes se concentram na praça do Centro Cívico, em Boa Vista, para protestar a favor da Operação Lava Jato e contra a corrupção. O grupo carrega cartazes e usa trajes verde e amarelo. Juizes e promotores também participam do ato. A organização estima a participação de 50 pessoas. Não há policiamento no local.

SANTA CATARINA
Em Florianópolis, a concentração começou às 17h, com saída de passeata na Avenida Beira-Mar Norte às 18h, quando uma faixa interditada. Segundo a organização, 10 mil participantes participavam do ato às 18h15. A PM não divulgou estimativas.

Em Joinville, no Norte catarinense, a manifestação começou por volta das 16h na Praça da Bandeira. Conforme os organizadores, até as 16h15 cerca de 600 pessoas estavam no local. Já de acordo com a Polícia Militar, 300 pessoas participavam do ato.

Em Balneário Camboriú, a manifestação foi encerrada às 17h30. Os organizadores estimam a participação de 15 mil pessoas, a PM diz que foram 2 mil.

SÃO PAULO
Em São Paulo, os manifestantes começaram a ocupar a avenida Paulista por volta das 13h. Cartazes contrários à corrupção no país e um boneco representando o presidente do Senado, Renan Calheiros, foram expostos na via em frente ao Masp. A Polícia Militar informou que, aproximadamente, 15 mil pessoas estiveram presentes na manifestação no horário de maior concentração, que foi entre 16h e 16h30. Por volta das 18h, os manifestantes começaram a deixar a avenida.

Atriz Susana Vieira participa de mobilização pró-Lava Jato em Santos, litoral paulista (Foto: Carlos Abelha/G1)

Em São José dos Campos, os manifestantes se reuniram na Praça Afonso Pena por volta das 15h. Segundo a organização, cerca de mil pessoas vestidas de verde e amarelo gritam palavras de ordem em apoio ao ato nacional contra as mudanças na lei de combate à corrupção.

Em Taubaté, segundo a organização, cerca de 150 pessoas se reuniram na praça Santa Terezinha. O ato começou por volta das 16h com um minuto de silêncio em memória das vítimas do acidente com o avião que levava a equipe da Chapecoense.

SERGIPE
Em Aracaju, um grupo de manifestantes se reuniu em frente ao mirante do Bairro 13 de Julho. O total de participantes, segundo a organização, foi de cerca de 400 pessoas. A PM não divulgou estimativa.

TOCANTINS
Em Palmas, uma manifestação contra a corrupção, em apoio ao juiz Sério Moro e às 10 medidas contra a corrupção, propostas pelo Ministério Público Federal, está sendo realizada na Praça dos Girassóis, no centro de Palmas. Segundo a Polícia Militar, cerca de 350 pessoas estão no local. Os manifestantes ainda não divulgaram um número, mas esperam cerca de 10 mil pessoas.

Em Araguaína, a manifestação começou por volta das 15h em frente ao prédio do Ministério Público Federal. A estimativa de público segundo a organização foi de 500 pessoas. A Polícia Militar divulgou um número de 150 participantes. Eles encerraram o protesto depois das 16h.

Manifestações pelo Brasil já são um sucesso[ VEJAM VÍDEO]

Share Button

Juízes e procuradores anunciam presença em protesto na Paulista

Share Button
ctv-lvx-ministerio-publico2

Juízes e promotores fazem manifestação contra a aprovação pela Câmara dos Deputados do pacote de medidas anticorrupção em fórum de São Paulo

Juízes, promotores e procuradores confirmaram presença no protesto marcado para este domingo, 4, na Avenida Paulista, região central de São Paulo. Eles vão participar do ato que terá entre suas pautas o repúdio à aprovação pela Câmara dos Deputados do pacote de medidas anticorrupção e à possibilidade de enquadrar servidores do Judiciário no crime de responsabilidade.