Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Daily Archives: 15/12/2016

SANTA RITA: TRE INDEFERE CANDIDATO MAIS VOTADO E DEVERÁ SER REALIZADA NOVA ELEIÇÃO

Share Button

santarita2O Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, por maioria, indefere o registro de candidatura de Romualdo Rodrigues (PP), candidato a Prefeito mais votado no Município de Santa Rita de Cássia.

Segundo os advogados que defendem Keno de Dedé (PSD), segundo colocado nas eleições, Tiago Ayres e Vicente de Paula, “o TRE entendeu que Romualdo estaria inelegível, uma vez que possui contas rejeitadas e, portanto, insere-se na Lei da Ficha Limpa. A liminar que Romualdo tinha foi suspensa pela presidente do Tribunal de Justiça da Bahia, assim como a Sentença que obteve foi recentemente suspensa pelo TJ”.

Com essa decisão, haverá novas eleições no Município de Santa Rita de Cássia.

[começou a casação de diplomas]PRADO: JUSTIÇA ELEITORAL CASSA PREFEITA REELEITA MAYRA BRITO

Share Button

Nesta quinta-feira (15) o juiz da 112ª Zona Eleitoral, Leonardo Coelho, decretou a cassação do diploma da prefeita reeleita de Prado, Mayra Brito (PP), e do vice Lindão (PT).

Mayra Brito responde uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE), e magistrado entendeu que a AIJE tem fundamento, por isso cassou a prefeita.

Mayra Brito é acusada de infração eleitoral, como por exemplo de abuso de poder político e econômico durante a eleição.

prado

 34  0  35

Amanhã sexta feira dia 16 de dezembro reinauguração do estadio de futebol heraldão 10 horas da manhã mais um obra deixada pelo prefeito dr otto

Share Button

[FOTOPOÇOES24HORAS]

[FOTOPOÇOES24HORAS]

18908418-0851-48f0-a842-da1ebb6f3171

Conquista: Suspeito de matar dono de posto de combustível morre em confronto com a PM

Share Button
unnamedO dono do posto de combustível morreu após reagir a assalto

Um homem suspeito de matar o dono de um posto de combustível, na madrugada desta quinta-feira (15), em Vitória da Conquista, morreu em confronto com a polícia na zona rural.

O suspeito chegou a ser encaminhado ao Hospital de Base, mas não resistiu e veio a óbito. A qualquer momento mais informações.

Sudoeste baiano: Vereador é preso na BR-116 com carreta roubada e arma de fogo

Share Button

15590145_1377624082262014_9148375886741792307_n
A Polícia Rodoviária Federal (PRF) deteve ontem (14), um homem, identificado como sendo vereador de uma cidade do interior do Rio Grande do Norte, com uma carreta roubada e portando arma de fogo. A ação iniciou por volta das 11hr, no KM 677 da BR 116, em Jequié, na região Sudoeste.

Após informação de que uma carreta iria passar em frente ao posto da PRF em Jequié com um semirreboque semelhante a um que fora roubado em março deste ano, no estado de São Paulo, a equipe da PRF montou um cerco e abordou o veículo.Durante a fiscalização, os policias solicitaram os documentos de porte obrigatório e verificaram que haviam divergências nos dados do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos (CRLV) do semirreboque. Foi verificado que o número do chassi do veículo estava suprimido, mas, em um compartimento de segurança do semirreboque, foi encontrado o CRLV original do veículo que havia sido roubado. A placa que estava sendo utilizada era “clonada” de outro veículo de mesmas características. Ainda durante os procedimentos, os PRFs constaram que o cavalo-trator também possuía indícios de adulteração nos elementos de identificação.

Foi feito uma vistoria na boleia da carreta, onde foi encontrada uma pistola de marca Taurus, modelo 24/7 G2, calibre 9 mm, carregada com 16 munições.

O vereador de 28 anos já responde por homicídio qualificado no Tribunal de J

Ônibus que saiu de Conquista pega fogo na BR-116

Share Button

contijoUm ônibus  pegou fogo nesta quinta-feira (15) na BR-116, trecho próximo a Medina, em Minas Gerais.

Segundo informações de nossa reportagem, o veículo saiu de Vitória da Conquista.

Apesar do susto, ainda não se sabe se houve feridos. O Corpo de Bombeiros apura o caso para descobrir o que causou o incêndio.

Três policiais são presos após sequestrar mulher e criança de colo em Camaçari (BA) Quadrilha exigiu R$ 300 mil de regate para pai da vítima, diz polícia

Share Button
Os materiais apreendidos foram encaminhados junto com os suspeitos para 18ª DTDivulgação/PM

Quatro homens foram presos após um sequestro em Camaçari, região metropolitana de Salvador, na noite de quarta-feira (14). De acordo com informações do 12ª BPM (Batalhão da Polícia Militar), responsável pela operação conjunta com equipes do Bope (Batalhão de Operações Especiais), três dos envolvidos são policiais militares.

Segundo a polícia, uma mulher e uma criança de colo foram sequestrados por volta das 22h. Os bandidos exigiram um resgate de R$ 300 mil ao pai da vítima. Do valor exigido, apenas R$ 18 mil e o carro com documentação assinado pela vítima foram entregues à quadrilha no local indicado.

Após a liberação da mulher e da criança, os sequestradores fugiram em direção a Salvador. A partir das informações, os policiais do 12º BPM acompanharam três veículos que estavam em posse dos bandidos e conseguiram interceptá-los no Pedágio da Estrada do Coco, onde guarnições do Bope já esperavam para efetuar a prisão.

Ainda segundo a polícia, os três PMs – Ronaldo Pedro de Souza, Henrique Paulo Chaves Costa e Jonas Oliveira Góis Júnior – estavam acompanhados por Diogo de Souza Ricardo, de 29 anos. Com a quadrilha foram apreendidas seis pistolas, diversos carregadores municiados, munições de calibres variados; relógio, anéis, pingente e pulseira de ouro, além de R$ 18.982,00 em espécie e distintivos policiais.

Ainda foram apreendidos alto-falantes, com valor estimado em R$ 12 mil, de propriedade da vítima, baterias de caminhão, quatro módulos, dois pares de algema e aparelhos celulares. Os sequestradores e todos material apreendido foram levados para a 18ª DT (Delegacia Territorial). Os quatro serão indiciados por cárcere privado, extorsão mediante sequestro e formação de quadrilha.

Radares voltam a funcionar na BR 324 e BR 116 Sul durante operação da PRF Radares começam a funcionar efetivamente na próxima sexta-feira (23)

Share Button
Radares estão nas vias desde 2013Reprodução

Nesta sexta-feira (16) será lançada a Operação Integrada Rodovida 2016-2017, da PRF (Polícia Rodoviária Federal). A ação tem por objetivo prevenir acidentes e diminuir a violência no trânsito nas rodovias federais durante o período de fim de ano, férias escolares e Carnaval, quando o movimento nas estradas é intenso.  De acordo com o órgão, também será anunciado o início do funcionamento de alguns radares de velocidade.

Ao todo, serão colocados em funcionamento 23 equipamentos, sendo 16 na BR 324 e sete na BR 116 Sul. A PRF disse que os novos instrumentos instalados na BR 324 estão no trecho entre Salvador e Feira de Santana. Já os radares instalados na BR 116 Sul ficam no espaço entre Feira de Santana até a divisa com o estado de Minas Gerais, trecho sob concessão da Via Bahia Concessionária de Rodovias.

Ainda de acordo com o órgão, esses radares já estavam presentes desde 2013, mas, devido a limitações nos equipamentos, não estavam em funcionamento. Durante todo este período, a PRF disse que fiscalizou a BR 324 por meio dos radares fotográficos portáteis. A PRF recomenda que, independentemente da presença de radares nas rodovias, os motoristas respeitem a sinalização e os limites de velocidade específicos para cada trecho.

Os novos radares começarão a funcionar efetivamente a partir da sexta-feira seguinte (23). Entre essa sexta (16) e quinta-feira (22), os condutores passarão por uma fase de adaptação, ou seja, será um período educativo.

A PRF, junto com a Via Bahia Concessionária de Rodovias, responsável pela instalação e manutenção dos equipamentos, e a ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres), conseguiu finalizar todos os trâmites antes do período de fim de ano. Isso foi feito porque o movimento nas estradas aumenta consideravelmente e, proibindo o excesso de velocidade, a polícia acredita que irá haver uma diminuição no número de acidentes graves.

Cerca de 800 kg de carne irregular são encontrados após investigação sobre roubo de gado Produto estava em um depósito clandestino na cidade de Dom Macedo Costa (BA)

Share Button
A comida seria utilizada para preparação de charqueDivulgação/Polícia Civil

Cerca de 800 kg de carne armazenados em local impróprio e sem refrigeração foram apreendidos pela polícia na quarta-feira (14). Segundo a Polícia Civil, a propriedade onde estava o alimento pertence ao pai de Leonardo Melo Cerqueira, que é investigado por furtos de animais bovinos em Alagoinhas, Catu, Pojuca e região, no Estado da Bahia.

A delegada Silvania Campos Sobral Gomes, titular DT (Delegacia Territorial) de Dom Macedo Costa, 179 km de Salvador, informou que a comida seria utilizada para preparação de charque. Uma equipe da Cati (Coordenação de Apoio Técnico à Investigação) e policiais da 4ª Coorpin (Coordenadoria Regional de Polícia do Interior), em Santo Antônio de Jesus, foram até a Fazenda Terra Boa, zona rural de Dom Macedo, com o objetivo de localizar Leonardo, que não estava no local.

Os policiais, porém, acabaram encontrando no imóvel, que fica na localidade de Boa Sorte, um depósito clandestino de carne, produzindo charque ilegalmente. As condições sanitárias do local acabaram levando os policiais a buscarem apoio jurídico para a apreensão.

Os policiais voltaram, com apoio de técnicos da Vigilância Sanitária e da Adab (Agência de Defesa da Agropecuária da Bahia), até a fazenda, com um mandado de busca e apreensão. Leonardo continua sendo procurado

PF desarticula quadrilha que fraudava Previdência Social no interior da Bahia Foram criados benefícios fraudulentos através da inserção de dados falsos no sistema do INSS

Share Button
Saques fraudulentos chegam a um valor aproximado de R$ 700 mil, diz PFDivulgação/PRF

A PF (Polícia Federal) cumpre sete mandados de prisão temporária, e oito de busca e apreensão, em Juazeiro e Sento Sé, na Bahia, e Petrolina, em Pernambuco. A operação intitulada como Ameaça Fantasma tem como objetivo desarticular uma quadrilha que praticava fraudes fiscais na Agência da Previdência Social em Juazeiro, norte da Bahia.

De acordo com a PF, foram criados benefícios fraudulentos através da inserção de dados falsos no sistema do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social). Pessoas inexistentes, sem cadastro na Receita Federal, ou qualquer outro registro, eram cadastradas como beneficiários de pensões por morte. Em seguida, era informado o falecimento de pessoas também inexistentes, que geravam altos valores de pagamentos retroativos.

Ainda de acordo com a PF, os saques fraudulentos chegam a um valor aproximado de R$ 700 mil. Os envolvidos nas fraudes responderão pela prática dos crimes de estelionato qualificado, associação criminosa e inserção de dados falsos nos sistemas de informação da Administração Pública, cujas penas variam de um a 12 anos de prisão