Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

AÇOUGUES ANGELICA Leia Mais »

ERICA Leia Mais »

fundação Jose silveira Leia Mais »

JORNALISMO LEVADO A SERIO Leia Mais »

JOÃO GUILHERME MATERIAL DE CONSTRUÇÃO

Leia Mais »

CIDADE JARDIM

Leia Mais »

POÇÕES- CELL Leia Mais »

Governo teme contraofensiva do PCC após chacina no Amazonas

Share Button

Ministro da Justiça pretende acelerar lançamento do Plano Nacional de Segurança

© DR

 O governo federal acionou o Gabinete de Segurança Institucional após a chacina que fez 56 mortos no Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj) em Manaus, na segunda-feira (2).

De acordo com a colunista Vera Magalhães, da rádio Jovem Pan, há receio de que Primeiro Comando da Capital (PCC), que domina cadeias em vários Estados pelo país, organize uma contraofensiva.

A Família do Norte, que domina o presídio onde houve o massacre de criminosos do PCC em Manaus, é uma facção ligada ao Comando Vermelho, do Rio de Janeiro.

Agora, o governo pretende reforçar dispositivos de segurança para detectar com antecedência novos motins pelo país.

Fora isso, o governo pretende acelerar o lançamento do Plano Nacional de Segurança, anunciado em outubro do ano passado pelo Ministro da Justiça, Alexandre de Moraes. Entre as pautas do plano, está “racionalização do sistema penitenciário”, o combate ao trádico de drogas e armas nas fronteiras.