Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Monthly Archives: fevereiro 2017

Elas por Elas promove debates e palestras sobre o empoderamento feminino No mês da mulher, títulos do Grupo Globo se unem para abordar questões de causas femininas, no Rio de Janeiro

Share Button

Resultado de imagem para globoPela primeira vez, as marcas de mídia O Globo, Vogue, Marie Claire, Glamour, Crescer, Galileu e Pequenas Empresas & Grandes Negócios se unem para discutir questões sobre o empoderamento feminino. O evento intitulado Elas por Elas acontece nos próximos dias 31 de março a 1º de abril, no shopping Village Mall, no Rio de Janeiro.

A curadoria dos debates e mesas redondas é de uma equipe de jornalistas reconhecida por atuarem nas causas femininas. Entre elas estão Daniela Falcão, diretora geral EGCN, Silvia Rogar, diretora de redação da Vogue, Marina Caruso, diretora de redação da Marie Claire, Sandra Sanches, diretora executiva Infoglobo, Sandra Boccia, diretora de redação da Pequenas Empresas & Grandes Negócios, Daniela Tafoli, diretora de redação da Crescer e Maria Fernanda Delmas, do Projeto#Conteúdo.

Entre as convidadas, estão autoridades, especialistas, ativistas e empresárias brasileiras, como Carmem Lúcia, ministra do STF, Maria Silvia, presidente do BNDS, Sandra Werneck, diretora de cinema, Jout Jout, youtuber, e Luiza Brunet, empresária e atriz. E ainda são esperadas representantes internacionais, como autoridades da ONU.

Mulher de Victor, da dupla Victor & Leo, presta queixa de agressão contra o cantor em Minas Segundo a polícia, Poliana Chaves, de 29 anos, que está grávida do cantor, foi jogada ao chão e agredida com chutes. Assessoria de Victor disse que ele está em viagem e não conseguiu contato com o cantor.

Share Button
Mulher de Victor acusa o marido de agressão (Foto: Diego Toledano/G1/Arquivo)Mulher de Victor acusa o marido de agressão (Foto: Diego Toledano/G1/Arquivo)

Mulher de Victor acusa o marido de agressão (Foto: Diego Toledano]                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                        A mulher do cantor Victor Chaves Zapalá Pimentel, de 41 anos, da dupla sertaneja Victor & Léo, prestou queixa contra o marido em Belo Horizonte nesta sexta-feira (24). Poliana Bagatini Chaves, de 29 anos, disse ter sido agredida por ele.

Segundo a ocorrência, Poliana, que está grávida, afirmou ter sido jogada ao chão por Victor e ter recebido vários chutes dele. A briga, de acordo com as informações da polícia, começou por motivos fúteis. Os dois moram no bairro Luxemburgo, na região Centro-Sul de Belo Horizonte.

Ela teria sido impedida por um segurança e pela irmã do cantor de sair do local após as agressões.

Ainda segundo a polícia, ela só conseguiu deixar o prédio após uma vizinha ouvir a briga e chamar o elevador para Poliana. Depois de ter saído do prédio, ela disse estar sendo ameaçada pela família do marido.

Poliana prestou queixa na Delegacia Seccional Sul e depois foi encaminhada para a Delegacia de Mulheres da capital. Lá, segundo a Polícia Civil, ela desistiu de prestar depoimento e não fez o exame de corpo de delito. Porém, a investigação continua, de acordo com a corporação.

Procurada, a assessoria do cantor disse que ele está em viagem de férias e que não conseguiu contatá-lo. Victor ainda não se manifestou sobre o caso.

Victor e Leo participam da segunda temporada do programa ‘The Voice Kids’. Os dois formam um time de técnicos na atração. Ivete Sangalo e Carlinhos Brown são os outros dois técnicos.

Mulher de Victor Chaves (à esq), da dupla sertaneja Victor & Léo, disse à polícia que foi agredida pelo marido em BH (Foto: Isabella Pinheiro/Gshow)Mulher de Victor Chaves (à esq), da dupla sertaneja Victor & Léo, disse à polícia que foi agredida pelo marido em BH (Foto: Isabella Pinheiro/Gshow)

Mulher de Victor Chaves (à esq), da dupla sertaneja Victor & Léo, disse à polícia que foi agredida pelo marido em BH (Foto: Isabella Pinheiro/Gshow)

A LEI EXISTE SÓ FALTA SER CUMPRIDA

Share Button

b

Goleiro Bruno consegue habeas corpus e deve sair do presídio Advogado afirma que concessão foi feita pelo ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal, e o alvará foi emitido na noite da última quinta-feira

Share Button

Habeas Corpus goleiro Bruno (Foto: Reprodução)Habeas Corpus goleiro Bruno (Foto: Reprodução)

O goleiro Bruno recebeu um habeas corpus da Justiça e deve deixar o presídio em breve. Uma liminar, deferida pelo ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal, permite que o jogador recorra em liberdade da condenação pelo sequestro, morte e ocultação do cadáver da modelo Eliza Samudio. A informação foi publicada pelo jornal Estado de Minas e confirmada pelo GloboEsporte.com.

– O alvará foi emitido na noite de ontem (23) e já está na Vara de Execuções Penais de Santa Luzia – afirmou Lúcio Adolfo, advogado do atleta ao jornal mineiro.

Segundo seu defensor, o jogador deve deixar a prisão ainda nesta sexta-feira. Porém, a assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça de Minas Gerais disse que não tem como precisar a data da saída do goleiro por causa do trâmite envolvendo o processo. Bruno está na APAC, em Santa Luzia, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, desde outubro de 2015.

Ao G1, Lúcio Adolfo explicou que Bruno está preso apenas pelo processo relacionado à morte de Eliza, já que em 2010 o jogador foi condenado por cárcere privado, lesão corporal e constrangimento ilegal contra a modelo.

Com a divulgação do habeas corpus ao goleiro Bruno, um batalhão de jornalistas já está na porta da Associação de Proteção e Assistência ao Condenado (Apac) de Santa Luzia.

Em entrevista ao GloboEsporte.com em maio de 2016, Bruno afirmou que pretende voltar a jogar e que treinava no presídio. Ele também revelou ter tentado suicídio.

Goleiro Bruno em Santa Luzia (Foto: Bernardo Pombo e Luiz Cláudio Amaral)Goleiro Bruno em Santa Luzia; ele deve sair do presídio nesta sexta-feira (Foto: Bernardo Pombo e Luiz Cláudio Amaral)

Trecho da decisão (ela está completa no fim da matéria)

O pedido da defesa alega que o goleiro é réu primário e que ele possui “condições favoráveis” para que o pedido de habeas corpus fosse aceito. No despacho do STF, o pedido requere o “recolhimento domiciliar com monitoramento eletrônico” e diz que “nada, absolutamente nada, justifica tal fato”, se referindo a Bruno ainda não ter ganho o habeas corpus. Veja abaixo:

“Os impetrantes sustentam o excesso de prazo da constrição cautelar, uma vez transcorridos mais de 3 anos desde o julgamento, sem análise da apelação interposta. Dizem tratar-se de antecipação de pena. Destacam as condições pessoais favoráveis do paciente – primariedade, bons antecedentes, residência fixa e ocupação lícita.

Requerem, em âmbito liminar, a revogação da custódia, com expedição de alvará de soltura. Sucessivamente, buscam a imposição das medidas cautelares versadas no artigo 319 do Código de Processo Penal, especificamente o recolhimento domiciliar com monitoramento eletrônico. No mérito, pretendem a declaração do direito de aguardar em liberdade o trâmite do processo-crime.

(…) 

A esta altura, sem culpa formada, o paciente está preso há 6 anos e 7 meses. Nada, absolutamente nada, justifica tal fato. A complexidade do processo pode conduzir ao atraso na apreciação da apelação, mas jamais à projeção, no tempo, de custódia que se tem com a natureza de provisória.

3. Defiro a liminar pleiteada. Expeçam alvará de soltura a ser cumprido com as cautelas próprias: caso o paciente não se encontre recolhido por motivo diverso da preventiva formalizada no processo nº 079.10.035.624-9, do Juízo do Tribunal do Júri da Comarca de Contagem/MG. Advirtam-no da necessidade de permanecer na residência indicada ao Juízo, atendendo aos chamamentos judiciais, de informar eventual transferência e de adotar a postura que se aguarda do cidadão integrado à sociedade.”

Ao conceder liberdade para o goleiro Bruno, o ministro Marco Aurélio afirmou que o alvará deve ser expedido caso não haja ordem de prisão além da provisória decretada no processo no qual ele foi condenado a 22 anos e três meses. Segundo o advogado de Bruno, ele está preso exclusivamente por conta do caso Elza Samudio.

Condenação
Em 8 de março de 2013, Bruno foi condenado a 22 anos e 3 meses pelo assassinato e ocultação de cadáver de Eliza Samudio e também pelo sequestro e cárcere privado do filho Bruninho. Ele, porém, está preso desde 7 de julho de 2010.

Bruno foi condenado a 17 anos e 6 meses em regime fechado por homicídio triplamente qualificado (por motivo torpe, asfixia e uso de recurso que dificultou a defesa da vítima), a outros 3 anos e 3 meses em regime aberto por sequestro e cárcere privado e ainda a mais 1 ano e 6 meses por ocultação de cadáver. A pena foi aumentada porque o goleiro foi considerado o mandante do crime, e reduzida pela confissão do jogador.

Eliza desapareceu em 2010 e seu corpo nunca foi achado. Ela tinha 25 anos e era mãe do filho recém-nascido do goleiro Bruno, de quem foi amante. Na época, o jogador era titular do Flamengo e não reconhecia a paternidade.

Confira a decisão completa do ministro Marco Aurélio Mello, do STF:

Documento Habeas Corpus goleiro Bruno 1 (Foto: Reprodução)
Documento Habeas Corpus goleiro Bruno 2 (Foto: Reprodução)
Documento Habeas Corpus goleiro Bruno 3 (Foto: Reprodução)
Documento Habeas Corpus goleiro Bruno 4 (Foto: Reprodução)

Gostaria de da um conselho para os vereadores novos muito cuidado o que falam na tribuna além de ser tudo gravado dependendo do que for falado pode acarretar vários problemas o pior deles é a quebra de decoro

Share Button
[poçoes24horas.com.br]

[poçoes24horas.com.br]

Hoje fizeram uma nota pra mim uma palhaçada sobre o vereador careca além que foi o vereador mais votado da cidade não mudou nada é do povo porque não falam de toninho que só sabe fala besteira

Share Button

Resultado de imagem para nota de esclarecimentoEu defendo o coreto foi uma palhaçada uma nota que soltaram hoje nas redes sociais querendo denegri a imagem do vereador careca esses dias teve um que chamou de favelado como ele falou isso para ele é um orgulho ele veio do meio do povo humilde da cidade e foi o vereador mais bem votado se chamado de favelado e muito melhor, do que ser chamado de picareta, ladrão como muitos políticos em nosso pais, eu sempre falei nas minhas matéria se tem um politico encrenqueiro chato, se chama Toninho não falo só no site falo direto para o próprio, pegaram a coitada de leninha por ser inexperiente na seção passada por uma palavra errada que disse em outra seção ficaram quase uma hora crucificando a coitada, agora vem com essa do vereador careca, ele foi eleito pelo povo o mandato e dele não de vereador nenhum ele já falou paga o povo do mês de dezembro que tão tudo esquecido ai que ele vota na hora foi o único que falou um coisa certa

Policias militares entregaram na tarde de ontem dia 23/2/17 para os verdadeiros proprietários o carro recuperado por policiais do 79-cipm na cidade de poções -ba veículo Fiat Siena, placa OUK 7244, roubado em Vitória da Conquista

Share Button

[poçoes24hs.com.br]

[poçoes24hs.com.br]

79ª CIPM-POÇÕES
Veículo recuperado
O veículo Fiat Siena, placa OUK 7244, roubado em Vitória da Conquista no dia 12/01/17, foi recuperado pela guarnição do 1° Pelotão e SoInt.
O veículo estava com placa de São Paulo, referente a um veículo com as mesmas características.

[poçoes24hs.com.br]

[poçoes24hs.com.br]

O carro foi entregue na tarde de ontem dia 23/02/17 Das mãos do Sub Tenente Jairo para o verdadeiros proprietários  Juntamente com os policiais dá Guarnição de serviço

[poçoes24hs.com.br]

[poçoes24hs.com.br]

Parabéns a todos guerreiros do 79-cipm e do comando que sempre estão trabalhando para proteger nossa sociedade, seja com operações feitas constantemente na região para combater o roubo e o tráfico e também blitz e abordagens de rotin

Silas Malafaia é indiciado pela PF por suspeita de lavagem de dinheiro

Share Button

O pastor Silas Malafaia foi indiciado pela Polícia Federal na Operação Timóteo, por suspeita de lavagem de dinheiro. A operação investiga um esquema de corrupção em cobranças judiciais de royalties de exploração mineral. Malafaia teria apoiado a lavagem do dinheiro do esquema fornecendo contas correntes de uma instituição religiosa com a intenção de ocultar a origem ilícita dos valores.

A Polícia Federal deflagrou a Operação Timóteo em 16 de dezembro, com ações em 11 estados e no Distrito Federal. Na ocasião, Malafaia foi  alvo de um mandado de condução coercitiva.

Por meio de seu perfil na rede social Twitter, Malafaia disse, na ocasião, que foi acordado por um telefonema que informava que a corporação havia estado em sua casa. “Estou em São Paulo e vou me apresentar”.

>> Alvo de operação da PF, pastor Malafaia diz que não é bandidoo

Em outra publicação, ele alegou que recebeu um cheque no valor de R$ 100 mil de um amigo também pastor. “Não sei e não conheço o que ele faz. Tanto é que o cheque foi depositado em conta. Por causa disso sou ladrão?”, questionou. “Quer dizer que, se alguém for bandido e me der uma oferta, sem eu saber a origem, sou bandido?”.

O pastor classificou a condução coercitiva como uma tentativa para desmoralizá-lo. “Não poderia ter sido convidado a depor? Vergonhoso”, escreveu. “Será que a Justiça não tem bom senso? Pra saber que eu recebi um cheque de uma pessoa e isso me torna participante de crime? Estou indignado”.

Silas Malafaia é indiciado pela PF por suspeita de lavagem de dinheiro
Silas Malafaia é indiciado pela PF por suspeita de lavagem de dinheiro

Foram realizadas buscas e apreensões em 52 endereços relacionados a uma organização criminosa investigada por esquema de corrupção em cobranças judiciais de royalties da exploração mineral. “Entre uns dos investigados por esse apoio na lavagem do dinheiro está uma liderança religiosa, que recebeu valores do principal escritório de advocacia responsável pelo esquema. A suspeita a ser esclarecida pelos policiais é se esse líder religioso pode ter ‘emprestado’ contas correntes de uma instituição religiosa sob sua influência, com a intenção de ocultar a origem ilícita dos valores”, informou na ocasião a PF.

Além das buscas, 300 policiais cumpriram ainda 29 conduções coercitivas, quatro mandados de prisão preventiva, 12 mandados de prisão temporária, sequestro de três imóveis e bloqueio judicial de valores depositados que podem alcançar R$ 70 milhões. As ações ocorreram na Bahia, no Distrito Federal, em Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais, no Pará, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, em Santa Catarina, Sergipe e no Tocantins.

Marco Antônio Valadares Moreira, responsável pela Diretoria de Procedimentos Arrecadatórios do DNPM, e a esposa foram presos na ocasião.

A ação foi batizada de “Operação Timóteo”, em referência à passagem do livro Timóteo, da Bíblia: “Os que querem ficar ricos caem em tentação, em armadilhas e em muitos desejos descontrolados e nocivos, que levam os homens a mergulharem na ruína e na destruição”.

Secretaria de obras de poções trabalhando

Share Button

b

Aconteceu na manhã desta quinta-feira (23), uma reunião com os representantes das Políticas Públicas para as Mulheres do Território de Vitória da Conquista, na Secretaria Municipal de Assistência Social deste municipio

Share Button

bAconteceu na manhã desta quinta-feira (23), uma reunião com os representantes das Políticas Públicas para as Mulheres do Território de Vitória da Conquista, na Secretaria Municipal de Assistência Social deste município, para a apresentação de propostas e projetos relacionados as mulheres. A Secretaria de Assistência Social tem como uma das metas de governo valorizar a mulher, além de informar e principalmente convocar toda sociedade a participar das discussões voltadas para as questões de Gênero e os amparos legais dos direitos aos atendimentos e acesso aos serviços que protegem as mulheres. Para isso, uma das primeiras atividades da secretária Laís Mascarenhas e equipe nesse início de gestão está sendo a elaboração um estudo para a criação da “Ouvidoria da Mulher” em Poções, que terá como objetivo estabelecer canais de comunicação com a sociedade. Estas iniciativas concretizam a atenção voltada a mulher, conforme o compromisso firmado no Plano de Governo do Prefeito Leandro Mascarenhas. “É um desejo da Secretaria Municipal de Assistência Social realizar ações e mobilizações a respeito das Políticas públicas para as Mulheres nas associações de bairros e comunidade rurais, com o intuito de esclarecer a população sobre tais direitos e proporcionar o empoderamento da mulher na sociedade”, afirmou a secretária Laís Mascarenhas.
Ao final da reunião, foi firmada a parceria com os representantes territoriais para auxiliar a implantação do setor responsável das políticas Públicas para as Mulheres no Município de Poções. DECOM-PMP