Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Daily Archives: 07/08/2017

Polícia elucida morte de mulher em academia de Lauro de Freitas e prende autores

Share Button

A morte de uma mulher ocorrida dentro de uma academia de ginástica no centro de Lauro de Freitas em abril deste ano foi elucidada pela polícia. A responsável pela morte de Jumaria dos Santos Barbosa, 41 anos, foi apresentada à imprensa, nesta segunda-feira (7), no auditório do edifício-sede da Polícia Civil, na Praça da Piedade, região central de Salvador. Segundo a polícia, a dona de casa Fernanda dos Santos Alves, de 37 anos, pagou R$ 500 para matar Jumaria.

Durante a apresentação, o titular da 23ª Delegacia Territorial (DT), de Lauro de Freitas, delegado Joelson Reis, e o delegado Maurício Costa, também daquela unidade, explicaram os detalhes das investigações que levaram à prisão de Fernanda, ocorrida no dia 12 de julho, na cidade de Natal, e a participação de outras cinco pessoas.

Fernanda estava escondida na casa de parentes, no Rio Grande do Norte, e teve o mandado de prisão preventiva cumprido por policiais da 23ª DT, que contaram com o apoio de equipes da Delegacia Especializada de Homicídios (Dehom), daquele estado.

Interrogada pelo delegado Joelson Reis, ela confessou ter encomendado a morte de Jumaria por desconfiar que ela estivesse fazendo “trabalhos de magia negra” para mantê-la afastada do ex-marido, por quem a vítima estaria interessada. Elas se conheceram, no final do ano passado, e acabaram se tornando amigas.

O titular da DT/Lauro de Freitas também mostrou fotografias de Rakmus Varjão Pereira Alves, sua mulher Taís Santos Ferreira, Diego Silva dos Santos e Gilmário Carneiro dos Santos, também envolvidos na morte de Jumaria. Todos eles já possuem mandado de prisão preventiva expedidos pela Justiça.

O delegado exibiu ainda aos jornalistas um vídeo onde um homem identificado pelo apelido de Branco, o autor dos disparos, aparece se dirigindo até a academia e, pouco depois, correndo para fugir do local. Poucos dias antes da morte de Jumaria, todos os envolvidos se encontraram num bar, onde tramaram como fariam a execução.

No dia do crime, Branco foi à academia se passando por alguém interessado em se matricular na academia. Ele se aproveitou que a vítima estava distraída e efetuou quatro disparos. Rakmus e Gilmário foram os responsáveis por contratar Branco e Diego, que tem outros dois mandados de prisão por homicídio em aberto, deram cobertura ao assassino.

Conforme nota da ascom – Polícia Civil.

Matéria relacionada:

PLANTÃO POLICIAL-POÇÕES – TRÁFICO DE DROGAS

Share Button

[poçoes24hs]

Por volta das 16h30min. as guarnições da ROTAM, em rondas pelo Bairro Lagoa Grande, avistaram um indivíduo a bordo de uma motocicleta HONDA / BIZ , identificado por, TAILAN SANTOS NASCIMENTO, vulgo “TATI”, o qual foi flagrado entregando algo para uma outra pessoa, de imediato os policiais procederam com a abordagem e busca pessoal, tendo sido encontrado uma pedra de substância semelhante a CRACK, ao indagar a procedência da referida substância, o mesmo informou que na sua residência havia mais drogas, em seguida as guarnições deslocaram para o local, onde foi localizado mais 26 pedras com as mesmas características, uma importância em dinheiro no valor de R$ 111,00 (cento e onze reais) e um aparelho celular da marca LG modelo G2 e que, pertenciam a um outro traficante conhecido por, JORGE LUÍS FARÍAS BASTOS, vulgo “LULINHA”, 18 anos, residente na Rua 26 de julho, Bairro Lagoa Grande, que foi localizado e ambos conduzidos e apresentados a Delegacia de Polícia em flagrante delito pelo crime de TRÁFICO DE DROGAS.

ACM Neto leva ovada na cabeça e acusa governador Rui Costa de patrocinar ataques

Share Button

O prefeito ACM Neto (DEM) foi atingido na cabeça por ovos atirados por um grupo de oposicionistas durante um protesto na entrada da Câmara Municipal, onde o prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), recebe o título de cidadão soteropolitano na noite desta segunda-feira (7).

Além da equipe de seguranças, o demista foi cercado por guarda-chuvas para conseguir atravessar a Praça Municipal. Completada a travessia, Neto desabafou contra a ação dos opositores e acusou o governador Rui Costa de patrocinar o ataque.

“Quando eles fazem os seus eventos ninguém parte para esse tipo de tentativa de agressão e ofensa física, inclusive. Isso é contra a democracia. Mas também é fruto do desespero, de quem está vendo o poder se esvair. Esse tipo de coisa vai ser dada a resposta ano que vem nas eleições. O governador que é o patrocinador dessa história devia ter cuidado porque a democracia tem que prevalecer e esse tipo de coisa é condenável, lamentável”.

 

Mulher encontra dinheiro e fatura perdidos em ônibus e paga conta

Share Button
Um exemplo de cidadania e honestidade ocorrido em João Pessoa, na Paraíba, viralizou nas redes sociais, no último fim de semana. Na tarde da última quinta-feira (3), a telefonista Silviane Cunha Derika Sawany, de 30 anos, estava em um ônibus indo para a lanchonete onde trabalha quando encontrou uma fatura e R$ 600. O caso ganhou repercussão pela atitude de Silviane, que não só pagou o boleto como publicou o ocorrido em uma rede social para localizar a vendedora Claudineia Santos Lima, de 43 anos.

O objetivo da mulher era devolver o troco, já que a fatura era de R$ 564. O post viralizou na web e, no mesmo dia, o filho de Claudineia entrou em contato com Silviane. “Eu estava sentada do lado onde batia sol e assim que esvaziou eu mudei de lado para ficar na sombra. Logo que sentei, vi a fatura enroscada entre o banco e a lataria do ônibus. Quando abri, vi que o dinheiro estava dentro, coloquei na bolsa e na hora já decidi que pagaria. Só não fui na mesma hora porque chegaria atrasada ao trabalho. Mas no dia seguinte, saí mais cedo de casa para passar no banco antes. Em nenhum momento pensei em ficar com o dinheiro”, conta a telefonista ao Após o pagamento, Silviane publicou fotos do boleto já pago e escreveu: “Achei ontem no ônibus 5100 em mangabeira esses 600 reais com uma fatura, a pessoa q perdeu deve ta desesperada, nessa crise faz muita falta, quem a conhecer pode passar p ela q a fatura está paga, n tem número de telefone, seu nome é claudineia santos lima do funcionários II (sic)”.

Após pagamento, Silviane publicou fotos do boleto e encontrou Claudineia…

Não demorou muito para que a telefonista encontrasse Claudineia. “No dia que eu publiquei o filho dela entrou em contato comigo e me agradeceu. No sábado, nós nos encontramos na minha casa, mas eles não aceitaram o troco de jeito nenhum”, comentou Silviane. A telefonista também disse que não esperava tanta repercussão. Até esta segunda-feira (7), foram mais de mil comentários, 6,5 mil curtidas e quase 9 mil compartilhamentos. “Pra mim, minha atitude foi normal. Só fiz o que é certo.Nunca esperei tanta repercussão”, disse. Já a vendedora contou que colocou a fatura no bolso e não percebeu quando caiu no ônibus. “Quando percebi que tinha perdido só fiquei orando e pedindo a Deus pra que um anjo encontrasse. E foi o que aconteceu”, disse. Claudineia comentou ainda que chegou a passar mal quando o filho contou que a fatura já estava paga. “Fiquei tão feliz e tão agradecida que minha pressão até subiu, tive que tomar remédio”, contou. Além da repercussão, a atitude de Silviane também criou um laço de amizade entre as duas. “Quero ser amiga dela para sempre. Ela é uma pessoa maravilhosa. É de amigos assim que nós precisamos. O mundo precisa de gente assim. Ela foi um anjo, enfrentou até fila pra pagar a conta de alguém que ela nem sabia quem era. E a conta só venceria amanhã, ela pagou adiantado. Nos conhecemos no sábado, mas parece que nos conhecemos há uma eternidade”, concluiu Claudineia. Fonte: Uol.

Mulher encontrada morta em saco foi vítima de asfixia e teve órgãos genitais dilacerados, diz polícia Informação foi divulgada durante coletiva à imprensa nesta segunda-feira (7).

Share Button

Edgar Pereira foi preso em flagrante na BR-101, em Itabuna (Foto: Divulgação / Polícia Civil)Edgar Pereira foi preso em flagrante na BR-101, em Itabuna (Foto: Divulgação / Polícia Civil)Cláudia Santana de Oliveira, de 26 anos, encontrada morta dentro de um saco na casa do companheiro, foi asfixiada e teve os órgãos genitais dilacerados. A informação foi divulgada pela Polícia Civil, durante coletiva à imprensa, em Salvador, na manhã desta segunda-feira (7).

O principal suspeito, o companheiro da vítima, Edgar Pereira Costa, de 46 anos, nega o crime e conta outra versão, segundo a polícia. “Ele alega, quando foi interrogado, que estava bebendo com ela na porta de casa e que, na discussão, houve um empurra-empura. Quando empurrou, ela caiu e acabou caindo de perna aberta. E quando ela caiu com a perna aberta, bateu no meio fio e acabou tendo uma lesão no órgão genital com sangramento”, detalha a delegada Marta Rodrigues Menezes de Aguiar, coordenadora da 1ª Delegacia de Homicídios (DH/Atlântico).

A versão do suspeito, entretanto, é desmentida pela polícia. “A versão dele não é condizente com a verdade. Previamente, a gente conversou com o médico-legista. O médico-legista falou que ela teve uma perfuração no órgão genital. Foi introduzido algum material perfuro-cortante contundente, que ainda não se sabe ainda, que faltam ainda os laudos para a confirmação desse fato. Houve uma dilaceração [dos órgãos genitais]. A causa da morte foi asfixia. Possivelmente, ele deve ter incorrido nessa introdução e, em seguida, ele asfixou ela. A gente só vai poder confirmar isso com laudo”, acrescenta a delegada.

A vítima foi encontrada morta no banheiro da casa, por familiares dela, que suspeitaram do desaparecimento. O casal estava junto há cerca de sete meses e residia no bairro de Itapuã, em Salvador. “Ele é autor de crime de feminicídio, por conta de tudo que ele fez”, atesta a delegada.

O suspeito, que é pedreiro, foi preso no município de Itabuna, no sul do estado. Ele estava fugindo para a casa de familiares, quando foi interceptado por policiais da cidade em ônibus na BR-101. A ação foi realizada após a polícia de Salvador emitir alerta. Na ocasião, Edgar Pereira teria dito que não avisou sobre a morte da vítima porque ficou com medo.

A informação da Polícia Civil é de que o suspeito será encaminhado para o sistema prisional de Salvador ainda nesta segunda-feira. O crime ocorreu entre a noite da quinta-feira (3) e a madrugada desta sexta (4).

Delegadas falam sobre crime em Itapuã (Foto: Henrique Mendes/G1)Delegadas falam sobre crime em Itapuã (Foto: Henrique Mendes/G1)

Delegadas falam sobre crime em Itapuã (Foto: Henrique Mendes/G1)

Hackers alertam para insegurança de urnas eletrônicas; foram invadidas em 2 horas

Share Button
Hackers alertam para insegurança de urnas eletrônicas; foram invadidas em 2 horas

Foto: Ilustrativa

Experimento feito em uma conferência hacker realizada em Las Vegas, nos Estados Unidos, deixou em alerta os países que usam urnas eletrônicas em suas eleições. Isso porque hackers que participaram da ‘Defcon’ conseguiram invadir todos os modelos de urna em menos de duas horas. Foram testadas 30 máquinas, entre elas das empresas Winvote, Diebold (que fabrica as urnas brasileiras), Sequoia e Accuvote. De acordo com o colunista da Folha, Ronaldo Lemos, algumas urnas foram hackeadas sem ter sequer a necessidade de contato físico, usando apenas conexão wi-fi insegura. Outras foram reconfiguradas por meio de portas USB. Também houve casos de aparelho com sistema operacional desatualizado, cheio de buracos, facilmente invadidos. A manipulação da urna digital pode não deixar nenhum tipo de rastro e uma máquina adulterada por funcionar de forma aparentemente normal, inclusive, confirmando na tela os candidatos selecionados pelo eleitor. No pano de fundo, o voto vai para outro candidato, sem nenhum registro de alteração. A decisão de investigar os aparelhos decorre de um contexto em que ciberataques internacionais se tornam cada vez mais comuns nos processos eleitorais das democracias do Ocidente.

Baixo Sul: Mulher furta TV ao esconder aparelho em saia; veja vídeo

Share Button
Baixo Sul: Mulher furta TV ao esconder aparelho em saia; veja vídeo

Foto: Reprodução / YouTube

Câmeras de segurança flagraram uma mulher furtando um aparelho de TV de 29 polegadas em uma loja de eletrodomésticos na cidade Presidente Tancredo Neves, no Baixo Sul baiano. O fato ocorreu na última sexta-feira (4), por volta das 14h27. Conforme a Delegacia Territorial, até o momento a acusada, nem outra comparsa, foram encontradas. Nas imagens, a suspeita, que leva a TV, entra no estabelecimento e vai até o setor onde estavam expostas máquinas de lavar e outros aparelhos, como TVs. Ela deixa um envelope em cima de uma lavadora e vai abrindo as máquinas. Quando percebe que não está sendo notada, a mulher pega rapidamente a TV e a encaixa embaixo da saia, presa às pernas. Sem mostrar nenhuma anormalidade, ela sai da loja normalmente. Ao G1, o dono da loja contou que a mulher que levou o aparelho aparenta ter 40 anos, enquanto que a outra, teria cerca de 60.

 

COE faz mapeamentos aéreos de localidades utilizando drone

Share Button

Nesta semana as equipes visitaram o bairro de Nova Constituinte, próximo a Periperi, no Subúrbio FerroviárioO mapeamento de ruas, casas, estabelecimentos comerciais (mercadinhos, bares, padarias, entre outros) em bairros e localidades com presença do tráfico de drogas começou a ser realizado, esta semana, pela Coordenadoria de Operações Especiais (COE) da Polícia Civil. A utilização do equipamento faz parte da Operação COA (Conhecer, Operar e Aproximar) que visa também a distribuição de panfletos do Disque Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e verificação de locais denunciados como pontos de vendas de entorpecentes.
Sete equipes, com aproximadamente 30 policiais, fazem o levantamento os nomes das ruas, travessas, numeração das casas, registrando os estabelecimentos comerciais e conversando com os moradores. “Estamos dando um grande passo. Trabalhamos com cumprimentos de mandados de prisão e de busca e apreensão e Salvador é uma cidade que cresce desordenadamente. Muitas vezes perdemos tempo rodando procurando um determinado alvo”, explicou o coordenador da COE, André Viana.
O delegado acrescentou que a Operação COA é realizada semanalmente em regiões com presença de organizações criminosas que atuam vendendo drogas e praticando outras modalidades ilícitas. “Com as imagens aéreas passamos a conhecer, com outra perspectiva, os imóveis usados pelos traficantes, as possíveis rotas de fuga, como posicionar as viaturas durante as operações, entre outros importantes detalhes”, concluiu Viana.Nesta semana as equipes visitaram o bairro de Nova Constituinte, próximo a Periperi, no Subúrbio FerroviárioNesta semana as equipes visitaram o bairro de Nova Constituinte, próximo a Periperi, no Subúrbio FerroviárioNesta semana as equipes visitaram o bairro de Nova Constituinte, próximo a Periperi, no Subúrbio Ferroviário

16ª edição do Dancehall Vibez acontece em Vitória da Conquista Com casa itinerante, dessa vez a festa será no Apache Music Club e contará com cinco atrações

Share Button

Por: Acom Pedrada Produções

No próximo sábado (12), acontece em Vitória da Conquista a 16ª edição do baile Dancehall Vibez. Organizado pela Pedrada Produções, produtora especializada em eventos com música periférica, a festa será no Apache Music Club a partir das 22h. As atrações são o grupo local Complexo Ragga e os DJ’s Loro Vudu, Paulinha Chernobyl, Digo Freire e Bag-ô.

Responsáveis por difundir a cultura SoundSystem com hits como “Sensimilla”, “Poder da Palavra” e “Moombah”, o Complexo Ragga é um dos grupos mais conceituados da Bahia e do Brasil, quando o assunto é ragga/dancehall. Desde o lançamento do single “Esse É Meu Ragga”, em 2015, o grupo trabalha em seu primeiro álbum de estúdio.

Digo Freire já é um DJ conhecido da cena noturna Conquistense. Com SET’s frenéticos e uma pista sempre quente, sua musicalidade passa pelos diversos guetos rítmicos do Brasil e do mundo, como o Pagodão e o Trap. Misturando isso aos timbres sintetizados, o DJ promete meter dança na pista com uma seleção do que há de melhor na BASS music.

Selecta do grupo Complexo Ragga, Loro Vudu é um dos DJs mais conceituados da Bahia. Com uma bagagem de grandes festivais, já assinou produções nas Mixtapes Bahia Bass vol. 1, 2 e 3, no vinil The Finds Bahia Bass, entre vários outros hits. Presente nos eventos de diversos segmentos da música eletrônica, também se destaca por sempre revelar novos artistas.

Paulinha Chernobyl começou a discotecar na festa O Putetê, em 2012. De lá para cá criou festas de discotecagens e acumulou várias experiência. Atualmente, a DJ tem se apresentado nos principais eventos conquistenses, como Veraneio e Trance4Friends, com sets que transitam entre o Bahia Bass, Trap Funk, Funk, Tecnobrega, dentre outros.

Bag-ô é envolvido com música desde cedo, iniciou-se na mixagem de vertentes eletrônicas em 2013, passando a se dedicar ao estudo de vertentes noturnas do psytrance. O Dark/Hi Tech com bass lines e graves extremamente dançantes, recheado de variadas espécies de sons e grooves psicodélicos, é característica presente em seus djsets. Atualmente faz parte do Coletivo Torus e atua levando boa música por onde passa.

Os ingressos para o Dancehall Vibez estão sendo vendidos nas lojas Tribus Surf Shop, na Av. Lauro de Freitas ou Rua Francisco Santos, ou na Underground Culture. Todas centro de Vitória da Conquista. As estradas também poderão ser adquiridas na bilheteria do Apache Music Club.

 

Serviço

Evento: Dancehall Vibez #16

Data: 12/08/2017

Local: Apache Music Club | Av. Líbano, 67 – Jd. Guanabara, próx. ao SAMU 192

Horário: 22h

Line up: Complexo Ragga; DJ’s Loro Vudu; Digo Freire; Paulinha Chernobyl e Bag-ô

Valor: R$20 | Lote Promocional (até acabar os impressos)

Ingressos antecipados à venda: Lojas Trubus Surf Shop e Underground Culture

MPF aciona Dnit pela conservação da BR-367 e reconstrução de trecho em Porto Seguro (BA)

Share Button

[poçoes24hs.com.br]

O MPF requer, em tutela de urgência, que em dez dias o departamento sinalize devidamente a rodovia, especialmente sobre o perigo de desmoronamento

O Ministério Público Federal (MPF) em Eunápolis (BA) acionou o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (Dnit) para que conserve a BR-367 em toda extensão da via que possa ser danificada pela força das marés. A ação, autuada em 4 de agosto, requer multa diária de R$ 1.000,00 no caso de descumprimento e aponta que a rodovia já encontra-se parcialmente destruída no trecho da praia de Ponta Grande, em Porto Seguro – 709 km de Salvador.

Em agosto de 2016 o MPF instaurou inquérito para verificar o estado da rodovia a partir de representação recebida no mesmo mês. A partir disto, foi enviado ofício ao Dnit para que informasse as providências adotadas para reconstrução da via pública e sua devida sinalização.

Segundo a ação, de autoria do procurador da República Edson Abdon Peixoto Filho, em outubro passado, o departamento informou que não dispunha de orçamento para reconstrução da via naquele momento e que o trecho não tinha sido contemplado com verbas do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento). Em resposta a outro ofício, seis meses depois, o Dnit afirmou que aguardava, ainda sem sucesso, recursos pedidos na lei orçamentária de 2017 e que havia solicitado a uma empresa contratada a criação de uma terceira faixa, para deslocamento da rodovia no trecho colapsado.

De acordo com a ação, nenhuma das medidas informadas teve efeito prático e o departamento apenas providenciou “sinalização insuficiente para preservação da segurança viária durante o dia, e totalmente inexistente no período noturno, o que compromete ainda mais a situação da rodovia e potencializa a ocorrência de acidentes”. O procurador reforça, ainda, que “o risco é concreto e iminente e a tendência é que a situação se agrave com as chuvas que atingem a região a mais de 20 dias”.

O MPF requer, em tutela de urgência, que o Dnit: em dez dias, sinalize devidamente a rodovia, especialmente sobre o perigo existente com o desmoronamento, utilizando redutores de velocidade, sinalização vertical e horizontal e iluminação adequada; em 60 dias, realize a construção da terceira faixa para isolamento do trecho destruído; em 90 dias, apresente estudo de viabilidade e orçamentário de alternativa para construção da via fora da área de incidência das marés; e em 360 dias, inicie obras de construção de toda BR-367 fora da área de incidência das marés.

O órgão requer, ainda, a condenação do Dnit nas obrigações de fazer conforme o cronograma acima e a imposição de multa diária no importe de R$ 1.000,00 no caso de descumprimento.

Confira a íntegra da ação.

Número para consulta processual na Justiça Federal: 1000082-17.2017.4.01.3310 – Subseção Judiciária de Eunápolis