Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Daily Archives: 09/10/2017

Dois morrem em confronto com a polícia nas proximidades do aeroporto de Salvador Um deles é suspeito de integrar quadrilha que agia na Bahia e em Sergipe. Armas foram apreendidas com os suspeitos.

Share Button

Com os suspeitos foram apreendidas duas armas (Foto: Divulgação/SSP)Com os suspeitos foram apreendidas duas armas (Foto: Divulgação/SSP)Um homem suspeito de integrar uma quadrilha que praticava tráfico de drogas, roubos a bancos e lavagem de dinheiro, simultaneamente na Bahia e em Sergipe, morreu em confronto com policiais militares e civis, na tarde desta segunda-feira (9), no bambuzal localizado na entrada do aeroporto de Salvador, no bairro São Cristóvão.

De acordo com informações da Secretaria da Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), o suspeito identificado como Diego Ferreira Figueredo, o “Açúcar”, havia acabado de desembarcar na cidade, voltando de São Paulo (SP), quando ocorreu o tiroteio. Um homem suspeito de ser comparsa dele, que teria ido buscá-lo no aeroporto, também morreu durante ação.

Conforme a secretaria, a dupla chegou a ser socorrida e foi levada para o Hospital Menandro de Faria, em Lauro de Freitas, na região metropolitana, mas não resistiu aos ferimentos. Com eles, segundo a polícia, foram apreendidas uma espingarda calibre 12 e uma pistola.

Segundo a SSP, Diego Ferreira estava escondido em São Paulo desde agosto, após fugir de uma operação batizada de Balão Mágico, que desarticulou a quadrilha que ele integrava. O grupo praticava tráfico de drogas, roubos a bancos e lavagem de dinheiro na Bahia e em Sergipe.

Quadrilha

Ao todo, 10 pessoas foram presas (Foto: Divulgação/SSP-BA)

Ao todo, 10 pessoas foram presas (Foto: Divulgação/SSP-BA)

Ainda de acordo com a secretaria, um dos líderes da quadrilha que Diego integrava, identificado como Vinicius Barcellar, o “Fofão”, também estava escondido na capital paulista e foi preso. Ele será encaminhado para Salvador na terça-feira (10).

 Ao todo, oito pessoas foram presas na região metropolitana de Salvador, e duas em Aracaju (Foto: Divulgação/SSP-BA)

Ao todo, oito pessoas foram presas na região metropolitana de Salvador, e duas em Aracaju (Foto: Divulgação/SSP-BA)

Motos ‘cinquentinhas’ devem ser emplacadas até o dia 17 de outubro na BA, diz Detran Alerta vale para veículos fabricados antes de 31 de julho de 2015.

Share Button

'Cinquentinhas' devem ser emplacadas na Bahia (Foto: Divulgação/Detran-BA)‘Cinquentinhas’ devem ser emplacadas na Bahia (Foto: Divulgação/Detran-BA)Os proprietários de ciclomotores de 50 cilindradas, conhecidos como “cinquentinhas”, fabricados antes de 31 de julho de 2015, devem emplacar os veículos no Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran-BA) até o próximo dia 17 de outubro. A informação foi divulgada pela órgão nesta segunda-feira (9).

Segundo o órgão, a medida está prevista em lei federal que estabelece o registro obrigatório do ciclomotor junto aos departamentos de trânsito.

Uma resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) regulamentou o serviço e estabeleceu o prazo que termina em nove dias.

As motos vão passar a constar na Base de Índice Nacional (BIN), onde ficam cadastrados os dados de todos os veículos que circulam no país. As “cinquentinhas” fabricadas em outros períodos começaram a ser comercializadas já cadastradas.

Emplacamento

Para emplacar a moto, o proprietário deve se dirigir a uma das unidades do Detran, portando a nota fiscal do veículo, original e cópia autenticada do documento de identificação e CPF.

O primeiro emplacamento custa R$ 207, a placa varia entre R$ 95 e R$ 104, a selagem custa R$ 42,40 e o seguro DPVAT R$ 86,38.

Caso não haja código específico da marca, modelo ou versão, a “cinquentinha” deverá passar por vistoria.

Quem for flagrado pilotando ciclomotor sem o devido emplacamento estará cometendo infração gravíssima, o que pode resultar em sete pontos na carteira, remoção do veículo e multa de R$ 293,47.

Para dirigir motos de 50 cilindradas é preciso ter a Autorização para Conduzir Ciclomotores (ACC) ou habilitação categoria A.

Dois funcionários públicos são afastados por suspeita de facilitar emissão de CNHs na Bahia Detran desconfiou do número de pessoas de outros estados que estavam tirando habilitação em Alcobaça, cidade do sul da Bahia.

Share Button
Dois funcionários públicos são afastados por suspeita de facilitar emissão de CNHs na Bahia (Foto: Divulgação/ Polícia Civil)

Dois funcionários públicos são afastados por suspeita de facilitar emissão de CNHs na Bahia (Foto: Divulgação/ Polícia Civil)

Os cordenadores geral e de habilitação do Retran (Regional de Trânsito), órgão ligado ao Detran-BA, de Alcobaça, no sul da Bahia, foram afastados do cargo. Eles são suspeitos de facilitar emissão de carteiras de habilitação na cidade, segundo informações do Detran-BA. Não há detalhes da data de afastamento, nem há quanto tempo eles fraudavam o processo de emissão de CNHs.

De acordo com o Detran, as pessoas davam entrada no processo com comprovante de endereço falso, faziam os exames e eram aprovadas automaticamente pelos coordenadores. Ainda não há informações se eles recebiam alguma quantia em dinheiro para facilitar o processo. A fraude foi descoberta após o Detran desconfiar do número de pessoas de outros estados que estavam tirando habilitação na cidade, principalmente oriundo do estado de Minas Gerais.

Conforme o órgão, os suspeitos são funcionários da prefeitura e prestavam serviço ao Detran. Segundo a corregedoria do órgão estadual, foi instaurado um processo administrativo disciplinar por parte da prefeitura.

O órgão informou ainda que os documentos feitos durante o período em que eles trabalharam foram bloqueados. A auditoria continua para saber se tem outras pessoas envolvidas no esquema. Após a auditoria, a equipe encaminhará o caso para a polícia.

Em uma semana, TJ-BA dá baixa em mais de 150 mil processos e mais de 77 mil sentenças

Share Button
Em uma semana, TJ-BA dá baixa em mais de 150 mil processos e mais de 77 mil sentençasFoto: Angelino de Jesus

Logo após a divulgação do relatório Justiça em Números, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), ficou evidente a necessidade do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) começar a reagir aos dados apresentados ali e a sentença já cravada há algum tempo: o de pior tribunal do país. O TJ-BA ficou em último lugar no ranking do CNJ, com 83,9% de taxa de congestionamento . A presidente do tribunal, desembargadora Maria do Socorro, diante do quadro, determinou a realização da Semana Estadual de Sentenças e Baixas Processuais, realizada desde a última segunda-feira (2) até sexta-feira (6). Para a juíza assessora da Presidência, Marielza Brandão, o resultado foi acima da expectativa. Em apenas uma semana, foram proferidas 77,7 mil sentenças e dado baixa em 152,9 mil processos. Segundo Marielza, os atos praticados na semana ficavam de lado no dia a dia dos magistrados, por conta de audiências e sentenças, e acabavam não se preocupando em dar baixa nos processos e mandar para o arquivo. “Isso impactava na nossa taxa de congestionamento. No dia a dia, na sua casa, você vai acumulando coisas, aí um dia, você tem que dar uma parada e dar um faxinão”, exemplifica. “Nós paramos uma semana, suspendemos os prazos, deixamos só as audiências, para fazer esse faxinaço. Verificamos que tínhamos muitas coisas que já estavam sentenciadas, arquivadas, que só faltavam mesmo dar uma certidão, dizendo que o processo já tinha sido pago, que o alvará estava pendente, por exemplo,” esclarece. Marielza lembra que, em 2016, o TJ-BA julgou 76% dos casos novos. Já neste ano, foram julgados 124%. “Isso significa dizer que julgamos tudo que entrou neste ano, mais 24% do acervo”, explica. Questionada pelos motivos do tribunal não ter empreendido a referida ação anteriormente, Marielza respondeu que a Corte baiana não dispunha de ferramenta correta para mensurar o problema enfrentado. “Nós não tínhamos o BI [Business Intelligence]. Nós não tínhamos nem noção de como estava nossos problemas. A presidente do TJ adquiriu a ferramenta para monitorar nossos números. Antes, era feito tudo de forma manual. A gente não tinha condições de perceber onde estavam nossos gargalos. Só tínhamos conhecimento através do BI do CNJ, que fazia o tratamento e leitura dos nossos dados. Com esse BI, nós nos antecipamos ao CNJ, já podemos fazer plano de ação para solucionar os gargalos existentes no TJ-BA”, conta. Com o resultado, ela espera que o tribunal figure em posições melhores no ranking do CNJ no próximo ano. “Não sabemos ainda se vamos conseguir sair do último lugar, mas estamos trabalhando para isso”, pontua. Até lá, o tribunal empreenderá mais ações para dar baixas em processos. Ainda neste ano, de 4 a 10 de dezembro, será realizado outro mutirão e, a partir de 2018, serão realizados três eventos parecidos por ano.

Pais são indiciados no DF por tentar matar filho de 2 meses com injeção de insulina

Share Button
Pais são indiciados no DF por tentar matar filho de 2 meses com injeção de insulina

Mãe é suspeita de injetar insulina no bebê | Foto: Reprodução / G1

A Polícia Civil do Distrito Federal indiciou um casal por tentativa de homicídio contra o filho de 2 meses. Segundo informações do G1, investigações apontam que os pais tentaram forçar um quadro de  hiperinsulinismo congênito, uma doença em que o pâncreas produz insulina em grande quantidade. O objetivo seria chamar a atenção para o caso por meio das redes sociais e arrecadar dinheiro com a comoção popular. Dois irmãos do bebê morreram com o mesmo diagnóstico no ano passado. Na época, a família pediu ajuda nas redes sociais. Além disso, uma outra filha do casal também já apresentou o quadro de hiperinsulinismo congênito.  A investigação teve início em junho deste ano, quando o menino de 2 meses foi internado no Hospital Universitário de Brasília (HUB) depois de sofrer uma convulsão e os pais relataram ter outros três filhos com a doença – incluindo os dois que morreram. Os médicos conseguiram reverter o quadro de hiperinsulinismo congênito. Durante o período de internação, imagens de câmeras de segurança do hospital flagraram a mãe do garoto “em movimento que sugere a administração exógena de substância que se acredita tratar de insulina de ação rápida, o que justifica a alteração do quadro de hipoglicemia exposto”. O pai do bebê trabalha há um ano como entregador de uma farmácia e investigadores acreditam que ele seja o responsável por fornecer a insulina. Ainda segundo o G1, uma decisão da Justiça proibiu os pais de terem contato com os filhos. Médicos apontam que depois da separação, as crianças tiveram melhoras o quadro de saúde.

Ilhéus: Policial Militar e filho morrem afogados em praia; família fazia turismo na cidade

Share Button
Ilhéus: Policial Militar e filho morrem afogados em praia; família fazia turismo na cidade

Foto: Reprodução / Brasilheus

De férias em Ilhéus, região Sul da Bahia, um policial militar de 46 anos e seu filho, de 18, morreram afogados nesta segunda-feira (9) na praia de Barramares. O 5º Grupamento de Bombeiros Militar informou que a família de Montes Claros (MG) era turista na cidade. Uma mulher e uma jovem de 15 anos que estariam acompanhando os dois também se envolveram no acidente, mas acabaram sendo resgatadas por banhistas. A adolescente foi atendida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Os corpos do PM e do filho foram levados para perícia no Departamento de Polícia Técnica (DPT).

PC localiza traficantes e apreende 16,7 kg de maconha em Ilhéus

Share Button

Cherly Ferreira Duarte é foragido da delegacia de Barreiras e tinha um mandando de prisão em aberto, em Vitória da ConquistaEquipe da 7ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Coorpin/Ilhéus) realizou, na manhã deste domingo (8), a prisão em flagrante de Cherly Ferreira Duarte e apreendeu um adolescente que transportavam drogas, habilitações falsas e um veículo roubado no bairro Nelson Costa, em Ilhéus.
Os criminosos utilizavam carteiras de habilitação falsas e um veículo Hyundai Santa Fé, placa NKP2169, quando foram surpreendidos pela polícia. Cherly Ferreira Duarte é foragido da delegacia de Barreiras e tem um mandando de prisão em Vitória da Conquista.
Cherly e o adolescente foram apresentados na 7ª Coorpin/Ilhéus com o veículo, uma balança de precisão, dois cadernos com anotações de contabilidade do tráfico, 16,7 kg de maconha, 24 gramas de cocaína e duas habilitações falsificadas.

Polícia Civil apreende 23 kg de maconha com mulher em Feira

Share Button

Edjane Gomes foi presa na rodoviária de Feira de Santana transportando 23 kg de maconhaEquipe do Serviço de Investigação (SI) da 1ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Coorpin) de Feira de Santana com o auxílio da 11ª Coorpin de Barreiras prenderam neste domingo (8), Edjane da Silva Gomes, 35 anos, transportando cerca de 23 kg de maconha. O flagrante ocorreu por volta das 8 horas, na rodoviária do município.
Segundo o titular da 1ª Coorpin/Feira de Santana, delegado Roberto Leal, a criminosa foi encontrada após denúncia anônima enviada para SI da unidade. “A criminosa já tinha passagem pela polícia por tráfico de drogas”, acrescentou.
Edjane da Silva Gomes foi flagrada na rodoviária transportando o material destinado a Feira de Santana. Ainda segundo o delegado, há suspeitas de que a droga tenha sido adquirida em São Paulo. A maconha e a traficante foram encaminhados para a 1ª Coorpin.

Assaltante tem mandado de prisão preventiva cumprido

Share Button

Willian integra uma quadrilha de ladrões de motocicletas e estabelecimentos comerciais investigada pela Coorpin e DT de Santa Maria da VitóriaIntegrante de uma quadrilha de ladrões de motocicletas e estabelecimentos comerciais, Willian da Silva Santos teve o mandado de prisão preventiva cumprido, nesta segunda-feira (9), por equipes da 26ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin) e Delegacia Territorial (DT), ambas de Santa Maria da Vitória.
A prisão de Willian correu durante o desdobramento de uma ação da Polícia Civil que prendeu outros criminosos, na semana passada. O grupo agia em Santa Maria da Vitória e em São Félix do Coribe. Willian permanecerá custodiado na carceragem da DT/Santa Maria, à disposição da Justiça.

Líder do tráfico em Morro de São Paulo é capturado

Share Button

Preso pela equipe da 5ª Coorpin, de Valença, Anderson dos Santos, o ‘Da Penha’, é suspeito de ser o mandante de oito homicídiosApontado como líder do tráfico de drogas em Morro de São Paulo, no município de Cairu, na Costa do Dendê, Anderson Luís dos Santos, o ‘Da Penha’, foi preso, na sexta-feira (6), por investigadores da 5ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), com sede em Valença.
Suspeito de ser o mandante de pelo menos oito homicídios ocorridos naquela região, ‘Da Penha’ foi localizado num imóvel, na localidade do Buraco do Cachorro, em Morro de São Paulo. A ele também é atribuído o controle da venda de drogas na Praia da Gamboa, em Morro.
Com ele, os policiais encontraram R$ 4,5 mil e uma balança de precisão. Da Penha estava com um mandado de prisão em aberto e depois de ser interrogado na 5ª Coorpin/Valença, foi encaminhado ao sistema prisional.