Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Category Archives: Plantão Policial

DTE incinera 180 quilos de drogas em Conquista

Share Button

Mais de meia tonelada de drogas, aprendida em ações da PC, PM e PRF, já foi incinerada nos primeiros três meses de 2017 na cidadeCento e oitenta quilos de drogas foram incinerados, nesta quarta-feira (29), na cidade de Vitória da Conquista. Essa já é a terceira vez, neste ano, que a Justiça autoriza a queima de maconha, crack e cocaína, que são apreendidas na cidade.
Ao todo, mais de meia tonelada de entorpecentes já foi incinerada nos primeiros três meses do ano, segundo o delegado Neuberto Costa, titular da Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes (DTE/Conquista), unidade subordinada ao Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco).
A droga foi incinerada em uma fábrica, situada em local distante de áreas residências, e contou com a presença do titular da DTE/Conquista e de um promotor de Justiça. O material foi apreendido em diversas operações da Polícia Civil, Militar e Rodoviária Federal. Em 2016, foram oito toneladas de drogas queimadas.Mais de meia tonelada de drogas, aprendida em ações da PC, PM e PRF, já foi incinerada nos primeiros três meses de 2017 na cidadeMais de meia tonelada de drogas, aprendida em ações da PC, PM e PRF, já foi incinerada nos primeiros três meses de 2017 na cidade

Ação conjunta prende traficantes que assassinaram ex-comparsa

Share Button

Geovane Araújo Santos, Jacsilene Vieira dos Santos e Breno dos Santos Santana. Uma operação conjunta das polícias Civil e Militar, deflagrada na favela do Cominho, em Ilhéus, na terça-feira (28), para cumprir mandados de prisão e de busca e apreensão, capturou Breno dos Santos Santana, o Neguinho do Cominho, envolvido na morte do traficante Rogério dos Santos Melo, ocorrida no dia 6 de março de 2017. Ele portava uma pistola 380.
A ordem para a execução partiu de Cosme Câmara Oliveira Filho, o Pilão, e sua mulher Jacsilene Vieira dos Santos, a Jaque, que também foi presa. Líder da quadrilha, Cosme já se encontrava no presídio de Itabuna, onde teve o mandado de prisão cumprido. Um integrante da quadrilha, Geovane Araújo Santos, flagrado com um revólver calibre 38, também foi preso na ação.
A polícia ainda procura por Paulo Sérgio Souza de Araújo, conhecido como Carequinha, também envolvido na morte de Rogério. As investigações apontaram que a vítima foi assassinada porque deixou o bando para ingressar numa quadrilha rival.
Outro traficante identificado como Murilo Ribeiro da Silva, que reagiu e atirou ao perceber a chegada dos policiais, foi baleado e ferido na troca de tiros, não resistindo aos ferimentos. Com ele, foram encontrados um revólver calibre 32 e um tablete de maconha.
Breno e Jacsilene, que tinham mandados de prisão em aberto, foram conduzidos ao sistema prisional. Já Geovane, flagrado com a arma, foi encaminhado à audiência de custódia com o juiz. Ele e Breno já estiveram presos por tráfico de drogas.
Participaram da ação equipes da 7ª e 6ª Coordenadorias Regionais de Polícia do Interior (Coorpins), de Ilhéus e Itabuna, 70ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe/Cacaueira), Rondesp/Sul e Companhia Independente de Polícia de Proteção Ambiental (Cippa)Geovane Araújo Santos, Jacsilene Vieira dos Santos e Breno dos Santos Santana.                                                                                                                                                                          .A ordem para a execução partiu de Cosme Câmara Oliveira Filho, o Pilão, que está no presídio de Itabuna

DHPP apresenta dois envolvidos no latrocínio do PM

Share Button

Fabiano Silva da Paixão e Sílvio Manuel Jesus da Hora Dois homens envolvidos no latrocínio do sargento PM Aldo Carvalho Santos, de 46 anos, ocorrido no dia 17 de janeiro, numa farmácia, na Pituba, foram apresentados à imprensa, na tarde desta quarta-feira (29), no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Fabiano Silva da Paixão e Sílvio Manuel Jesus da Hora foram presos por equipes das 13ª e 41ª Companhias Independentes de Polícia Militar.
A dupla foi flagrada no sábado (25), depois de assaltar uma farmácia na Rua Professor Sabino Silva, no Jardim Apipema, na companhia dos comparsas Vinicius Gomes dos Santos e Gleidson Oliveira Santos, que também estão presos. Eles foram perseguidos pelos policiais até a Rua Conselheiro Pedro Luiz, no Rio Vermelho. Houve troca de tiros e o carro utilizado no assalto foi atingido e bateu num poste. Dois revólveres calibre 38 foram apreendidos.
De acordo com o delegado Odair Carneiro, titular da Delegacia de Homicídios Múltiplos (DHM), à frente da Força Tarefa que investiga crimes contra policiais, Vitor Santos da Silva Pires, que também participou do latrocínio, é procurado. “Com a prisão dele concluímos o inquérito. Temos dois envolvidos presos e o Wilter Chagas Santos morreu em confronto com policiais da Força Tarefa no dia seguinte ao crime”, explica Odair.
MACONHA
Numa operação para capturar Vitor, ocorrida na terça-feira (28), no Nordeste de Amaralina, policiais do DHPP e da Coordenação de Operações Especiais (COE) flagraram, com um quilo de maconha, Robson Tiago Santos de Oliveira, de 32 anos, que também foi apresentado à imprensa. Ele foi autuado por tráfico de drogas e seguiu para o sistema prisional.
Além de ter os mandados cumpridos pelo latrocínio, Fabiano e Sílvio vão responder por roubo e tentativa de homicídio, bem como Vinícius e Gleidson. A coletiva de imprensa foi conduzida pelo delegado Odair Carneiro, titular da DHM, e pelos majores PM Adilson e Helberte, integrantes das 41ª e 13ª CIPMs, respectivamente.Fabiano Silva da Paixão e Sílvio Manuel Jesus da Hora Fabiano Silva da Paixão e Sílvio Manuel Jesus da Hora

Pai e filho presos na BA tentaram sacar R$ 28,8 bi em outros estados Suspeitos disseram à polícia que títulos para saque são legítimos. Informações foram divulgadas nesta quarta-feira (29) pela Polícia Civil.

Share Button
Empresários, pai e filho, de 65 e 40 anos, foram presos em Salvador (Foto: Divulgação/Polícia Civil)Empresários, pai e filho, de 65 e 40 anos, foram presos em Salvador (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

O pai e o filho, de 65 e 40 anos, presos em flagrante em Salvador ao tentar abrir uma conta para receber R$ 28,8 bilhões referentes a Títulos do Tesouro Nacional (TTNs), já tinha tentado, sem sucesso, sacar a quantia em outros estados do país, segundo informou a Polícia Civil nesta quarta-feira (29). Conforme a polícia, os suspeitos resolveram fazer mais uma tentativa, desta vez na Bahia, na expectativa de não serem descobertos.

A dupla de empresários, que é de São Paulo, foi flagrada em uma agência do Banco do Brasil na Avenida Manoel Dias, no bairro da Pituba. O gerente da agência desconfiou da quantia a ser recebida e da autenticidade dos documentos apresentados pelos suspeitos e acionou a polícia.

Conforme a Polícia Civil, os suspeitos, Antônio Rodrigues Neto, de 65 anos, e Antônio Rodrigues Filho, 40, já estão com as prisões preventivas decretadas por estelionato pela Justiça. Eles foram presos por uma equipe do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco). A polícia não informou por quais outros estados a dupla passou e tentou sacar o dinheiro.

Outros dois empresários baianos e de São Paulo também estavam no mesmo local com a dupla, mas a polícia ainda não sabe informar se são vítimas ou se fazem parte do grupo criminoso. Os empresários não tiveram nomes divulgados.

Segundo a polícia, em depoimento à delegada Maria Selma, o gerente do banco disse que Antônio Neto e Antônio Filho foram à agência para abrir uma conta corrente para receber o depósito de R$ 28,8 bilhões referentes às TTNs que tinham em mãos.

Como os documentos de propriedade dos títulos que apresentaram eram incompatíveis tanto em relação aos valores, quanto em relação aos modelos normalmente usados nessas transações, o gerente, então, decidiu denunciá-los. A identidade do gerente não foi divulgada pela polícia.

Os dois suspeitos, segundo a polícia, são proprietários da empresa New Ápice Empreendimentos e Participações Ltda, com sede em Alphavile, em Barueri, estado de São Paulo. Eles disseram à delegada, no entanto, que tudo não passava de um grande mal entendido, pois, segundo eles, as TTNs que tinham em mãos são legítimas.

A delegada informou, no entanto, que pesquisou sobre a New Ápice e descobriu que a empresa atua no ramo de desenvolvimento e licenciamento de programas de computadores não customizáveis, e não em corretagem de valores, o que sugeriria alguém que porta títulos no valor de bilhões.

“Apreendemos vários documentos e, entre eles, há a presença de folhas de contratos de outros bancos e boletos também. Vamos investigar a fundo o que eles pretendiam”, disse a delegada.

A delegada ainda informou que iniciou a coleta de depoimentos dos empresários que acompanhavam a dupla para saber qual era o papel deles. “Não os mantive presos porque não foi constatada nenhuma prova contra eles. Mas, com certeza, serão investigados”, destacou Maria Selma.

POLÍCIA FEDERAL DEFLAGRA OPERAÇÃO NA REGIÃO DE IRECÊ.

Share Button

Dois helicópteros da Polícia Federal e um da Polícia Civil de Brasília/DF, aterrissaram na manhã desta terça-feira (28), no estádio de futebol da cidade de João Dourado/BA, na região de Irecê.

Além de cinco viaturas da PF, seis viaturas Companhia Independente de Policiamento Especializado/Semiárido – CIPE/SA e duas do Exército Brasileiro estão dando apoio à operação. Vários policiais federais estão em caminhonetes que circulam na região.

Ao Central Notícia, o vereador Flávio Eres, da cidade de João Dourado, disse que o principal foco da operação é o tráfico de drogas, embora outros crimes poderão ser investigados. Ainda de acordo com Eres, a informação foi transmitida por um comandante da polícia.

A PF tem a função de exercer repressão ao tráfico de entorpecentes, contrabando, desvio de recursos públicos, lavagem de dinheiro, prevenir, investigar e reprimir quaisquer outros crimes.

Na região de Irecê, cerca de 100 homens participam desta ação.

Traficante e homicida é preso no interior da Bahia Crime ocorreu em dezembro de 2016 e a motivação está sendo investigada

Share Button
Lídio Henrique Filho é acusado de matar um homem conhecido pelo apelido de Cisco.Divulgação/ Polícia Civil

Um homem foi preso nesta terça-feira (28), em Jaguaripe, a 240 km da capital baiana, acusado de cometer um homicídio e ter participação no tráfico de drogas.

Lídio Henrique Filho é acusado de matar um homem conhecido pelo apelido de Cisco, ocorrido na localidade de Barreiras do Jacuruna, em Jaguaripe, em dezembro de 2016. A motivação está sendo investigada.

Uma equipe da DT (Delegacia Territorial) de Jaguaripe, com apoio da 4ª Coorpin (Coordenadoria Regional de Polícia do Interior), com sede em Santo Antônio de Jesus, a 190 km de Salvador, cumpriu o mandato de prisão.

Com passagens pela polícia por porte ilegal de arma e por integrar organização criminosa, ele será encaminhado ao sistema prisional.

Polícia cumpre mandado contra estuprador

Share Button

O crime ocorreu em no distrito de Roda Velha, em São Desidério, e teve como vítima uma adolescente de 16 anos

Investigadores da Delegacia Território (DT), de São Desidério, cumpriram, na segunda-feira (27), um mandado de prisão temporária contra Alecsandro Gomes dos Santos, acusado de ter estuprado e roubado uma adolescente de 16 anos.
O crime ocorreu em 2014, no distrito de Roda Velha, depois que Alecsandro, usando uma camisa que encobria o rosto, invadiu a casa da vítima, que estava sozinha, e consumou o ataque, se utilizando de ameaças contra a vida da garota.
O delegado Carlos Ferro, titular da DT/São Desidério, explicou que o crime só foi elucidado agora graças às provas materiais levantadas durante às investigações, as quais levaram Alecsandro a confessar, quando interrogado, que foi o autor do estupro.
Segundo o delegado, a investigação encontrou muitas dificuldades para chegar ao autor, uma vez que, na ocasião do ataque, a vítima não viu o rosto de Alecsandro e nem havia testemunhas que tivessem presenciado o fato. Custodiado na carceragem da DT/São Desidério, o estuprador agora se encontra à disposição da Justiça.

Ladrões são presos em flagrante em Humildes

Share Button

Policiais de Feira de Santana apreenderam ainda arma, munições, drogas e um ciclomotor, de cor pretaInvestigadores da 3ª Delegacia Territorial (DT), de Feira de Santana, prenderam em flagrante, na noite de segunda-feira (27), os assaltantes e traficantes Márcio Barbosa Santos, o Marquinhos, de 19 anos, e Railan Vieira dos Santos, o Rai, 18. A determinação era do delegado Laércio dos Santos, titular da DT/Humildes.
A dupla foi abordada pelos policiais nas imediações de um imóvel que usavam como ponto de venda drogas, na Rua da Rocinha, distrito de Humildes. Quando viu os policiais, Marquinhos jogou por cima de um muro um revólver calibre 38, carregado com seis projéteis. A dupla chegou a fazer menção de fugir, mas foi contida.
No imóvel, os policiais ainda encontraram 13 papelotes de maconha, os quais, segundo os ladrões, seriam para comercializar. A arma, a droga e um ciclomotor, de cor preta, estacionado no local, foram apreendidos. Marquinhos, autuado por porte de arma e tráfico, e Railan, apenas por tráfico, serão encaminhados ao sistema prisional.

Revista em presídio de Jequié apreende drogas e armas

Share Button

Maconha, cocaína, chunchos e celulares foram apreendidos durante ação que, além da Polícia Civil, contou também com a PM e equipes da SEAP

Uma revista realizada pela polícia nas celas do Conjunto Penal de Jequié apreendeu, na sexta-feira (24), 420 gramas e mais 29 trouxinhas de maconha, 140 gramas e 63 papelotes de cocaína, 20 chunchos, 18 aparelhos celulares, 12 carregadores, 17 chips para celular e cinco pen drives.
O responsável pela 9ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), de Jequié, delegado Fabiano Aurich, que coordenou a ação, disse que os presos Anailton Souza dos Santos e Uilton Souza Novais assumiram serem os donos do material apreendido. Eles responderão a inquérito pela posse das armas e das drogas.
A dupla integra a quadrilha liderada pelo traficante Sandro Santos Queiroz, o Real, que também se encontra cumprindo pena no Conjunto Penal de Jequié. Nada foi apreendido na cela dele. Um inquérito para como o material foi parar na carceragem foi aberto.
Além da 9ª Coorpin, equipes da Polícia Militar de Jequié, da Coordenação de Inteligência Prisional (Coordip) e do Grupo Especial de Operação Prisionais (GEOP), que são ligados à Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (SEAP) também participaram da ação.

Homem que estuprou e tentou matar ex-companheira para não pagar pensão alimentícia é preso Vítima foi amarrada, espancada e abandonada em um matagal

Share Button
Luciano bateu na mulher com um pedaço de madeira até ela desmaiarDivulgação/ Polícia Civil

Luciano de Paula Silva, mais conhecido como Luciano Cigano, teve o mandado de prisão preventiva cumprido, no domingo (26). De acordo com a Polícia Civil, ele é acusado de estuprar, agredir e tentar matar a ex-companheira para não pagar pensão alimentícia.

O crime ocorreu em julho de 2016, na cidade de Castro Alves, no recôncavo baiano. Luciano atraiu a mulher para um local afastado, amarrou as mãos dela e a estuprou. Depois, bateu na vítima com um pedaço de madeira até ela desmaiar.

Ainda segundo a polícia, o suspeito arrastou o corpo dela até um matagal, acreditando que estivesse morta, e a abandonou. A vítima conseguiu recobrar a consciência e, mesmo muito machucada, conseguiu se arrastar até a rua.

A mulher conseguiu chegar a casa de um parente, que reside nas imediações de onde o crime aconteceu, e pediu ajuda. Ela foi levada a um hospital e não teve o estado de saúde divulgado.

Segundo a vítima, o homem praticou as ações porque se recusava a pagar o dinheiro que combinado para as despesas com o filho do casal. Luciano já está recolhido na carceragem da DT (Delegacia Territorial) de Castro Alves, à disposição da Justiça