Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Category Archives: Plantão Policial

Dois suspeitos de ataque em Irecê são presos e 9 armas apreendidas Homens foram encontrados no município baiano de São Gabriel. Crime aconteceu na madrugada de segunda-feira (20), no norte do estado.

Share Button
Armas apreendidas com suspeitos de ataque a banco em Irecê, na Bahia (Foto: SSP-BA / Divulgação)Armas apreendidas com suspeitos de ataque a banco em Irecê, foram encontradas em São Gabriel (Foto: SSP-BA / Divulgação)

Dois suspeitos de participar do ataque a banco na cidade de Irecê, norte da Bahia, na segunda-feira (20), foram presos no município baiano de São Gabriel, na quarta-feira (23). A cidade fica a cerca de 39 km do local onde o crime aconteceu.

Conforme a Secretaria da Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), com Flaldemir Martins Lopes, mais conhecido como Duda, e Damião de Souza, foram encontradas nove armas longas e um simulacro de fuzil.

Armas apreendidas com suspeitos de ataque a banco em Irecê, na Bahia (Foto: SSP-BA / Divulgação)Dois homens suspeitos de participara do crime
foram presos com as armas
(Foto: SSP-BA / Divulgação)

Ainda segundo a SSP, as armas serão encaminhadas para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) para confirmar se foram usadas no ataque ao banco de Irecê. A secretaria informou que as armas são uma pistola calibre 765, quatro espingardas calibre 28,16 e 36, três carabinas, um simulacro de fuzil, um rifle calibre 44. Também foram apreendidos com os suspeitos uma luneta e dez cartuchos.

Flaldemir e Damião foram encaminhados para a 14ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Irecê), onde são ouvidos pelo delegado titular Roberto Leal.

Conforme a Secretaria da Segurança Pública, James Cleido Mourato de Matos, que já tem passagem pela polícia por roubo a banco, foi ferido durante a fuga e foi localizado pela polícia em um imóvel da cidade, onde estava aos cuidados de outras 8 pessoas, que também foram encaminhadas à delegacia. Dentre elas, Gildivânia Lucas de Souza, mulher de James, e Tatiana Benício César ficaram detidas acusadas de participação direta no crime. As outras seis pessoas foram ouvidas e liberadas.

A SSP informou que unidades do Batalhão de Operações Policiais Militares (Bope), da Companhia Independente de Policiamento Especializado Semiárido (Cipe/Semiárido), do Departamento de Repressão ao Crime Organizado (Draco) e da 14ª Coorpin participaram da prisão e continuam nas buscas pelos outros suspeitos da quadrilha.

Imagens inéditas, divulgadas na quarta-feira (22), mostram parte da ação dos criminosos durante o ataque a banco em Irecê, na madrugada de segunda-feira. Uma câmera de segurança flagrou o momento em que os bandidos chegam à rua que fica atrás do Banco do Brasil. Uma parte dos criminosos chega ao local a pé, e a outra em um carro. É possível observar que dois suspeitos carregam os explosivos. Eles abriram um buraco na parede do banco e colocaram as bombas. [Veja acima imagens inéditas que mostram o ataque ao banco].

Marcas de tiros em Irecê, bahia (Foto: Reprodução/ TV Bahia)Dezenas de marcas de tiros podem ser vistas em
portão de imóvel na cidade de Irecê
(Foto: Reprodução/ TV Bahia)

Em seguida, o grupo todo sai de carro, mas um dos bandidos fica, acende os explosivos e sai correndo. Segundos depois, a explosão. Logo depois é possível ver que os bandidos voltam com lanternas e entram no banco.

Moradores também registraram o momento que os bandidos disparam diversos tiros durante um ataque a agência. Alguns moradores disseram que foram acordados pelo barulho da explosão do banco e dos tiros.

Logo após o ataque, as pessoas foram para a rua para checar o que aconteceu. As imagens mostram também a chegada de policiais no local. O impacto da explosão na agência foi tão forte que, ao menos, três lojas situadas no entorno da agência também foram danificadas. Em alguns locais, ficaram dezenas de marcas de tiros

Explosivos e fuzis estavam dentro do veículo (Foto: Divulgação / SSP-BA)Explosivos e fuzis estavam dentro do veículo
(Foto: Divulgação / SSP-BA)

Segundo a SSP-BA, um dos veículos utilizados pelos bandidos que participaram do crime foi localizado pela polícia ainda na manhã de segunda-feira. Dentro da caminhonete encontrada havia explosivos, máscaras, carregadores e fuzis.

Segundo informações da SSP, a polícia acredita que a quadrilha é a mesma que, recentemente, teve fuzis apreendidos, e uma roça de maconha queimada, na cidade de Cafarnaum. O grupo teria realizado o ataque para levantar recursos para novo crimes.

Crime
De acordo com o delegado Roberto Leal, titular da Delegacia de Irecê, cerca de 30 homens fortemente armados participaram do ataque. “Uma parte cercou o banco e ruas próximas. Outros grupos foram para a delegacia e batalhão, cercaram também e atiraram para cima. Explodiram a parte lateral do banco, usaram grande quantidade de explosivos”, disse Roberto Leal.

Os criminosos roubaram um veículo na cidade para fugir. Eles ainda incendiaram um outro automóvel em uma estrada de acesso ao município de Canarana, e deixaram “miguelitos” [espécie de cruz formada por pregos] em estradas no entorno da cidade de Irecê, para facilitar a fuga. A polícia faz buscas pelos assaltantes e até as 7h desta segunda-feira, ninguém havia sido preso pelo crime.

Grupo de homens armados explodiu agência, na madrugada desta segunda-feira (Foto: Edivaldo Braga/ Blog Braga)Grupo de homens armados explodiu agência, na madrugada desta segunda-feira (Foto: Edivaldo Braga/ Blog Braga)
Policiais trocaram tiros com criminosos, um deles foi baleado e conseguiu fugir (Foto: Edivaldo Braga/ Blog Braga)Policiais trocaram tiros com criminosos, um deles foi baleado e conseguiu fugir (Foto: Edivaldo Braga/ Blog Braga)
Carro foi incendiado por bandidos em estradas, para facilitar fuga (Foto: Edivaldo Braga/ Blog Braga)Carro foi incendiado por bandidos em estrada, para facilitar fuga (Foto: Edivaldo Braga/ Blog Braga)
Agência foi explodida pela parede lateral, na madrugada desta segunda-feira (Foto: Edivaldo Braga/ Blog Braga)Agência foi explodida pela parede lateral, na madrugada desta segunda-feira (Foto: Edivaldo Braga/ Blog Braga)

Moradores ficaram assustados com tiroteio, na madrugada desta segunda-feira (Foto: Edivaldo Braga/ Blog Braga)Moradores ficaram assustados com tiroteio, na madrugada desta segunda-feira (Foto: Edivaldo Braga/ Blog

DNA comprova que homem estuprou quatro mulheres na Bahia e polícia procura outras vítimas Crimes aconteceram entre 2014 e 2015 em pelo menos três cidades

Share Button
As mulheres que sofreram devem denunciarDivulgação/ Polícia Civil

O desempregado Jorge Silveira da Silva, de 33 anos, é acusado de estuprar quatro mulheres em três diferentes municípios do interior da Bahia. Nesta quarta-feira (22), a Polícia Civil divulgou que os crimes foram comprovados pelo resultado dos laudos de comparação do DNA encontrado nas vítimas.

Ainda de acordo com a polícia, os crimes ocorreram entre 2014 e 2015, na zona rural das cidades de Guajerú, Paramirim e Presidente Jânio Quadros, todas no centro sul da Bahia. Jorge foi preso em maio de 2015, pouco depois de ter feito mais uma vítima.

Na delegacia, as quatro mulheres o reconheceram como autor dos estupros. O coordenador da 20ª Coorpin (Coordenadoria de Polícia do Interior), delegado Leonardo Rabelo, disse que existem ainda informações de que o suspeito passeou por várias cidades do interior do estado a procura de vítimas.

— Esperamos que, se isso ocorreu de fato, essas mulheres se encorajem para denunciá-lo

Duas mulheres são encontradas mortas dentro de casa na Ilha de Itaparica Polícia não informou se as vítimas eram parentes ou tinham um relacionamento

Share Button
Autoria e motivação estão sendo investigadosReprodução/Record TV Itapoan

Duas mulheres foram mortas a tiros dentro da própria casa, em Vera Cruz, na Ilha de Itaparica. De acordo com a Central de Polícia, o crime aconteceu na praia de Barra Grande, próximo ao Condomínio dos Corais.

As vítimas foram identificadas como Glaucia Araújo dos Santos, de 34 anos, e Vandeilsa Nunes de Sousa, 42 anos.  A polícia não informou se as vítimas eram parentes ou tinham algum tipo de relacionamento.

O crime foi registrado na manhã de terça-feira (21), mas tanto a autoria quanto  a motivação ainda estão sob investig

‘Esperando um milagre’, diz mãe de menina sumida há 2 meses na Bahia Gabrielly Gomes Santana, de 7 anos, desapareceu em Feira de Santana. Caso é investigado pela polícia, que não sabe localização da garota

Share Button
Gabrielly Gomes de 7 anos está desaparecida na Bahia (Foto: Reprodução/Facebook)Gabrielly Gomes, de 7 anos, está desaparecida há 21 dias (Foto: Reprodução/Facebook)

A mãe de Gabrielly Gomes Santana, de 7 anos, desaparecida quando brincava na porta de casa, em Feira de Santana, a 100 quilômetros de Salvador, há dois meses sofre com o sumiço da filha, que segue sem explicação. A criança foi vista pela última vez no dia 21 de janeiro, no bairro Gabriela, e o paradeiro da menor é desconhecido.

“[A polícia] disse que não divulga informações para não atrapalhar a investigação. A gente fica na expectativa, que aumenta a cada dia. A gente confia em Deus, esperando um milagre”, apela Jeisa Costa Gomes, que é mãe ainda de outros dois meninos.

Um homem que inicialmente era suspeito do crime chegou a ser preso 11 dias após o sumiço, mas após realização de perícias, a polícia descartou a participação dele, que foi solto. O coordenador da Polícia Civil em Feira de Santana, João Uzzum, responsável pelo caso, disse que não tem informações sobre a localização da garota e continua investigando o desaparecimento.

Familiares e vizinhos de Gabrielly próximo à casa da avó dela quando a menina desapareceu (Foto: Ed Santos/ Acorda Cidade)Menina desapareceu na porta da casa onde
morava com a avó desde os 2 anos
(Foto: Ed Santos/Acorda Cidade)

O sentimento de esperança da mãe de Gabrielly é o mesmo da avó materna da menina, Maria da Glória Costa Gomes, que estava em casa quando a garota sumiu. A avó morava com a menor desde que a criança tinha dois anos, porque a mãe da garota trabalha.

“Nenhuma resposta chegou até hoje. A gente não tem nenhuma explicação de como ela sumiu. A polícia não dá notícia nenhuma para ninguém da família. A gente fica com a esperança de que vão trazer [ela] de volta, mas não dão notícia nenhuma para a gente”, reclama.

Desaparecimento
Logo após o sumiço, Maria havia relatado ao G1 que a neta sempre brincava na porta de casa com as amiguinhas, mas que no dia do sumiço, brincava sozinha. “Eu fiquei de olho nela, mas em um momento fui lavar o banheiro e disse: ‘não saia daí, não vá na casa de ninguém’. Quando saí na porta, não a encontrei e fui na casa das vizinhas que ela costuma brincar. Quando cheguei, as crianças estavam dormindo e, em algumas casas, a família nem estava. Foi aí que vimos que ela tinha desaparecido. Estamos desesperados”, contou a avó.

Ainda segundo a avó da criança, uma testemunha relatou ter visto um carro rondando a região no dia do desaparecimento. De acordo com Maria, assim que a menina sumiu, ela e a mãe da criança foram à delegacia registrar a ocorrência. Os pais de Gabrielly são separados, mas o pai é presente na rotina da criança e a guarda é compartilhada

Menina de 4 meses é encontrada morta dentro de casa em Salvador Informações preliminares apontam que a bebê morreu por asfixia, diz polícia

Share Button
O caso será investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à PessoaReprodução/Record TV Itapoan

Uma criança de quatro meses foi encontrada morta dentro de casa, no bairro de Pirajá, em Salvador, na manhã do último domingo (19). De acordo a Central de Polícia, a menina foi encontrada morta sobre a cama da mãe. Informações preliminares apontam que a bebê morreu por asfixia.

Ainda de acordo com a polícia, a mulher foi presa em flagrante e encaminhada para o DHPP (Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa), onde prestou depoimento. Não há informações se a suspeita ainda permanece custodiada na unidade.

De acordo com a polícia, o pai do bebê teria acionado a polícia após receber uma ligação da mãe da criança com a informação da morte. A vítima tinha lesões no rosto e havia manchas de sangue no lençol da cama. O caso é investigado pelo DHPP.

PMBA-CPE-CAESA INFORMAÇÃO DE ASSALTO A BANCO EM IRECÊ FRUSTRADA

Share Button

[foto eviadas por zap poçoes24hs]

Por volta das 00h30, do dia 20/03/2016, fomos informados que o Banco do Brasil da cidade de Irecê estava sendo assaltado por vários homens fortemente armados. Durante a ação os marginais efetuaram vários disparos de arma de fogo de vários calibres, inclusive .50, se dividindo em vários pontos da cidade. No momento do assalto estavam presentes na cidade duas Guarnições da CAESA, sendo que uma delas estava apresentando um preso na Delegacia, tendo sua saída impedida pelos marginais que efetuavam disparos no sentido da Delegacia, impedindo a saída dos mesmos. A outra Guarnição conseguiu fazer incursão e se aproximar do Banco, ocorrendo uma intensa troca de tiros com os meliantes, onde um deles foi alvejado, o que estava utilizando a arma Calibre .50, deixando pra trás um vasto rastro de sangue, sendo socorrido pelos comparsas que o colocaram no fundo de uma caminhonete S-10. Foram escutadas em torno de 05 fortes explosões. Os veículos utilizados na ação foram uma SW4 BRANCA, UMA HILUX PRATA E UMA S-10 PRATA. Durante a fuga os meliantes seguiram sentido Canarana e América Dourada, onde foram jogados “miguelitos” em vários locais diferentes. 07 Guarnições da CAESA permanece em diligências em busca dos marginais, sob Comando do Major Maltez. Também Recebemos informações que na fulga foi tomada de assalto uma Hilux Branca próximo a cidade de América Dourada. Na ação os bandidos não conseguiram levar o dinheiro do cofre. Qualquer informação  – 074 99974-1106

Ocorrência em Planalto Homicídio madrugada de segunda feira dia 20 março 2017 Horário:01:30

Share Button

[poçoes24hs.com.br]

Nome: José rocha de Almeida ( vulgo) Zé carerinha de 32 anos
Segundo a mãe bateram na porta quando a vítima abriu foi surpreendido por 2 elementos de capacete efetuarem vários tiros vindo a óbito no local

Por volta das 0:30h desta segunda-feira, 20 de março de 2017, um quadrilha fortemente armada deu início ao arrombamento de agências bancárias na cidade de Irecê

Share Button

[fotos enviadas por zap poçoes24hs]

Por volta das 0:30h desta segunda-feira, 20 de março de 2017, um quadrilha fortemente armada deu início ao arrombamento de agências bancárias na cidade de Irecê, no Sertão da Bahia.
Segundo informações, os elementos realizam disparos e explodem as agências do Banco do Brasil e Caixa, localizadas na Praça do Feijão.
Ainda de acordo com informações, os elementos fecharam pistas, inclusive a BA 052, incendiaram veículos e metralharam as bases das polícias. Populares acreditam que ao menos 50 bandidos atuam no ataque as agências bancárias.

[foto eviadas por zap poçoes24hs]

[foto eviadas por zap poçoes24hs]

Plantão policial hoje dia 19/03/17 cidade de planalto furto de um veiculo e uma [motocicleta]

Share Button

Resultado de imagem para furtopor volta das 13:00 hs a guarnição deslocou até a Pça da Matriz, onde segundo o Senhor Marinaldo Lopes dos Santos, residente na Fazenda do Cinzento / Zona Rural de Planalto, informou que havia estacionado sua motocicleta HONDA / CG 125 FAN, cor preta, Placa de Identificação KMT – 9211 / SÃO PAULO, e que ao retornar o referido veículo tinha sido furtado.

Mulher é suspeita de matar namorada de ex-marido a facadas na Bahia Crime ocorreu na cidade de Maracás; suspeita está presa. Ex procurou a polícia para denunciar caso.

Share Button
Mulher invadiu casa e matou a namorada do ex-marido na Bahia (Foto: Divulgação/Polícia Militar)Mulher invadiu casa e matou a namorada do ex-marido em Maracás (Foto: Divulgação/Polícia Militar)

Uma mulher foi presa na noite de sábado (18) em Maracás, no sudoeste do estado, suspeita de matar a namorada do ex-marido a facadas. As informações são das Polícias Civil e Militar da cidade.

Segundo a PM, o homem estava em casa com a namorada quando a ex-mulher chegou no imóvel e logo atacou a vítima com uma faca. A polícia não informou se houve alguma discussão antes do ataque.

Após o ocorrido, o ex-marido da suspeita procurou a PM, que ao chegar no imóvel, constatou a situação e foi em busca da suspeita. A vítima chegou a ser socorrida para o Hospital Álvaro Bezerra, em Maracás, mas não resistiu aos ferimentos.

Não há informações de quanto tempo o casal está separado e nem se tem filhos. A suspeita foi encontrada pela PM no bairro Maracazinho. Segundo a polícia, ela disse que a faca usada no crime havia sido jogada em um terreno baldio, mas os policiais não acharam o objeto.

A Polícia Civil de Maracás disse que a mulher está presa na unidade, mas que o caso foi registrado na Delegacia de Jequié. Não há informações sobre o sepultamento da vítima.