Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Category Archives: Plantão Policial

Bandidos invadem fórum de Camacan no fim de semana e arrombam cofre Segundo a polícia, esta é a segunda vez que o órgão é alvo de bandidos. Cofre estava vazio e bandidos não levaram nada do local.

Share Button
Fórum Camacan (Foto: Divulgação/Fórum Camacan)Fórum Camacan (Foto: Divulgação/Fórum Camacan)

O Fórum Desembargador Antonio Carlos Souto, no município de Camacan, no sul da Bahia, foi invadido e teve o cofre arrombado, durante o último final de semana. O crime foi percebido na manhã desta segunda-feira (16), quando funcionários do órgão chegaram para trabalhar. O cofre estava vazio e nada foi levado pelos criminosos. Esta é a segunda vez que o local é alvo de bandidos.

Cofre do fórum foi arrombado na Bahia (Foto: Divulgação/Fórum Camacan)Cofre do fórum foi arrombado  (Foto: Divulgação/
Fórum Camacan)

O funcionamento do órgão foi suspenso nesta segunda-feira por conta da invasão. Segundo informações da administração do fórum, os serviços serão retomados na terça-feira (17).

As informações foram confirmadas ao G1 pelo delegado Francesco Santana, titular da delegacia da cidade e responsável pelas investigações. Segundo o delegado, na ação deste final de semana, os criminosos serraram a grade que protege o teto do pátio do fórum, para conseguir ter acesso ao interior do imóvel e, além do cofre, arrombaram 9 salas onde funcionam cartórios.

Conforme o delegado, uma perícia foi realizada no local, mas ainda não é possível afirmar em que dia houve o arrombamento, já que o fórum funciona apenas de segunda a sexta-feira, e fica vazio durante o final de semana. O fórum fica em uma região afastada da cidade.

Ainda de acordo com o delegado, a última invasão ocorreu em dezembro de 2015. Na época, os criminosos quebraram uma parede do imóvel para ter acesso ao local. Eles fugiram levando armas que eram guardadas no cofre do órgão. Após as investigações 3 homens foram presos pelo crime, mas as armas não foram recuperadas.

Bandidos cerraram grade para invadir fórum de Camacan, na Bahia (Foto: Divulgação/Fórum Camacan)Bandidos cerraram grade para invadir o fórum  (Foto: Divulgação/Fórum Camacan)

Homem é baleado no aniversário, sofre acidente em ambulância e morre Caso ocorreu na noite do domingo (15), em Xique-Xique, no norte da Bahia. Vítima tinha 42 anos e não resistiu aos ferimentos dos tiros.

Share Button
Ambulância que socorria a vítima sofreu acidente na Bahia (Foto: Central Notícia/ Repórter Luciano Castro )Ambulância que socorria a vítima sofreu acidente na Bahia (Foto: Central Notícia/ Repórter Luciano Castro )

Um homem de 42 anos morreu na noite de domingo (15), depois de ser baleado na própria festa de aniversário, no município de Xique-Xique, norte da Bahia. Antes de morrer, a vítima ainda sofreu um acidente automobilístico, enquanto era transferido em uma ambulância para o Hopital Regional de Irecê, na mesma região do estado.

Segundo o delegado Alex de Souza Rosa, titular da Delegacia de Xique-Xique e responsável pelas investigações, dois homens armados chegaram ao local onde ocorria a festa de aniversário da vítima em uma moto, atiraram nela e fugiram.

Após o crime, o homem foi levado para o Hospital Municipal de Xique-Xique, mas precisou ser transferido por conta da gravidade dos ferimentos. Ao chegar no entroncamento do município de Central, a ambulância que transportava ele foi atingida por um carro, saiu da pista e tombou. O condutor do outro veículo envolvido no acidente fugiu do local.

Ainda conforme o delegado Souza, apesar do susto, a equipe médica e a vítima não sofreram ferimentos com o acidente. Uma outra ambulância foi acionada e seguiu para o hospital em Irecê, mas o homem não resistiu aos ferimentos dos tiros e morreu a caminho da unidade de saúde. O corpo dele foi levado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Irecê, onde foi periciado.

A identidade dos suspeitos que atiraram na vítima e a motivação do crime serão investigadas. O condutor do carro que bateu na ambulância que socorria o homem também não foi identificado ainda.

Operação apreende drogas, celulares e facas no Presídio de Feira

Share Button

Ação deflagrada pela 1ª Coorpin/Feira contou com a participação de 180 policiais da PC, PM e agentes penitenciáriosAção deflagrada pela 1ª Coorpin/Feira contou com a participação de 180 policiais da PC, PM e agentes penitenciáriosDrogas, celulares, cachimbos para consumo de drogas e 32 facas artesanais foram apreendidos, nesta sexta-feira (13), durante uma operação deflagrada pela 1ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), de Feira de Santana, para o cumprimento de um mandado de busca e apreensão, expedido pela Vara de Execuções Penais local, nos 11 pavilhões do Presídio Regional de Feira.
O coordenador da Coorpin de Feira, delegado João Uzzum, informou que a ação foi deflagra com o objetivo de apurar denúncias de que havia drogas e armas no interior do estabelecimento penal que abriga mais de 1800 internos, sendo 82 na ala feminina do prédio. Participaram da ação 180 prepostos, sendo 100 policiais militares, 50 policiais civis e 30 agentes penitenciários.
Durante a revista, autorizada pelo juiz da Vara de Execuções penais, Waldir Viana Ribeiro Júnior, foram encontradas 32 facas artesanais, quatro celulares, 19 cachimbos para crack, tesouras, pedaços de madeira, 17 cadernos com anotações de conta bancária, contatos telefônicos e relação nominal de pessoas (tipo caixa) com valores e comprimidos diversos.
Pendrives, cartões de memória, chips de operadoras, celulares quebrados, isqueiros e baterias de celulares, também foram apreendidos, além de 95 trouxinhas de maconha, 38 pacotes de cocaína e sete pedras de crack. Todo material apreendido será encaminhado para a perícia no Departamento de Polícia Técnica (DPT).
De acordo com o delegado João Uzzum, 57 presos foram flagrados de posse do material apreendido durante a operação, entre eles, 16 internas revistadas por delegadas e policiais militares (Pfem) e agentes femininas, e serão responsabilizados criminalmente em inquérito instaurado pela Polícia Civil e administrativamente pela Vara de Execuções Penais, já que incorreram no cometimento de faltas graves e podem sofrer sanções como a regressão de regime.
“Os presos identificados como possíveis lideranças terão as suas transferências para um presídio de segurança máxima analisadas”, salientou João Uzzum. A ação contou com o apoio da Superintendência de Inteligência (SI) da Secretaria da Segurança Pública (SSP), Departamento de Inteligência da Polícia Civil (DIP), Coordenação de Operações Especiais (COE/PC), Batalhão de Choque e Rondesp da Polícia Militar.Ação deflagrada pela 1ª Coorpin/Feira contou com a participação de 180 policiais da PC, PM e agentes penitenciáriosAção deflagrada pela 1ª Coorpin/Feira contou com a participação de 180 policiais da PC, PM e agentes penitenciáriosAção deflagrada pela 1ª Coorpin/Feira contou com a participação de 180 policiais da PC, PM e agentes penitenciáriosAção deflagrada pela 1ª Coorpin/Feira contou com a participação de 180 policiais da PC, PM e agentes penitenciáriosAção deflagrada pela 1ª Coorpin/Feira contou com a participação de 180 policiais da PC, PM e agentes penitenciários

Cinco detentos do módulo semiaberto fogem do Conjunto Penal de Jequié Fuga aconteceu do módulo semiaberto, em que o preso sai pra trabalhar durante o dia

Share Button
João Paulo Oliveira Lagoas, Matheus de Jesus Pinheiro, Josemar Oliveira de Jesus, Vagno Ferreira Santos e Moabe Souza Guerra estão sendo procurados pela polícia.Divulgação/Sinspeb

Cinco presos fugiram do Conjunto Penal de Jequié durante a noite do último domingo (15). Segundo informações do Sinspeb (Sindicato dos Servidores Penitenciários da Bahia), os fugitivos foram identificados como João Paulo Oliveira Lagoas, Matheus de Jesus Pinheiro, Josemar Oliveira de Jesus, Vagno Ferreira Santos e Moabe Souza Guerra.

Ainda de acordo com a Sinspeb, a fuga aconteceu do módulo semiaberto, em que o preso sai pra trabalhar durante o dia e retorna a noite.

Outas fugas

Durante a madrugada da última sexta-feira (13), aproximadamente 17 presos fugiram da Cadeia Pública de Salvador, que fica localizada dentro do Complexo Lemos de Brito, durante a madrugada desta sexta-feira (13).  Os presos serraram as grades da cela e cortaram os arames das cercas para conseguir escapar.

Também na sexta-feira, mais de 20 presos fugiram da delegacia da 4ª Coorpin (Coordenadoria de Polícia do Interior), em Santo Antônio de Jesus, no recôncavo baiano. Quatro homens conseguiram ser recapturados e ouvidos pela polícia. De acordo com o delegado João Mateus, os presos serraram o cadeado da cela e fugiram pela área da circulação. Em seguida, pularam o muro que dá acesso ao Pátio do DPT (Departamento de Polícia Técnica), anexo ao fundo da delegacia.

Diretores exonerados

Após a fuga da Cadeia Pública de Salvador, dentro do Complexo Lemos de Brito, o governador Rui Costa determinou a exoneração do diretor da cadeia, o capitão da Polícia Militar Pablo Fagner Araújo Carvalho, e do diretor adjunto, Paulo Cesar Gonçalves Sacramento.

Nove escapam de delegacia e presídio na BA; 47 fugiram no estado em 3 dias Duas últimas fugas foram registradas em Jequié e na cidade de Remanso. Presos também escaparam em Salvador e Santo Antônio de Jesus.

Share Button
Presos serraram grades de ventilação e escaparam de delegacia em Remanso (Foto: Divulgação/Polícia Civil)Presos serraram grades de ventilação e escaparam de delegacia em Remanso (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Quatro fugas de delegacias e presídio foram registradas em três dias na Bahia. No total, 47 presos escaparam do sistema prisional no estado. As fugas foram em Salvador (17), Santo Antônio de Jesus (21), no recôncavo, Jequié (5), sudoeste da Bahia, e Remanso (4), na região norte. Além desses casos, em Itamaraju, no sul do estado, presos iniciaram rebelião após um detento passar mal, no sábado (14), mas não houve fuga. Durante o motim, eles fizeram selfies, vídeos e postaram em rede social.

Princípio de rebelião foi registrado na delegacia de Itamaraju (Foto: Danuse Cunha/Itamaraju Notícias)Princípio de rebelião foi registrado na delegacia de
Itamaraju (Foto: Danuse Cunha/Itamaraju Notícias)

As duas últimas fugas ocorreram em Jequié e Remanso. De acordo com a Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização (Seap), cinco internos do Conjunto Penal de Jequié escaparam do módulo 2 na noite de domingo (15).

Segundo a Seap, a fuga foi percebida por um policial militar que fazia a segurança do perímetro. Os internos serraram as grades da cela e usaram duas cordas artesanais, uma para fugir do módulo e outra para ultrapassar o muro que protege a unidade.

A direção do presídio de Jequié registrou ocorrência na delegacia do município e solicitou uma perícia no local, que será feita pelo Departamento de Polícia Técnica. A secretarua ainda informou que vai apurar a fuga. Os nomes dos internos foragidos foram divulgados. São eles: João Paulo de Oliveira Lagos, Josemar Oliveira de Jesus, Matheus de Jesus Pinheiro, Moabe Souza Guerra, e Vagno Ferreira Santos.

Já em Remanso, a fuga ocorreu na madrugada de domingo. Quatro presos serraram as grades e tiveram acesso a área externa após pularem o muro pelas grades de janela de ventilação.

Apesar do carcereiro e um delegado plantonista estarem na delegacia, eles não perceberam a fuga. A capacidade da carceragem é de 42 detentos e abrigava 31. De acordo com a polícia, um dos presos foi recapturado no domingo.

Salvador
Um grupo de 17 detentos serrou as grades de uma cela, e fugiu da Cadeia Pública, localizada no Complexo Penitenciário de Mata Escura, em Salvador, na madrugada da última sexta-feira (13). A fuga dos internos só foi percebida durante a manhã, quando policiais perceberam os danos na cela. Além das grades serradas, o grupo também violou três barreiras fixas antes de deixar a unidade prisional. A ocorrência foi registrada na Delegacia Circunscricional de Polícia.

Presos fugiram de carceragem em Santo Antônio de Jesus, na Bahia (Foto: Carlos José/Site Voz  da Bahia)Presos fugiram de carceragem em Santo Antônio
de Jesus (Foto: Carlos José/Site Voz da Bahia)

Santo Antônio de Jesus
No recôncavo baiano, 21 presos fugiram da carceragem da 4ª Coordenadoria de Polícia Civil do Interior (Coorpin) de Santo Antônio de Jesus, a cerca de 185 quilômetros de Salvador, no Recôncavo da Bahia, na noite de sexta-feira. Apenas seis fugitivos foram recapturados até o último sábado (14).

Segundo a polícia, um grupo de detentos conseguiu quebrar uma barra de ferro de uma das celas. Em seguida, utilizaram a mesma barra para quebrar os cadeados de outras celas e liberar outros detentos. Após isso, a Polícia Militar informou que o grupo utilizou cordas feitas com lençóis para pular o muro da carceragem.

A unidade tem capacidade para comportar apenas seis presos, mas 21 estavam no local e todos fugiram. Um delegado plantonista, um escrivão e dois agentes de polícia estavam na unidade policial, mas não perceberam a fuga, porque os presos escaparam pelos fundos. Na ação, não houve feridos.

Amigas são mortas e bilhete achado em corpo: ‘não quis pagar dinheiro’ Crime ocorreu no município de São Gonçalo dos Campos, na Bahia. Bilhete estava preso ao pé de uma das vítimas; polícia apura crime.

Share Button

Bilhete foi encontrado preso ao pé de uma das mulheres mortas na Bahia (Foto: Site São Gonçalo Agora)Bilhete foi encontrado preso ao pé de uma das mulheres mortas na Bahia (Foto: Site São Gonçalo Agora)Duas mulheres foram encontradas mortas dentro de uma casa no município de São Gonçalo dos Campos, a cerca de 130 quilômetros de Salvador. De acordo com informações da Polícia Militar, as vítimas foram duas amigas, que tinham sido vistas pela última vez em uma festa na cidade.

Ainda não há informações sobre a autoria do crime, mas a polícia encontrou um bilhete preso ao pé de uma das vítimas com um recado que teria sido deixado pelo autor das mortes. No bilhete, está escrito: “A família eu peço desculpa, mas ela não quis pagar o meu dinheiro. Mais tem pra festa!”.

Conforme a PM, os corpos das mulheres foram encontrados na sala da residência, localizada no cruzamento da Avenida Hérlio Cardozo com a Rua Campos Sales, por volta da 7h de domingo (15). As duas tinham marcas de facadas no pesçoco. A arma do crime, segundo a polícia, não foi encontrada.

As vítimas foram identificadas como Evilyn Machado Vasconcelos de Souza, 27 anos, e Daniela Dias Santana, 30 anos. Segundo a polícia, Daniela era quem morava na residência e a amiga estava no imóvel como visitante. A polícia informou que não detectou sinal de arrombamento na casa. A PM não soube informar se Daniela morava sozinha na casa.

A polícia suspeita que o crime tenha ocorrido durante a madrugada do mesmo dia, já que, segundo testemunhas, as vítimas foram vistas na noite do dia anterior participando de um bloco cultural em uma festa da cidade. Ainda não há informações sobre a autoria e a motivação do crime.

Uma unidade do Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Feira de Santana, a 100 quilômetros da capital baiana, foi enviado ao local e fez a remoção dos corpos das vítimas. Não há informações sobre data e local de velório e sepultamento.

Pastor é preso suspeito de simular sequestro e matar esposa em SC

Share Button

A polícia prendeu, nesta sexta-feira (13), um pastor suspeito de simular um sequestro e assassinar a esposa em Pinhalzinho, no Oeste de Santa Catarina. De acordo com as autoridades, o homem teria dado versões contraditórias sobre o suposto sequestro do casal, que teria acontecido no dia 19 de dezembro de 2016, informou o G1.

Pastor é preso suspeito de simular sequestro e matar esposa em SC

A polícia acredita que o pastor teria matado Luciane dos Santos, de 29 anos, por causa de um seguro de vida em que ele era o beneficiário. Ela foi encontrada morta com marcas de facadas no dia 31 de dezembro.

Imagens de câmeras de monitoramento da cidade mostram que o casal não foi rendido pelos assaltantes, o que pode indicar uma simulação de sequestro. O pastor está detido na Cadeia Pública de Maravilha.

Três jovens são assassinados em Itaberaba; dois foram decapitados

Share Button

Por volta das 18h30 deste sábado, 14, três jovens foram sequestrados no bairro Campo do Governo, em Itaberaba. Os homens estavam em um veículo Corsa, de cor branca e placa policial JGL 4724 – Brasília/DF. Na manhã de hoje (15), por volta das 06h10, a polícia foi informada por populares que haviam três corpos no bairro Matadouro.

Três jovens são assassinados em Itaberaba; dois foram decapitados

Ao chegar no local, os policiais constataram a veracidade da denúncia e encontraram dois dos jovens decapitados e um outro jovem, que supostamente tentou fugir dos assassinos, foi morto a tiros. Várias cápsulas de munição de pistola foram encontradas no local.

Peritos do Departamento de Polícia Técnica (DPT) foram até  o local. A Polícia Civil investiga o crime e a crueldade com que foi praticado. Os nomes das vítimas ainda não foram revelados.

Três jovens são assassinados em Itaberaba; dois foram decapitados

Informações do Portal Itaberaba Repórter

Poções: Homem é morto a facadas no bairro Açude

Share Button

Resultado de imagem para HOMICIDIOMais um homicídio foi registrado em Poções. Desta fez o crime aconteceu no bairro Açude, durante a madrugada deste domingo (15). De acordo com a Polícia Militar, um homem foi encontrado caído e esfaqueado na rua 13 de Maio. O mesmo não portava identificação e foi conduzido pela guarnição do PETO para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do município, mas chegando lá foi constatado o óbito. O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Vitória da Conquista. Ainda não se sabe sobre a autoria do crime. A Polícia segue investigando o caso.

Após explosão de muro, presos fogem de penitenciária do Paraná Explosão ocorreu pelo lado de fora, neste domingo (15), segundo o Depen. Polícia Militar (PM) reagiu, e duas pessoas morreram na fuga.

Share Button

Presos da Penitenciária Estadual de Piraquara I (PEP I), na Região Metropolitana de Curitiba, fugiram na madrugada deste domingo (15), após uma explosão que abriu um buraco em um dos muros da unidade. Vinte e oito detentos detentos escaparam – dois foram mortos na fuga.

Inicialmente, o Departamento Penitenciário do Estado do Paraná (Depen) havia informado que 23 presos tinham fugido. Porém, mais tarde, a Secretaria da Segurança Pública e Administração Penitenciária do Paraná (Sesp-PR) informou que 28 detentos fugiram da PEP I.

Armamento apreendido pela polícia na PEP I (Foto: Divulgação / Sesp-PR)Armamento apreendido pela polícia na PEP I (Foto: Divulgação / Sesp-PR)

Um helicóptero da Polícia Militar (PM) sobrevoou a região, e equipes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) abordaram veículos suspeitos no Contorno Leste, na BR-116. Segundo a PRF, houve troca de tiros próximo à rodovia, que chegou a ser bloqueada por 15 minutos por volta das 9h30.

O diretor do Depen, delegado Luiz Alberto Cartaxo Moura, afirmou que presos da Casa de Custódia de Piraquara iniciaram um tumulto, chamando a atenção da PM e dos agentes penitenciários. Enquanto isso, um grupo explodiu um dos muros da penitenciária pelo lado de fora. Neste momento, a polícia reagiu, e houve troca de tiros.

  “Os presos ganharam a galeria através do rompimento de uma das portas, provavelmente, mas ainda não temos essa situação perfeitamente definida, e conseguiram rompendo a parede. Aí já veio a explosão e houve cobertura de forte tiroteio por parte dos externos junto com a Polícia Militar e com o grupo Soe [Serviço de Operações Especiais], que chagava no momento pra atender”, afirmou Cartaxo à GloboNews.

Cartaxo suspeita que a ação tenha sido coordenada. Segundo o Depen, havia 640 presos na penitenciária que é gerida integralmente pelo poder público. Este número, de acordo com Cartaxo, está dentro da capacidade do presídio.

Para o Secretário de Segurança, Wagner Mesquita, a fuga foi uma “ação orquestrada”, com preparação de muitos dias.

Com a explosão, um buraco foi aberto no muro da penitenciária  (Foto: Depen/ Divulgação)Com a explosão, um buraco foi aberto no muro da penitenciária (Foto: Depen/ Divulgação)

Reféns
De acordo com a polícia, quatro suspeitos que participarem da explosão fizeram uma família refém, em Piraquara, próximo ao presídio. A polícia foi ao local e, após negociação, o grupo se entregou.

Dois presos morreram durante a fuga, de acordo com o Depen  (Foto: Roberto Cosme/ RPC Curitiba)Dois presos morreram durante a fuga, de acordo com o Depen (Foto: Roberto Cosme/ RPC Curitiba)

Grupo explodiu um dos muros da Penitenciária Estadual de Piraquara, na Região Metropolitana de Curitiba (Foto: Everson Moreira/ RPC Curitiba)Grupo explodiu um dos muros da Penitenciária Estadual de Piraquara, na Região Metropolitana de Curitiba (Foto: Everson Moreira/ RPC Curitiba)