Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Category Archives: Plantão Policial

Dois homens presos roubando pessoas em ponto de ônibus

Share Button

Armados com uma faca do tipo peixeira, eles foram flagrados por equipe do GERRC, que estava monitorando o localDois homens foram presos, na tarde da sexta-feira (5), assaltando pessoas num ponto de ônibus da Rua Visconde de Itaboraí, em Amaralina. Douglas Pereira Ferreira e Uelder Bispo dos Santos foram flagrados por investigadores do Grupo Especial de Repressão a Roubos em Coletivos (GERRC), que estavam monitorando o local depois de denúncias encaminhadas à unidade policial.
Testemunhas ouvidas no local disseram que a dupla, além de agir em pontos da região, também assalta os ônibus que trafegam por aquela avenida e seus passageiros. Os policiais apreenderam com os ladrões uma faca, do tipo peixeira, e um tablete de maconha. Conduzidos à base do GERRC, na Baixa do Fiscal, Douglas e Uelder foram autuados por roubo e tráfico de drogas e, em seguida, encaminhados para o Núcleo de Flagrante da Justiça.

Preso mandante da morte de traficante em Ilha de Maré

Share Button

Elimárcio Silva ordenou a execução de Tiago dos Santos, depois de ser ameaçado de morte por eleApontado como mandante do homicídio do traficante Tiago Luiz Araújo dos Santos, ocorrido no dia 27 de julho, em Ilha de Maré, Elimárcio de Jesus da Silva, o Marcinho, de 40 anos, foi preso, no sábado (6), durante uma operação da Rondesp/RMS, no bairro de Narandiba, e conduzido ao Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).
Interrogado pelo delegado Sérgio Schlang Júnior, da 3ª Delegacia de Homicídios (DH/BTS), Marcinho confessou ter sido o mentor intelectual da morte de Tiago, executada por outros dois traficantes identificados pelos prenomes de Alisson, filho de Marcinho, e Madson, que estão sendo procurados.
De acordo com Marcinho, ele estaria sendo ameaçado por Tiago, que suspeitava que ele tivesse causado a prisão da mulher de outro traficante, ao repassar informações para a polícia. Marcinho foi apresentado à imprensa, na tarde desta segunda-feira (8), no auditório do DHPP, na Pituba.

Mulher que ateou fogo no cunhado é presa

Share Button

Depois de uma discussão com a vítima, Marlete Peixoto comprou um litro de gasolina, jogou sobre ela e, com fósforos, ateou fogoProcurada pela polícia pelo homicídio do cunhado, que teve o corpo incendiado com gasolina, em abril deste ano, em Feira de Santana, Marlete Santos Peixoto, a Marla, de 31 anos, foi presa, na sexta-feira (5), por uma equipe da Delegacia Territorial (DT) de Iaçu, município distante 281 quilômetros de Salvador, onde ela estava escondida desde o crime.
Marlete teve a prisão preventiva solicitada à Justiça pelo delegado Gustavo Coutinho, titular da Delegacia de Homicídios (DH) de Feira, que investiga o caso. A polícia apurou que no dia 27 de abril, Marlete envolveu-se numa discussão com a vítima, identificada como Antônio Teodoro da Silva e, depois da briga, a mulher foi até um posto de combustíveis próximo e comprou um litro de gasolina.
Na volta para casa, jogou o líquido sobre o corpo do cunhado e ateou fogo com um fósforo. Antônio tentou apagar o incêndio correndo para o chuveiro, mas acabou com 40 por cento do corpo queimado, morrendo quatro dias depois no hospital.
O delegado Marcelo Cavalcanti, titular em exercício da DT/Iaçu, coordenou a ação que resultou no cumprimento do mandado de prisão de Marlete. A criminosa já foi recambiada para Feira de Santana, onde deverá aguardar transferência para o sistema prisional.

Divulgadas fotos de casal que assaltou restaurante no Stiep

Share Button

Luan Bonfim Lima, o Tim Maia, e a comparsa identificada pelo apelido de Minie já têm mandados de prisão e estão sendo procuradosO casal de assaltantes Luan Bonfim Lima, o Tim Maia, e Minie, que assaltaram, no sábado (6), a lanchonete Coxinha do Gago, no bairro do Stiep, já está com mandado de prisão decretado pela Justiça. A informação é da delegada Maria Selma Lima, titular da 16ª Delegacia Territorial (DT/Pituba), que fez a solicitação à Justiça, ainda no domingo (7).
Segundo ela, os dois foram reconhecidos por uma vítima, que havia sido roubado no interior de uma pizzaria no Caminho das Árvores, uma semana antes. Esta vítima recebeu, no próprio sábado (6), pelo aplicativo WhatsApp, imagens dos dois assaltando os clientes e, logo em seguida, foi até a 16ª DT para denunciá-los.
Luan, que recebeu prisão preventiva, e Minie, que ganhou temporária, estão sendo procurados pelos dois assaltos. Imagens da unidade do Stiep mostram o momento em que o casal vai subtraindo celulares, relógios e outros pertencem, assim como tinham feito na pizzaria. A delegada divulgou fotos do casal no intuito de ajudar nas investigações.
As imagens foram registradas pelo sistema de segurança do restaurante no Stiep, que focalizaram os rostos dos dois assaltantes. Qualquer informação sobre Luan e Minie pode ser encaminhada à 16ª DT/Pituba, pelo número 3116-3114, ou pelo Disque Denúncia, (71) 3235-0000.

Briga por dívida de R$ 3 mil causou morte em Mussurunga

Share Button

Valdomiro Filho pagou a quantia para o cunhado matar seu padrasto, mas acabou morto pelo comparsaUm desentendimento sobre a data acertada para o assassinato do padrasto de Valdomiro de Lima Santos Filho, de 21 anos, que teria contratado o cunhado Carlos Henrique Lima Machado, 21, para executar o crime pela quantia de R$ 3 mil, foi a causa da morte de Valdomiro, morto a facadas em sua residência, no bairro de Mussurunga, na noite de sábado (8).
A informação foi revelada hoje (8) pela delegada Mariana Ouais, titular da 1ª Delegacia de Homicídios (DH/Atlântico), que apresentou Carlos Henrique e o irmão dele Alexandre Lima Jordão da Silva, 18, também envolvido na morte de Valdomiro, à imprensa.
Valdomiro pagou ao cunhado a quantia de R$3 mil, no início de junho, para que ele matasse seu padrasto de prenome Jorge. Carlos gastou o dinheiro, mas não cumpriu sua parte no acordo, passando a ser ameaçado por Valdomiro, que exigia a morte de Jorge até esta segunda-feira (8).
No sábado à noite, Carlos ligou para o irmão Alexandre e disse que estava sendo ameaçado pelo cunhado e o convidou para ir a casa da vítima, em Mussurunga. Para ter acesso à casa de Valdomiro, ele alegou que havia acabado de executar o serviço e estava sendo perseguido.
Dentro do imóvel, a dupla aproveitou uma distração da vítima e armou-se com uma faca, conseguida na cozinha da própria casa, e desferiu um golpe no pescoço de Valdomiro. Os três entraram em luta corporal e Valdomiro foi dominado novamente, sendo esfaqueado no peito e no pescoço, morrendo no local.
Carlos Henrique foi ferido na perna durante a luta e procurou atendimento médico no Hospital do Subúrbio (HS), onde foi preso, no domingo (7), alegando ter sido vítima de um assalto. Ele foi reconhecido pelos vizinhos quando deixava a casa da vítima, na noite do crime. Já Alexandre foi preso em casa, em Mirante de Periperi, depois de ser delatado pelo irmão. A dupla seguirá para o sistema prisional.

Idoso morre após acusar homem de oferecer dinheiro para ter relações com sua filha Agressor foi até a casa da vítima e o atingiu com um tiro e diversas facadas

Share Button
Caso ocorreu na localidade de Japú, em IlhéusDivulgação/Prefeitura de Ilhéus

Um idoso morreu após levar um tiro e facadas, no domingo (7). A vítima, Oswaldo Ribeiro da Silva, 71 anos, tinha procurado o autor do crime, João Edson Vieira Batista, para tirar satisfações sobre um roubo. João também foi acusado de oferecer dinheiro para ter relações sexuais com a filha de Oswaldo.

Segundo informações da delegada Andréia Oliveira, que investiga o caso, a vítima e um grupo de amigos procurou João, acusando-o de ter roubado uma saca de cacau, até o homem devolver o produto. Oswaldo teria, então, aproveitado para tirar satisfações sobre o agressor ter oferecido dinheiro para ter relações com sua filha, que tem 18 anos. João teria ficado irritado com o assunto e procurou a vítima, munido de uma espingarda.

A vítima morava no assentamento Fabio Henrique, na localidade de Japú, em Ilhéus, no sul do Estado.  João foi até o local e atingiu Oswaldo com um tiro, mas, como ele não morreu e gritava, o agressor passou a esfaqueá-lo, tentando silenciar a vítima e não chamar atenção dos vizinhos.

Ainda assim, os vizinhos ouviram o tiro e os gritos e tentaram linchar o homem. João fugiu e se trancou em sua residência. Populares chamaram a polícia que, como o homem não abria a porta, teve de arrombar a porta do local e levá-lo preso em flagrante.

Morre PM baleado na frente da namorada quando entregava torta Fabiano Miranda Gomes dos Santos, de 25 anos, faleceu nesta segunda. Jovem chegou a passar por cirurgia, mas não resistiu; crime foi na quinta.

Share Button
Fabiano Miranda foi baleado na noite da última quinta-feira (Foto: Reprodução/Facebook)Fabiano Miranda foi baleado na noite da última quinta-feira (Foto: Reprodução/Facebook)

O policial militar baleado na cabeça e no tórax quando entregava uma torta no bairro de Pernambués, em Salvador, morreu na manhã desta segunda-feira (8), de acordo com informações da assessoria da PM. Fabiano Miranda Gomes dos Santos, de 25 anos, estava internado no Hospital Roberto Santos e chegou a passar por uma cirurgia, mas não resistiu.

O crime contra o soldado ocorreu na última quinta-feira (4), na Rua Thomaz Gonzaga. Na ocasião, ele estava de folga e acompanhado da namorada. Os dois envolvidos na morte do PM fugiram levando a arma dele e abandonaram o veículo usado no crime na localidade conhecida como Baixa do Tubo, no bairro de Brotas.

O soldado era lotado no Batalhão Especializado em Policiamento Turístico (BEPTur). Fabiano dos Santos fazia parte da corporação há dois anos, não era casado e nem tinha filhos. O dia e local do sepultamento ainda não foram divulgados pela família.

A Polícia Militar lamentou a morte do soldado e emitiu nota de pesar na manhã desta segunda-feira. Até a publicação desta reportagem, nenhum suspeito havia sido preso pelo crime.

Acusado de estupro em Conquista é preso ao desembarcar em Salvador

Share Button

Acusado de estupro em Conquista é preso ao desembarcar em Salvador

Homem será encaminhado a presídio de Conquista/Foto: Brumado Notícias
Um homem, de 41 anos, acusado de estupro foi preso quando desembarcava no aeroporto de Salvador. Conforme a Polícia, a prisão havia sido decretada em fevereiro passado em Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia, mas o homem fugiu. O acusado é suspeito de estuprar uma adolescente de 14 anos e abusar sexualmente de uma criança de 7 anos. De acordo com o Correio, ele foi detido quando chegava em Salvador, vindo de Brasília. Na aterrisagem, foi verificado que ele apresentou documentos falsos para viajar. A prisão ocorreu nesta sexta-feira (5). O homem, ainda não identificado, foi encaminhado para o Presídio Nilton Tormes, em Vitória da Conquista.

Mulher é morta com tiro na cabeça no município de Candeias (BA) Segundo populares, o genro da vítima é o autor do crime

Share Button

Candeias-BahiaUma mulher foi assassinada, na noite de sábado (6), no município de Candeias, na região metropolitana de Salvador. Segundo informações da Central de Polícia, Sandra Lopes Bispo, de 35 anos, foi morta com um tiro na cabeça.

Ainda de acordo com a polícia, o crime ocorreu por volta das 20h06, na rua Floriano Peixoto, no bairro Santo Antônio. Populares afirmaram à polícia que o autor do homicídio é o genro da vítima, mas a informação ainda não foi confirmada.

A delegacia de Candeias investiga a autoria e motivação do assassinato.

Adolescente invade casa a procura de desafeto e mata irmã do jovem após não encontrá-lo Menor de 16 anos também seria responsável pela morte de duas irmãs de Camaçari

Share Button
Isabel Silva, de 21 anos, estava em casa quando homens armados invadiram o imóvelReprodução/Record Bahia

O adolescente de 16 anos apreendido suspeito de matar duas adolescentes dentro de casa em Camaçari, na RMS (região metropolitana de Salvador), também teria envolvimento na morte de uma jovem no município.

A delegada Maria Tereza, responsável pelas investigações, informou que Isabel Silva, de 21 anos, estava em casa  quando homens armados invadiram o imóvel. Eles pretendiam matar o irmão da garota, mas não encontraram o alvo e decidiram mataram a jovem.— Ele está sendo apontado como um dos autores do homicídio de Tcheba, que também era outro traficante, e dessa adolescente inocente que ele matou porque não entrou o irmão, que era o alvo dele.

A polícia investiga a ligação que pode existir entre o irmão de Isabel e os criminosos, mas não tem dúvida da inocência da jovem.

Segundo a polícia, o menor tem histórico de crimes violentos. O adolescente também seria responsável por uma tentativa de duplo homicídio contra os ocupantes de um veículo branco. As vítimas sobreviveram ao atentado, mas o veículo estampa as marcas de diversos disparos de arma de fogo.