Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Category Archives: Plantão Policial

Mulher denuncia ter sido espancada e torturada durante três horas pelo namorado Vera Lúcia afirma que foi agredida com socos e pontapés de 17h até quase 20h

Share Button

Do R7 com Record Bahia

Hematomas espalhados pelo corpo e o rosto não deixam dúvidas que Vera foi vítima de violênciaReprodução/Record Bahia

Uma mulher denuncia ter sido espancada pelo namorado durante três horas, em Salvador.

Vera Lúcia, de 37 anos, deixou Canavieiras, no sul da Bahia, com o objetivo de buscar um emprego melhor na capital baiana, para ajudar na criação da filha que ficou com a avó

Em Salvador, ela morou no bairro de Pernambués, onde alugou um quarto e conheceu o namorado que, no início, parecia ser muito prestativo, sempre disposto a ajudá-la. Mas, com o tempo, ela conta que o homem revelou ser muito violento.

— Invadiu minha casa, me pegou, me arrastou do banheiro e me espancou daquele jeito. Toda hora fecho os olhos, eu tô vendo aquele terror, que parecia que não ia acabar mais, vendo a morte nos olhos. A humilhação que eu passei: ele me botar ajoelhada e dizer pra eu implorar pela minha vida. Quando eu implorava, ele metia a mão no meu rosto e batia de novo, me chutava. Eu nua, apanhando nua (sic).
Após ser agredida com socos e pontapés, além de sofrer tortura psicológica, a mulher foi encorajada a prestar queixa na Deam (Delegacia Especializada de Atendimento a Mulher), mas o suspeito continuou em liberdade.

Mas, a decisão não foi bem recebida pelo agressor. Vera revela que foi ameaçada pelo namorado. Segundo ela, o homem teria feito um vídeo de um momento íntimo do casal e prometeu divulgar, caso ela denunciasse a violência.

Vera afirma que ligou para o namorado e pediu a ele que não revelasse o vídeo, mas uma mulher atendeu e o agressor ficou furioso. Ele foi até a residência da vítima e deu início a sessão de tortura de quase três horas.

— De cinco da tarde até quase oito. Quando ele soltou a minha garganta, eu gritei: Jesus me socorra, Jesus! Foi que um menino em cima da laje escutou, que é o menino da vizinha, e falou: Dona Vera, a senhora está gritando Jesus, é o que Dona Vera? Foi aí que ele se assustou, abriu a porta e se mandou. E eu fiquei nua lá no chão.

Os hematomas espalhados pelo corpo e o rosto não deixam dúvidas que Vera foi vítima de violência doméstica. As feridas podem cicatrizar, mas o trauma deixou marcas que não aparecem, mas são difíceis de esquecer.

Com medo, Vera mora, provisoriamente, na casa de uma amiga.  Ela denunciou o caso, mas o ex tem uma vida normal e ela teme que o crime fique impune.

Ciganos são presos na BA; polícia apura relação com morte de gêmeos Prisão foi feita na manhã desta sexta-feira (19), em Simões Filho. Gêmeos foram mortos, no bairro Cosme de Farias, em Salvador.

Share Button
Armas foram apreendidas com ciganos em Simões Filho, na Bahia (Foto: Alan Oliveira/ G1)Armas apreendidas com ciganos em Simões Filho, na Bahia (Foto: Alan Oliveira/ G1)

Cinco ciganos foram presos nesta sexta-feira (19), em Simões Filho, na região metropolitana de Salvador, em uma operação das Polícias Civil e Militar. Eles estavam com armamento pesado, uma alta quantia em dinheiro e bastante munição.

Segundo a polícia, os ciganos presos foram autuados por porte ilegal de armas e será investigado se eles têm participação nas mortes dos gêmeos Silvio Cezar Carvalho Santos e Cezar Silvio Carvalho Santos, de 45 anos. O crime ocorreu na quarta-feira (17), em Salvador, e pode ter sido cometido por vingança ao assassinato de um cigano ocorrido em 2014.

Armas foram apreendidas com ciganos em Simões Filho, na Bahia (Foto: Alan Oliveira/ G1)Armas e munições apreendidas com ciganos
(Foto: Alan Oliveira/ G1)

Conforme a polícia, os cinco homens presos foram conduzidos para a sede do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), onde prestaram depoimento. As armas foram encaminhadas para o Departamento de Polícia Técnica (DPT), onde passarão por perícia que deve apontar se alguma delas foi usada para matar os gêmeos.

Segundo a polícia, os suspeitos fazem parte de um grupo de ciganos que atua na região de Simões Filho como agiotas. Conforme a polícia, os suspeitos têm entre 29 e 62 anos. Com os ciganos, foram apreendidas 12 armas, algumas de uso exclusivamente militar, dentre elas rifles, pistolas, revólveres, escopeta, pistola Glock, além de facões, muita munição e uma lista com o nome de pessoas que teriam dívidas de empréstimo com o grupo.

Ao G1, o advogado do ciganos presos, Abdon Abade, disse que as armas encontradas com os clientes dele são para uso pessoal. Ele informou ainda que os presos têm o hábito de andar com altas quantias em dinheiro porque não confiam em instituições bancárias.

Gêmeos foram mortos na quarta-feira, em Salvador (Foto: Reprodução/TV Bahia)Gêmeos foram mortos na quarta-feira, em Salvador
(Foto: Reprodução/TV Bahia)

Crime
Os gêmeos Silvio Cezar Carvalho Santos e Cezar Silvio Carvalho Santos foram mortos a tiros na localidade conhecida como Baixa do Tubo, em Cosme de Farias, em Salvador, na quarta-feira (17). Eles foram enterrados no Cemitério Municipal de Itapuã, na capital na quinta-feira (18).

Uma das vítimas, Silvio Cezar, que era advogado, tinha um escritório no local onde o crime aconteceu. O irmão dele, Cezar Silvio, era cinegrafista. Conforme as informações iniciais da polícia, dois homens chegaram no local e um deles chamou por Silvio. Quando ele apareceu, foi baleado. A vítima morreu no local.

Ao ouvir os disparos, Cezar tentou dar socorro ao irmão, mas acabou baleado. Ele chegou a ser socorrido por vizinhos para o Hospital Geral do Estado (HGE), mas já chegou à unidade de saúde sem sinais vitais.

Polícia apura vingança
O motivo da morte dos gêmeos pode ter sido vingança. A informação foi divulgada pela delegada Andréa Ribeiro, do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e que está à frente das investigações do caso.

A polícia trabalha com a hipótese do crime ter sido cometido por um grupo de ciganos, com o qual o irmão das vítimas, Jailton Carvalho Santos, teria uma dívida. Por causa dessa dívida, Jailton matou o cigano Jair Ferraz de Almeida, que atuava como agiota, durante uma briga, em 2014. Jailton se entregou à polícia e continua preso. Ele foi condenado a 14 anos de prisão.

A família dos gêmeos informou em depoimento à Polícia Civil que sofreu ameaças desse grupo ligado a Jair Ferraz. Logo após a morte do cigano, outras três pessoas da família dos gêmeos foram mortas. Conforme a polícia, as vítimas foram a ex-mulher, um filho e um sobrinho de Jailton.

Dois ciganos conhecidos como Bira e Gilmar foram apontados por uma testemunha como participantes desses três crimes.

À época, a Secretaria da Segurança Pública (SSP-BA) informou que a ex-mulher de Jailton teria contraído empréstimo de R$ 7 mil com o cigano, valor que em quatro meses subiu para R$ 122 mil. Ainda segundo a SSP-BA, a dívida teria sido o motivo de Jailton ter matado o cigano, em 14 de agosto, em um trecho da rodovia BR-324, no município de Simões Filho.

Ciganos suspeitos de matar gêmeos e familiares são presos em Lauro de Freitas (BA) Polícia teve de arrombar a residência dos suspeitos, onde foram encontradas armas

Share Button
Mãe é acusada de mandar matar o filho, após ele ouvir conversa sobre roubo de bancoReprodução/Record Bahia

A morte do menino Carlos Henrique Maia Moura Santos, de sete anos, encontrado morto em um córrego no município de Camaçari, na região metropolitana de Salvador,  teve mais uma reviravolta. Segundo a delegada Maria Tereza, após prender o executor do crime, José Nilton, ele confessou que a mãe do menino, Alessandra da Silva, foi a mandante do crime

— Na confisão de José Nilton, ele terminou confessando, de livre e espontânea vontade, fato esse gravado. Neste interrogatório, José Nilton afirma que ele matou a criança, Carlos Henrique Moura Maia Santos, a pedido da própria mãe, Alessandra.  Juntando todas as provas que tenho nos autos, eu tenho a certeza que realmente ela mandou matar o próprio filho.

De acordo com as investigações, a mãe do menino, que tinha falado que não vendia mais drogas, continuava no tráfico e, quando Carlos Henrique ia passar o fim de semana na casa de Alessandra, era obrigado, pela mãe e José Nilton, a entregar droga na comunidade.

Em uma das ocasiões em que estava na casa da mãe, o menino ouviu uma conversa entre ela e José Nilton sobre a participação em um roubo a banco. Ao perceber que o filho escutou toda a conversa, Alessandra tramou a morte de Carlos Henrique. Ela ofereceu uma noite de amor a José Nilton para ele matar o menino.

Carlinhos sumiu no dia 7 de janeiro de 2015, quando passava férias como a mãe. Ele brincava com amigos na rua quando desapareceu. Dois dias após o desaparecimento, o menino foi encontrado boiando em um córrego na localidade conhecida como Pinho. O menino apresentava marcas na cabeça e diversos arranhões pelo corpo.

Inicialmente, o padrasto do menino foi preso como principal suspeito do crime, mas depois foi liberado. No dia 10 deste mês, José Nilton foi preso com drogas e autuado em flagrante. Na delegacia, confessou o crime e contou que a mãe era a mandante do homicídio.

Irmão de vereador é esfaqueado dentro de casa durante tentativa de assalto em Ipiaú (BA) Suspeito de cometer o crime ainda não foi identificado

Share Button
O assaltante utilizou uma escada para fugir do localDivulgação/ Giro em Ipiaú

O irmão de Milton Santos, vereador da cidade de Ipiaú, foi esfaqueado dentro da própria casa na madrugada desta quinta-feira (18). O crime aconteceu no bairro Dois de Dezembro, em Ipiaú, cerca de 350 km de distância de Salvador. A vítima foi identificada como Antônio Costa Cruz, de 56 anos, que trabalha como açougueiro na cidade. De acordo com informações da Delegacia de Polícia de Ipiaú, a vítima acordou por volta das 3h e se deparou com um indivíduo dentro de sua casa. Após uma luta corporal, Antônio acabou sendo esfaqueado em pelo menos quatro lugares pelo agressor. O homem foi socorrido para o Hospital Geral de Ipiaú.

Ainda de acordo com a delegacia de polícia local, o açougueiro perdeu muito sangue e será submetido a exames para avaliar se algum órgão foi atingido. A polícia acredita que o suspeito iria roubar objetos de valores da residência quando foi surpreendido por Antônio. O acusado utilizou uma escada de madeira para fugir do local, segundo a polícia. Até o momento, ninguém foi preso.

Procurado no Ceará, homem é preso na Bahia por cerca de 40 policiais em 15 viaturas

Share Button
Há suspeitas de envolvimento dele com assaltos a bancosDivulgação/ Polícia Civil

Um criminoso procurado no estado do Ceará foi capturado, na quarta-feira (17), em solo baiano. Cerca de 40 policiais em 15 viaturas participaram da prisão de Francisco Osivaldo da Silva Sousa, 29 anos, que estava com comparsas em um bar, no bairro Bandeirantes, no município de Barreiras, oeste da Bahia.

Segundo a Polícia Civil, o homem é um dos mais perigosos assaltantes de banco e pistoleiro do nordeste brasileiro. Ele possui diversas passagens pela polícia, sendo 18 por homicídios. Também há passagens pelos crimes de roubo de instituições financeiras, tráfico de drogas, formação de quadrilha, porte ilegal de arma e outros delitos.

Dentro do bar, com uma identidade falsa, Osivaldo estava acompanhado de outros três homens, cujas identidades não foram divulgadas, que também foram presos. Dois deles são baianos e tem passagens pela polícia por roubo, tráfico de drogas e porte ilegal de arma. O terceiro homem é natural do Rio Grande do Norte e a policia baiana ainda procura informações com seu estado de origem.

Osivaldo, de camisa verde, e três homens que estavam com ele foram presosDivulgação/ Polícia Civil

O secretário da Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa, ressaltou que esse trabalho conjunto entre policias de dois estados é um dos fatores para a redução dos roubos a bancos na Bahia em 2016.

— Entre janeiro e o início de agosto desse ano alcançamos a redução de 60,6% desses tipos de crime numa comparação com o mesmo período de 2015. A inteligência policial, aliada a tecnologia e o empenho dos nossos policiais são outros componentes desse ótimo desempenho

Homem é assassinado a tiros na zona rural de Bom Jesus da Serra, a 5 km da cidade

Share Button

assassinado
A violência continua assustandora na região – Na manhã desta quinta-feira (18) um trabalhador rural encontrou o corpo de homem dentro de um mato, na região do Aniceto, zona rural localizada à 5 km de Bom Jesus da Serra. Imediatamente a Polícia Militar da cidade foi informada, se deslocou para o local e isolou a área, a PM informou ao BOM JESUS NOTÍCIAS que um senhor que mora próximo ao local afirmou que ouviu vários disparos de arma de fogo por volta das 4 horas da tarde de ontem (quarta-feira), porém, o mesmo imaginou que fosse descarga de moto e não desconfiou que seria um assassinato.
viatura
A PM informou que a vítima trata-se de um cidadão de Poções, que segundo informações se encontra desaparecido desde a tarde de ontem. A PM está no local aguardando a Polícia Técnica para realizar o levantamento cadavérico e remover o corpo para o IML de Vitória da Conquista. *Fotos: BOM JESUS NOTÍCIAS.

Mais um homicídio elucidado em Feira de Santana

Share Button

Vini alegou que atirou na vítima por engano, achando que ela fosse uma das pessoas que o ameaçam de morteA Delegacia de Homicídios (DH), de Feira de Santana, já solicitou à Justiça a prisão preventiva de Marcos Vinicius Vitória Ramos, o Vini, réu confesso da morte de Pedro Henrique Santos de Jesus, de 24 anos, ocorrida no sábado (13), quando fez cinco disparos contra a vítima.
Vini compareceu à unidade policial, acompanhado de um advogado, na terça-feira (16), depois de ficar sabendo que estava sendo procurado pela polícia, que, por meio das investigações, já havia elucidado o crime, chegando até ele como autor do crime.
Segundo estas investigações, Pedro caminhava, no sábado, na companhia de um primo, em Feira, quando dois homens se aproximaram numa motocicleta, de cor preta, e um deles fez os disparos. O primo nada sofreu, pois percebeu a chegada dos criminosos e correu.
Segundo o delegado Gustavo Coutinho, titular da DH/Feira, Vini alegou ter atirado em Pedro por engano, uma vez que confundiu os dois rapazes caminhando com uma dupla que ele julga estar perseguindo-o, para matá-lo. Ele também não soube dizer quem seriam estas pessoas.
O delegado lembrou que o criminoso já havia sido preso no início do ano como suspeito de ter cometido dois homicídios. Na ocasião, ele portava uma pistola ponto 40. Dois dias depois foi liberado no Presídio de Feira, para onde havia sido encaminhado.

Comparsas de homem que prostituía mulheres são procurados

Share Button

Os criminosos utilizam-se de anúncios falsos de emprego, divulgados em sites de classificados, para atrair as vítimasIntegrante de uma quadrilha que alicia mulheres para a prostituição com falsa proposta de emprego, Dario Andrade Salomão, de 27 anos, teve mandado de prisão temporária cumprido, na segunda-feira (15), em sua residência, no município de Camaçari, por investigadores da 16ª Delegacia Territorial (DT), da Pituba.
Salomão começou a ser investigado há um mês, quando uma mulher de 19 anos compareceu à DT/Pituba e o denunciou juntamente com toda a família dela. Ela decidiu registrar queixa porque começou a ser ameaçada e chantageada por ele desde o momento em que comunicou que não faria mais os programas sexuais que agendava para ela.
Segundo a mulher, Salomão estava exigindo a quantia de R$ 8 mil para não divulgar na internet fotos e vídeos comprometedores dela feitos com um celular. O aparelho que contém as imagens foi apreendido e será periciado no Departamento de Polícia Técnica (DPT).

OUTROS ENVOLVIDOS

A delegada Maria Selma, titular da DT/Pituba, disse, durante coletiva de imprensa, na manhã desta terça-feira (16), que no celular de Dario foram encontrados outros vídeos e fotos de, pelo menos, 30 mulheres diferentes, que podem ter sido vítimas do mesmo golpe. A polícia procura por outros envolvidos no esquema.
Em seu depoimento, a vítima declarou que conheceu Dario, em junho deste ano, quando respondeu ao anúncio de emprego visto num site de classificados. A falsa vaga era para trabalhar como vendedora numa loja localizada num shopping center, no bairro do Itaigara.
Ela relatou que foi convidada a ir até casa de Dario para uma entrevista, mas no local acabou sendo estuprada e agredida por ele, passando a fazer os programas sempre sob muitas ameaças de agressões. Dario será encaminhado ao sistema prisional.

Homem tenta fugir da polícia, cai da moto e acaba preso na Bahia Condutor já tinha passagens pela polícia e dirigia uma motocicleta sem placa

Share Button
O chassi do veículo foi pintado para dificultar a identificaçãoDivulgação / 77ª CIPM

Um homem de 24 anos, cuja identidade não foi divulgada, foi preso em flagrante na segunda-feira (8), no município de Vitória da Conquista, localizado a 509 km de Salvador. Ele estava em uma motocicleta com irregularidades e tentou fugir com o veículo, mas sofreu um acidente e foi preso.

A guarnição da 77ª CIPM (Companhia Independente de Polícia Militar) fazia rondas pelo bairro Morada dos Pássaros, quando avistou o veículo. O homem estava dirigindo uma motocicleta Honda XRE sem placa e com chassi pintado. Segundo a polícia, foi dada a ordem de abordagem, mas o condutor não obedeceu e fugiu. Alguns quarteirões depois, caiu da moto e foi preso.

Ao chegar na delegacia, foi descoberto que o acusado já havia sido preso por homicídio. Tanto o homem quanto a motocicleta foram conduzido ao Disep (Distrito Integrado de Segurança Pública) da cidade.

Homem acusado de matar adolescente de 17 anos é preso em Feira de Santana (BA) Yure confessou ter cometido o crime na companhia irmão, que é procurado pela DH/Feira

Share Button
Yure informou que matou o adolescente porque tinha uma rixa antiga com a vítimaDivulgação/Polícia Civil

Na última terça-feira (16), um homem acusado de assassinar o adolescente Gideon Ferreira Santos, de 17 anos, foi preso por investigadores da DH (Delegacia de Homicídios), de Feira de Santana, em sua residência, no bairro George Américo, também em feira.

O autor do crime foi identificado como Yure Jesus Lima.  O crime ocorreu no ano passado, durante as festividades pela passagem do feriado de Dois de Julho na cidade. Familiares da vítima assistiram o crime.

Yure disse ao delegado Gustavo Coutinho, titular da DH/Feira, que juntamente com o irmão Murilo Santos Lima, executou o adolescente porque tinha uma rixa antiga com ele. Murilo está sendo procurado.