Foto: Divulgação

A reconstrução da BA 262, entre os municípios de Poções e Nova Canaã, é uma das prioridades do Governo Rui Costa, assegurou o secretário estadual de Infraestrutura, Marcus Cavalcante, aos deputados Waldenor Pereira (federal) e Zé Raimundo (estadual), em reunião realizada na última segunda-feira (11), com a participação do prefeito e vice de Poções, Otto Magalhães e João Bonfim, respectivamente, e assessores. “Esta é uma das cinco prioridades nossas, entre as estradas em estado mais crítico”, afirmou o secretário sobre a obra na BA 262 que será realizada com recursos do estado, depois de ouvir a cobrança dos deputados e lideranças de Poções, que reforçaram a urgência da reconstrução da rodovia que tem sido alvo de duras críticas e manifestação da população dos municípios envolvidos e dos transeuntes, mas especialmente dos produtores da região.

A obra nessa estrada é uma antiga reivindicação defendida por Waldenor e Zé Raimundo e Waldenor, que em 2013 solicitaram a sua recuperação em atenção aos manifestantes que fecharam a BA-262, em protesto contra as precárias condições do trecho da rodovia.Foi quando o diretor do Derba, Saulo Pontes, autorizou uma operação tapa-buracos emergencial. Além disso, solicitou a inclusão do trecho no plano de recuperações de estradas que está em curso na Bahia.

O trecho mais crítico da rodovia estadual, entre Poções e o Ponto do Astério, passando pelos municípios de Nova Canaã, Iguaí, Ibicuí e Firmino Alves (distritos de Itaiá e Ponto do Astério) está repleta de buracos, que têm causado acidentes e sérios prejuízos aos motoristas e também à economia regional. Por ela transitam caminhões de carga pesada, sobretudo transportando equipamento para energia eólica no município de Caetité, agravando o estado de deterioração, portanto necessitando de urgente reconstrução, como defenderam os parlamentares e as lideranças de Poções, com o imediato reconhecimento do secretário Marcus Cavalcante.

O vice-prefeito, João Bonfim, inclusive propôs que antes mesmo da obra de reconstrução do asfalto sejam implantados mecanismos de segurança ao longo da estrada, como a colocação de defensas nos trechos mais perigosos, como os nas margens da barragem de Morrinhos, onde tem acontecido acidentes frequentes. Informação Assessoria do deputados Waldenor Pereira.