Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Category Archives: Política

Ontem percebi um desconforto e foi geral entre todos os vereadores um vereador quando pegar um microfone pra fala com a população cuidado com as palavras uma palavra falada errada atingi a todos

Share Button

[POÇOES24HS]

[POÇOES24HS]

Sendo oposição ou situação todos merecem respeito pelo que eu vi essa pessoa pensa que só tem ela e os demais 12 por enquanto é uma dica vi que os dois lados não gostaram nada das inverdades que foi dita se ainda não sabe se pronuncia leva uma colinha não é vergonha nenhuma

Ontem o clima ficou quente na câmara de vereadores os vereadores da opozição leordino ,toninho, laldelino , Edson meira e careca não aprovaram a contratação porque não explicava quantos cargos iam ser em cada secretaria e por não informa os critérios que serão usados na seletiva

Share Button

[FOTOPOÇOES24HS]

[FOTOPOÇOES24HS]

Segundo o vereador Toninho se aprovasse o que estava lá prejudicaria muita gente em primeiro lugar não explicava as quantidades de vagas e também não explicava os critérios que seriam usados na seletiva porque a seletiva tem que ser transparente para dar chance a todos e teve várias divergências os vereadores vão se reunir com o prefeito Leo para resolver essas questões para serem reparadas se for na próxima seção será aprovado a seletiva

[FOTOPOÇOES24HS]

[FOTOPOÇOES24HS]

[FOTOPOÇOES24HS]

[FOTOPOÇOES24HS]

[FOTOPOÇOES24HS]

[FOTOPOÇOES24HS]

[FOTOPOÇOES24HS]

[FOTOPOÇOES24HS]

[FOTOPOÇOES24HS]

[FOTOPOÇOES24HS]

[FOTOPOÇOES24HS]

[FOTOPOÇOES24HS]

Na seção de ontem na camara de vereadores o clima ficou um pouco tenso queria parabenizar o presidente DAVI SOARES que soube conduzir os trabalhos

Share Button
[FOTOPOÇOES24HS]

[FOTOPOÇOES24HS]

ONTEM ESTÁVAMOS NA CÂMARA DOS DEPUTADOS EM SALVADOR E VIMOS A REVOLTA DOS DEPUTADOS COM ESSA ARMAÇÃO NOVA DO SR MICHEL TEMER PARA TENTAR DA UM FIM NA LAVA JATO[ VEJAM OQUE O EX PRESIDENTE DA CASA MARCELO NILO VALOU]

Share Button

HOJE DIA 8/02/17 O POÇÕES24HS COBRIU A SEÇÃO DA CAMARA DOS DEPUTADOES EM SALVADOR AONDE O DEPUTADO MARCELO NILO E A MAIORIA DOS DEPUTADOS REPUDIARAM O PRESIDENTE MICHEL TEMER VÍDEO POSTAREMOS AMANHÃ

Share Button

[FOTOPOÇOES24HS]

[FOTOPOÇOES24HS]

A ESCOLHA DO PRESIDENTE MICHEL TEMER DE ALEXANDRE DE MORAIS PARA A VAGA NO STF CAUSOU REVOLTA ENTRE OS DEPUTADOS ,  DIAS ATRÁS ALEXANDRE DE MORAIS ERA FILIADO A PARTIDO POLITICO COMO PODE O PRESIDENTE NOMEAR UMA PESSOA DO MEIO POLITICO PARA O STF ISSO É UM ABSURDO ESTÃO QUERENDO ACABAR COM A LAVA JATO SENDO QUE O PRÓPRIO PRESIDENTE ESTÁ SENDO DENUNCIADO AGORA COLOCANDO UMA PESSOA DA CONFIANÇA DELE NO STF E AINDA VAI MEXER COM A LAVA JATO OS DEPUTADOS DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DE SALVADOR MOSTRARAM A INDIGNAÇÃO SOBRE ISSO

[FOTOPOÇOES24HS]

[FOTOPOÇOES24HS]

[FOTOPOÇOES24HS]

[FOTOPOÇOES24HS]

[FOTOPOÇOES24HS]

[FOTOPOÇOES24HS]

[FOTOPOÇOES24HS]

[FOTOPOÇOES24HS]

[FOTOPOÇÕES24HS]

[FOTOPOÇÕES24HS]

 

Hoje dia 08/02/17 estiveram com o deputado estadual FABRICIO para tratar de assunto para cidade de Poções e os vereadores saíram com noticias boas para população de poções

Share Button

[fotopoções24hs]

[fotopoções24hs]

ESTAVA PRESENTE TAMBÉM NO GABINETE DO DEPUTADO FABRÍCIO O PREFEITO DE CAETANOS  PAULO DE REIS

[FOTOPOÇOES24HS]

[FOTOPOÇOES24HS]

[FOTOPOÇOES24HS]

[FOTOPOÇOES24HS]

[FOTOPOÇOES24HS]

[FOTOPOÇOES24HS]

[FOTOPOÇOES24HS]

[FOTOPOÇOES24HS]

Após protestos, Rodrigo Maia é reeleito à presidência da Câmara

Share Button
Deputado do DEM obteve 293 votos durante a eleição desta quinta-feira (1)

© Zeca Ribeiro/ Câmara dos Deputados                                                                                                                                          O candidato do bloco PMDB, PSDB, PP, PR, PSD, PSB, DEM, PRB, PTN, PPS, PHS, PV e PTdoB à Presidência da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), venceu as eleições e foi reconduzido ao cargo nesta quinta-feira (2). Ele obteve 293 votos.

O candidato Jovair Arantes conquistou 105 votos, seguido por André Figueiredo, com 59, Júlio Delgado, com 28, Luiza Erundina, com 10, e Jair Bolsonaro, com 4 votos. Houve, ainda, 5 votos brancos.

Ainda nesta quinta-feira (2), o deputado defendeu as reformas trabalhistas e previdenciárias para retirar o Brasil da crise econômica.

Em seu mandato, Maia prometeu privilegiar a discussão de um novo pacto federativo, diante das dívidas dos estados e municípios. Além disso, o candidato disse que a reforma política é urgente. “A sociedade espera um sistema eleitoral que legitime nossos mandatos, que legitime a participação da sociedade”, disse. Para ele, o atual sistema eleitoral é caro e está sem previsão de financiamento.

Maia presidiu a Câmara por sete meses, em substituição ao ex-deputado Eduardo Cunha. Durante sua gestão, conseguiu novo ambiente político e boa relação com o Poder Executivo. Para ele, não só a independência dos poderes é importante, mas também a harmonia.

Maia criticou a excessiva interferência do Poder Judiciário no Poder Legislativo. Segundo ele, durante o processo de eleição do presidente da Câmara essa interferência aconteceu por iniciativa dos próprios parlamentares. “Até um juiz de primeira instância se alvorou em interferir na nossa eleição”, citou.

“Por isso quando se fala em Câmara forte, precisa se atuar para a Câmara ser forte”, defendeu. “Precisamos atuar para resolver os nossos problemas aqui dentro”, completou. O deputado disse que o Brasil, e todo o mundo, vive um momento de ataque à democracia representativa, especialmente por meio de redes sociais na internet. Para ele, é preciso que a Câmara construa uma nova forma de se relacionar com a sociedade por meio dessas redes. “Fora da democracia representativa, temos a ditadura”, afirmou.

Reforma do Regimento

Rodrigo Maia também prometeu valorizar o trabalho dos parlamentares e construir racionalidade nas votações, em que os deputados possam planejar suas vindas a Brasília o mês inteiro. “Que possamos começar as sessões cedo e acabá-las cedo”, acrescentou. Ele defendeu ainda a reforma do Regimento Interno da Câmara, para que o debate seja valorizado, em detrimento de requerimentos que atrasam a votação. Além disso, pediu que a capacidade de diálogo seja retomada.

Protestos

O discurso de Maia ocorreu em meio a protestos do deputado Silvio Costa (PTdoB-PE), que quis formular nova questão de ordem sobre o indeferimento, pela Mesa Diretora, de sua candidatura à 1ª vice-presidência. Ele voltou a defender que a candidatura avulsa é legítima e não pode ser impugnada, mas o deputado Beto Mansur (PRB-SP), que presidia a sessão, afirmou que a questão de ordem já havia sido rejeitada, gerando protestos de Costa. Com informações da Agência Câmara

 

Candidato único, deputado Ângelo Coronel é eleito presidente da Alba Político substitui Marcelo Nilo, que estava há dez anos no cargo. Votação para eleição de nova Mesa ocorreu nesta quarta (1), em Salvador

Share Button

O deputado Ângelo Coronel (PSD) foi eleito presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), em votação realizada nesta quarta-feira (1º), que definiu a nova Mesa Diretora da Casa para o biênio 2017-2019. Coronel concorreu sozinho ao posto, já que os demais concorrentes ao cargo, o atual presidente da Casa, deputado Marcelo Nilo (PSL), que estava na cadeira há dez anos, e o deputado Luiz Augusto (PP), desistiram de ser candidatos. A votação teve início às 16h e foi concluída pouco antes das 19h.

O novo presidente tomou posse logo após a eleição na Assembleia, que em 2017 tem orçamento previsto de R$ 519 milhões, sendo R$ 29 milhões a mais que no ano passado. A casa tem, atualmente, cerca de 2.800 funcionários.

Sessão na Assembleia Legislativa define a nova mesa diretora da casa (Foto: Alan Tiago Alves/G1 Bahia)Sessão na Assembleia Legislativa definiu nova
Mesa Diretora da casa nesta quarta (Foto: Alan
Tiago Alves/G1 Bahia)

A eleição, que é secreta, contou com a presença de 62 dos 63 deputados — somente o deputado Paulo Câmera não esteve presente, por problemas de saúde, segundo Nilo. Ângelo Coronel foi eleito com 57 votos. A eleição também teve quatro votos nulos e um em branco.

Além de deputado, Coronel é empresário e tem formação em engenharia civil pela Universidade Federal da Bahia (Ufba). Ele nasceu em maio de 1958, no município baiano de Coração de Maria, onde já foi prefeito de 1989 a 1992. Atualmente, está no sexto mandato como deputado estadual.

Além do presidente, a nova Mesa Diretora é composta por quatro vices e quatro secretários. Além de Coronel, foram eleitos Luiz Augusto (PP), para a 1ª vice-presidência,
Carlos Geilson (PSDB), para a 2ª vice-presidência, Alex Lima (PTN), para a 3ª vice-presidência, Manassés (PSL), para a 4ª vice-presidência, Sandro Régis (DEM), para a 1ª secretaria, Aderbal Caldas (PP), para a 2ª secretaria, Fabrício Falcão (PCdoB), para 3ª secretaria, e Luciano Simões Jr. (PMDB), para a 4ª secretaria.

A votação se deu através de chamada nominal (em ordem alfabética) dos votantes para os nove cargos. As votações para as quatro vice-presidências e as quatro secretarias foram as primeiras a serem realizadas, seguidas da votação para presidente, última a ocorrer.

Após o final dos votos dos deputados, a apuração teve início, por volta das 18h, por uma comissão instituída por Marcelo Nilo, que comandou a votação. Ao final, foi realizada a convocação do Legislativo para a sessão solene de reabertura dos trabalhos, já com o novo presidente, na manhã de quinta-feira, às 10h, que deverá contar com a presença do governador Rui Costa.

O governador já havia parabenizado Coronel pela eleição um dia antes da votação, após saber da desistência dos concorrentes à presidência da Alba. “Além de parabenizá-lo pela eleição, aproveitei para desejar tranquilideMarcelo Nilo em Salvador (Foto: Lílian Marques/ G1)ade e sabedoria para manter a base aliada unida ao assumir a presidência da Assembleia Legislativa. Eram três pré-candidatos, todos da base aliada”, postou Rui, em sua perfil no Facebook.

Marcelo Nilo estava há dez anos na presidência da
Alba. (Foto: Lílian Marques/ G1)

Desistência de Nilo
Marcelo Nilo anunciou a desistência da reeleição na noite de terça-feira. Ele afirmou que decidiu não disputar pela sexta vez o cargo depois de avaliar a conjuntura política.

“Eu teria dez votos na oposição, mas nove deputados me deixaram, inclusive um partido como o PCdoB, que tem 84 anos de história, me deixou na véspera. Então, eu não criei as condições objetivas para continuar com a minha candidatura. Eu perdi o coração da minha campanha. O PCdoB, que participou de um almoço me apoiando, deixou na véspera, aí realmente é uma surpresa. Foi uma pressão durante esses oito dias entre os parlamentares terrível, porque muitos que estavam comigo eu sabia que não estavam. Mas eu tinha que realmente aceitar essa decisão. Muitos tiveram a coragem de me dizer, outros tiveram a coragem de trabalhar e esconder, mas isso para mim é passado”, destacou Nilo, em entrevista à TV Bahia.

Nilo disse, ainda, que não se sente traído, mas surpreso. “Traição é uma palavra muito forte. Eu me sinto surpreso pelo PCdoB, mas traído não. Eu cumpri com o meu papel. Saio sem mágoas. Pelo contrário, saio feliz. Nunca um deputado chegou a ser duas vezes presidente e concluir o mandato. Eu estou concluindo dez anos sem nenhuma denúncia de irregularidade, tanto na parte legislativa quanto na parte parlamentar. Portanto, eu diria que sou um homem feliz. Não me sinto derrotado. Pelo contrário, me sinto vencedor”, destacou.

O governador Rui Costa também usou seu perfil no Facebool para falar sobre a decisão de Nilo. “Aproveito esta oportunidade para parabenizar o deputado Marcelo Nilo pelo posicionamento firme e corajoso de renunciar em nome da unidade política. A gestão eficiente do atual presidente merece nosso reconhecimento. A harmonia entre os poderes constituídos e o respeito à independência do legislativo continuarão prevalecendo”, escreveu.

Ruralista Eunício Oliveira, do PMDB, é novo presidente do Senado

Share Button
Parlamentar obteve por 61 votos, contra 10 do adversário, o parlamentar José Medeiros

© Jane de Araújo/Agência Senado

Atualmente em seu primeiro mandato no Senado Federal, ele foi eleito pelo estado do Ceará e é o segundo parlamentar mais rico do Congresso, de acordo com a revista Veja. Ex-ministro das Comunicações do governo de Luiz Inácio Lula da Silva, o senador é também empresário e agropecuarista. É casado e tem quatro filhos.

Eunício Lopes de Oliveira nasceu em 30 de setembro de 1952 no município de Lavras de Mangabeira (CE). Depois de se mudar para Fortaleza, militou no movimento estudantil e participou de manifestações populares contra a ditadura militar. Se formou em administração de empresas e em ciências políticas.

Sua trajetória política tem início em 1998, quando foi eleito presidente do diretório do PMDB no Ceará. No mesmo ano, ganha a eleição para deputado federal, sendo reeleito por duas vezes consecutivas.

Foi líder do PMDB na Câmara dos Deputados, partido que integra desde 1972. Eunício foi ministro das Comunicações entre 2004 e 2005, no governo Lula. Foi eleito senador em 2010, com 2,68 milhões de votos. É o atual líder do PMDB na Casa. Seu mandato termina em 31 de janeiro de 2019.

No Senado desde 2011, Eunício Oliveira já integrou as Comissões de Assuntos Econômicos (CAE), de Assuntos Sociais (CAS), de Constituição e Justiça (CCJ), de Ciência e Tecnologia (CCT), de Direitos Humanos (CDH), de Educação (CE), de Serviços de Infraestrutura (CI), Mista de Orçamento (CMO), entre outras. Com informações da Agência Senado.

 

Geddel liquidado

Share Button

Resultado de imagem para geddel vieira limaLauro Jardim, de O Globo, noticia que o MPF considera que Geddel Vieira Lima está liquidado.

“A propósito, Geddel se desesperou nas últimas semanas ao saber que Lúcio Funaro vinha se preparando para fazer uma delação premiada. Passou a telefonar insistentemente para a mulher de Funaro para prestar solidariedade e, como quem não quer nada, saber se ele já havia começado a delatar”, diz a nota.