sommmNesta semana o clima de expectativa foi grande no “qg” político do prefeito de Itabuna, Fernando Gomes, sem partido. O motivo é o julgamento pelo Tribunal superior eleitoral do processo que pede a cassação de Fernando e do seu vice homônimo.

O processo se encontra com o Ministério Público Eleitoral que vai apresentar seu parecer sobre a ação, já a relatora é a Ministra Rosa Weber, considera “linha dura”.

Se Fernando perder o mandato o presidente da câmara, Chico Reis (PSDB), será empossado como prefeito até a realização de uma nova eleição. Neste caso, o grupo de Fernando Gomes já tem o candidato para a nova eleição, trata-se do atual secretário de administração, Som Gomes, que é sobrinho do prefeito.

Mas Fernando Gomes aparenta tranquilidade sobre o processo, acredita que a decisão do Tribunal Regional será mantida. Porém, nesta semana ele esteve em Brasília conversando com seus advogados.
O certo é que nesta semana a política voltou a esquenta em Itabuna. A expectativa é grande para a decisão do TSE e nos bastidores já começaram as apostas .