Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

AÇOUGUES ANGELICA Leia Mais »

ERICA Leia Mais »

fundação Jose silveira Leia Mais »

JORNALISMO LEVADO A SERIO Leia Mais »

JOÃO GUILHERME MATERIAL DE CONSTRUÇÃO

Leia Mais »

CIDADE JARDIM

Leia Mais »

Morre homem que caiu do terceiro andar do Shopping Barra

Share Button

Foto: Leitor VN

Redação VN
redacao@varelanoticias.com.br

Um homem caiu do terceiro andar do Shopping Barra, no final da manhã desta quinta-feira (10), e não resistiu. O fato provocou correria no shopping. De acordo com a assessoria de imprensa do Shopping Barra, o caso está sendo apurado e a vítima, que não teve a identidade revelada, recebeu os primeiros socorros. O homem não resistiu e morreu no local.

Confira nota do Shopping Barra: O Shopping Barra lamenta profundamente o ocorrido na manhã desta quinta-feira (10.08). Após a queda, a vítima foi imediatamente socorrida pela equipe de brigadistas, que prestou os primeiros socorros. O shopping afirma que todas as providências possíveis foram tomadas na tentativa de socorrer a vítima.

Bahia: Bebê de um ano sobrevive a capotamento na rodovia BR-101 em Teixeira de Freitas

Share Button

Motorista de um carro de passeio perdeu o controle da direção após tentar uma ultrapassagem em uma subida da rodovia.

Quatro pessoas ficaram feridas em um grave acidente ocorrido por volta das 10h30 desta quinta-feira, 10 de agosto, na altura do km 867 da BR-101, em Teixeira de Freitas. De acordo com o que foi repassado para a Polícia, o motorista de um carro de passeio com placas OCW 7042, licenciado em Sooretama, Espírito Santo, perdeu o controle da direção após tentar uma ultrapassagem em uma subida da rodovia.

Ao retornar para sua faixa, o condutor, Reinaldo Alves de Oliveira de 37 anos, acabou saindo da pista e veículo capotou descendo uma ribanceira. No veículo ainda viajavam, a esposa do motorista, Vanessa César Celestrini, 30 anos, Melania Lavigner César, mãe de Vanessa e o filho do casal, um bebê de apenas um ano. As vítimas foram socorridas pelo Samu e levadas ao hospital municipal de Teixeira de Freitas, o caso mais grave é o da Melania. A criança usava a cadeirinha de segurança, o que evitou uma tragédia. Com a violência do acidente, o carro ficou parcialmente destruído.

MPF denuncia secretário de Saúde da Bahia e secretário executivo do Ministério da Saúde

Share Button
Eles devem responder por crime de perigo para a vida e descumprimento de liminar para fornecimento de medicamentos análogos de insulina
MPF denuncia secretário de Saúde da Bahia
e secretário executivo do Ministério da
Saúde

Descrição da imagem #PraCegoVer: Pessoa com jaleco e luvas azuis manuseando seringa e recipiente. Fonte: iStock

O Ministério Público Federal denunciou o secretário de Saúde da Bahia, Flávio Vilas Boas Pinto, e o secretário executivo do Ministério da Saúde, Antônio Carlos Figueiredo Nardi, por não atenderem liminar da Justiça Federal em relação a ações que viabilizassem a distribuição de análogos de insulina no interior do estado da Bahia.

Os diabéticos residentes no interior do estado tinham que se deslocar até Salvador para se submeterem a uma perícia médica prévia, além de terem que buscar mensalmente as insulinas na capital baiana. Mesmo após sucessivas intimações para efetivação da medida liminar, passados mais de cinco anos, a União e o Estado da Bahia não cumpriram a decisão integralmente. O estado alega ausência de repasse pela União, e esta, por sua vez, sustentou a ausência de informações essenciais para efetivação do repasse.

A medida é relacionada a Ação Civil Pública nº 0024027-6.2012.4.01.3300 interposta pelo MPF contra o Estado da Bahia e União, em 2012, visando à implantação de protocolo clínico e o fornecimento de insulina de ação basal ultrarrápida aos pacientes com diabetes mellitus na Bahia. Em agosto de 2012, a Justiça Federal expediu medida liminar determinando a implantação do protocolo pelo estado e o repasse dos recursos para aquisição dos medicamentos pela União.

Uso de análogos de insulina – De acordo com a denúncia, verificou-se que as insulinas regular e NPF são insuficientes para o controle glicêmico de alguns pacientes, sendo necessário que o Sistema Único de Saúde (SUS) contemple o fornecimento dos análogos de insulina de ação basal e ultrarrápida – glargina (Lantus), determir (Levemir), asparte (Novorapid), lispro (Humalog) e glulisina (Apidra). “A imprescindibilidade dos análogos de insulina para ampla variedade de portadores de diabetes mellitus é, inclusive, evidenciada por relatórios médicos colacionados pelo Parquet Estadual”, destaca o procurador regional da República Ronaldo Albo.

A partir de audiência pública realizada em Criciúma (SC) que contou com participação do presidente da Associação Catarinense de Medicina e endocrinologista pediátrico, Genoir Simoni, o MPF coletou informações de que o tratamento inadequado do diabetes mellitus acarreta uma séria de complicações. Segundo ele, entre as principais estão: o infarto agudo do miocárdio, o derrame, o AVC, as lesões de grandes vasos periféricos, a mionecrose diabética (degeneração progressiva do organismo), a retinopatia, a perda progressiva da visão, a nefropatia levando à insuficiência renal – sendo uma das principais causas de hemodiálise no Brasil –, perda da sensibilidade periférica, a dificuldade de esvaziamento gástrico, impotência sexual, sensibilidade diminuída dos órgãos internos e cardiomiopatia.

Concentração do atendimento – Apesar de estabelecer o protocolo, o estado da Bahia concentrou o fornecimento da insulina no Centro de Diabetes e Endocrinologia do Estado da Bahia (Cedeba) em Salvador, sem o devido alcance aos usuários residentes no interior do estado, restringindo, sobremodo, o fornecimento dos análogos de insulina, em afronta à determinação judicial. O estado sustentou o cumprimento da decisão liminar, alegando que instituiu o protocolo técnico e que os medicamentos estavam sendo distribuídos através do Cedeba aos pacientes cadastrados.

Segundo o MPF, as ordens judiciais foram afrontosamente descumpridas, menosprezadas e ignoradas sistematicamente pelo secretário estadual de Saúde, tendo em vista que, após duas intimações pessoais, o acusado manteve o protocolo clínico divergente do que lhe fora determinado e deixou de fornecer os dados requisitados pelo Ministério da Saúde para mensuração dos repasses a serem efetivados, comprometendo a entrega de medicamentos tanto no Cedeba quanto no interior baiano.

Do mesmo modo, o secretário executivo do Ministério da Saúde, Antônio Carlos Figueiredo Nardi, manteve-se inerte após lhe serem entregues pessoalmente dois ofícios, solicitando informações sobre o cumprimento da medida liminar. Assim, verifica-se que a União não realizou a compra de medicamentos ou o repasse determinado em decisão liminar, bem como que o agente responsável foi inegavelmente cientificado da tutela antecipada concedida.

Para o MPF, o Estado da Bahia dissimulou o cumprimento da liminar concedida ao instituir o Protocolo Técnico para a dispensação de análogos de insulina basal e ultrarrápida, em desacordo com aquele criado pelo Cedeba. O MPF chegou a noticiar a continuidade do descumprimento da liminar em oito ocasiões, inclusive no Cedeba, sendo que na oitava houve o falecimento de um paciente logo após interrupção do fornecimento das insulinas Lantus e Novorapid.

O juízo reconheceu o desajuste do protocolo implantado pelo estado, determinando o cumprimento integral da decisão liminar e a comprovação do fornecimento dos medicamentos também no interior do Estado, no prazo de dez dias. Apesar das intimações ocorridas em abril e maio de 2014, o Estado da Bahia também manteve-se inerte.

Segundo o procurador, os denunciados praticaram os crimes previstos nos artigos 132 do Código Penal (perigo para a vida ou a saúde de outrem) e 330 (desobedecer a ordem legal) . O crime de perigo para a vida ou saúde foi observado 195 vezes, pois deixaram de fornecer ou retardaram o fornecimento de medicamentos indispensáveis ao tratamento de diabetes mellitus.

A denúncia aguarda recebimento pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1).

Número da denúncia para pesquisa processual: 0000688-98.2017.4.01.0000

Comerciante é achada morta com golpes de faca dentro de casa na Bahia Crime ocorreu na cidade de Morro do Chapéu, na região da Chapada Diamantina. Polícia investiga o caso.

Share Button
Comerciante foi morta a facadas na Bahia (Foto: Reprodução/Facebook)

Comerciante foi morta a facadas na Bahia (Foto: Reprodução/Facebook)

Uma comerciante de 37 anos foi morta a facadas na cidade de Morro do Chapéu, região da Chapada Diamantina, na Bahia. De acordo com informações da Polícia Civil nesta quinta-feira (10), o crime ocorreu na tarde de quarta-feira (9), dentro da casa onde a vítima morava com o marido, no bairro Caixa D’água.

Conforme a polícia, a comerciante, identificada como Nubya Carneiro, foi encontrada caída no chão, ao lado de uma faca de cozinha. O utensílio foi apreendido e encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Irecê, onde será perciado. No entanto, a polícia acredita que a faca encontrada ao lado do corpo da vítima não foi a arma utilizada para matá-la.

Segundo a polícia, a comerciante foi esfaqueada sete vezes. O corpo da mulher também foi levado para o DPT. O caso está sob investigação da Delegacia de Morro do Chapéu. Conforme a polícia, o marido da vítima foi ouvido na quarta-feira e, em seguida, foi liberado. Até a publicação desta reportagem, nenhum suspeito havia sido preso

Prefeito do interior baiano tem mandato cassado pela 2ª vez

Share Button
O prefeito Humberto Carvalho Cortês, o “Betão” e o seu vice Fábio Junior Rodrigues Lima, tiveram o mandato cassado pela segunda vez, por compra de voto. A cassação foi expedida na manhã desta quarta-feira, 9 de agosto, pela juíza Adriana Tavares Lira da 153ª Zona Eleitoral da Comarca de Medeiros Neto. De acordo com o VerdadesPolíticas, a juíza considerou a decisão por achar que os fatos demonstrados são graves e o processo revela um conjunto probatório coerente, harmônico e seguro, que confirma com clareza os requisitos da captação ilícita de sufrágio, colidem frontalmente com os princípios constitucionais e aqueles que devem nortear o processo eleitoral, sobretudo os princípios da moralidade, imparcialidade, e respeito ao livre exercício do voto e do processo democrático. No último dia 28 de junho, Juíza Eleitoral Thielly Dias de Alencar, sentenciou o prefeito e seu vice a cassação do mandato e inexibilidade de oito anos pelo crime de captação ilícita de sufrágio. Cabe recurso da decisão. (Sul Bahia News)

PLANTÃO POLICIAL- por volta de meio dia de hoje 10/08/17 um menor, assaltou papelaria no centro da cidade e um taxista e foi detido por policiais da 79-cipm

Share Button

[FOTOPOÇOES24HS]

MENOR HOJE DIA 10/08/17 ASSALTOU A PAPELARIA ABAETE NO CENTRO DA CIDADE POÇÕES, EM SEGUIDA FOI ASSALTAR UM TAXISTA E FOI PEGO EM FLAGRANTE POR UMA GUARNIÇÃO DO 79-CIPM NÃO FOI ENCONTRADO ARMA COM O MESMO QUE ASSALTOU NO DEDO O MESMO ,NÃO TEVE NOME DIVULGADO E JÁ FOI LIBERADO [POR SER MENOR ATÉ QUANDO VAMOS TER QUE VER ESSES MARGINAIS ESCONDIDO ATRÁS DE UMA LEI QUE JÁ ESTÁ  ULTRAPASSADA ?

FABIANO INAUGURA SUA 10 ÓTICA EM SÃO PAULO AGORA NO BAIRRO PARAÍSO/ FILHO DE POÇÕES QUE SAIU CEDO DA CIDADE PARA VENCER NA CAPITAL PAULISTA PARABÉNS

Share Button

HOJE A PARTIR DAS 18 HORAS COMEÇA A SÉTIMA CONFERENCIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL A PARTIR DAS 18 HORAS NO CLUBE RECREATIVO DE POÇÕES-BA TODOS ESTÃO CONVIDADOS

Share Button

[FOTOPOÇOES24HS]

Nesta sexta-feira, 11 de agosto, não haverá expediente no MPF

Share Button

[poçoes24hs.com.br]

Unidades do funcionarão em regime de plantão

Nesta sexta-feira, 11 de agosto, não haverá expediente nas unidades do Ministério Público Federal (MPF) em comemoração à instalação do primeiro curso jurídico no Brasil. O MPF segue o calendário da Justiça Federal, em que a data é feriado, segundo o disposto no inciso IV do artigo 62 da Lei nº 5.010/1966.

Urgências e prisões temporárias continuarão a ser atendidas por meio da escala de plantão do órgão. A medida tem como objetivo assegurar a prestação de serviço que se fizer necessária.

Assessoria de Comunicação
Ministério Público Federal na Bahia

Prefeitura tem que refazer arquibancada praça da juventude estava ao ponto de desabar

Share Button

[FOTOPOÇOES24HS]

O POÇOES24HS ESTEVE NA PRAÇA DA JUVENTUDE A PARA VER O QUE TINHA ACONTECIDO COM A ARQUIBANCADA POR UM TRABALHO MAL FEITO A ARQUIBANCADA RACHOU DE UMA LADO AO OUTRO POR SORTE NÃO DESABOU A PREFEITURA JÁ COMEÇOU A RECUPERAÇÃO

[FOTOPOÇOES24HS]

[FOTOPOÇOES24HS]

[FOTOPOÇOES24HS]